Projeto Futuro do Presente, Presente do Futuro #56 – Guilherme Gandolfi: Laranja Invisível

Guilherme Gandolfi apresenta o 56º ensaio do Projeto Futuro do Presente, Presente do Futuro - Imagens que narram nossa história
Guilherme Gandolfi
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Laranja invisível. Apesar dos uniformes chamativos, elas parecem transparentes. Estavam lá antes do virús, permaneceram quando as ruas se esvaziaram. Estarão lá quando tudo isso passar.

Na interminável tarefa de limpar São Paulo. Não, não são parte da paisagem. São homens e, na maioria das vezes, mulheres, que trabalham dia a dia recolhendo o que outros deixaram para trás. Conhecem as ruas como ninguém e talvez sejam a principal linha de defesa sanitária da metrópole. Apesar de tudo isso, dos carros, calçadas e janelas, as pessoas parecem olhar através delas, sem enxergar 

Caminhamos para o futuro pisando o chão limpo por quem, muitas vezes, é invisível, mas que está na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

Guilherme Gandolfi
Guilherme Gandolfi
Guilherme Gandolfi
Guilherme Gandolfi
Guilherme Gandolfi
Guilherme Gandolfi
Guilherme Gandolfi
Guilherme Gandolfi
Guilherme Gandolfi

.

Minibio

Guilherme Gandolfi é comunicador popular, fotógrafo e militante do Levante Popular da Juventude. Junto com a jornalista livre Larissa Gould, tem um podcast sobre fotojornalismo: Por Trás da Foto

.

Conheça mais o trabalho do artista

https://open.spotify.com/show/7mMMSaaPk7N7ak86h1yXlV

https://www.instagram.com/guifrodu/

.

O projeto Futuro do Presente, Presente do Futuro é um projeto dos Jornalistas Livres, a partir de uma ideia do artista e jornalista livre Sato do Brasil. Um espaço de ensaios fotográficos e imagéticos sobre esses tempos de pandemia, vividos sob o signo abissal de um governo inumanista onde começamos a vislumbrar um porvir desconhecido, isolado, estranho mas também louco e visionário. Nessa fresta de tempo, convidamos os criadores das imagens de nosso tempo, trazer seus ensaios, seus pensamentos de mundo, suas críticas, seus sonhos, sua visão da vida. Quem quiser participar, conversamos. Vamos nessa! Trazer um respiro nesse isolamento precário de abraços e encontros. Podem ser imagens revistas de um tempo de memória, documentação desses dias de novas relações, uma ideia do que teremos daqui pra frente. Uma fresta entre passado, futuro e presente.

Outros ensaios deste projeto: https://jornalistaslivres.org/?s=futuro+do+presente

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

A ‘facada’ de Trump e o esquecimento da cloroquina

Na nova ordem da informação, a cloroquina sai de cena sem que Trump faça qualquer autocrítica. Ela é relegada ao museu dos bagulhos, para usarmos uma expressão do romance que serviu de base para o filme Blade Runner

>