• Página 3 do Jornal Mulherio, de 1987

    CUCA, O TÉCNICO DO SÃO PAULO, FOI CONDENADO POR ESTUPRO NA SUÍÇA

    Em julho de 1987, durante excursão do Grêmio à Europa, os jogadores Cuca (atual técnico do São Paulo), Henrique, Fernando e Eduardo foram presos em Berna, na Suíça, acusados de estuprar uma menina de apenas 13 anos. Eles ficaram 28 dias detidos. Dois anos depois, foram condenados pela Justiça...
  • Venezuelanos fogem do país em busca de ajuda

    MÍDIA HEGEMÔNICA MENTE E ESCONDE CRIMES DOS EUA CONTRA A VENEZUELA

    A Folha de S.Paulo, a Globo, a Veja e toda a grande imprensa brasileira têm alguns acordos: são favoráveis à reforma da Previdência, contra os direitos trabalhistas e odeiam a Revolução Bolivariana —apoiam e justificam todo e qualquer ataque de Donald Trump e Jair Bolsonaro ao governo do presidente...
  • Identificados dois dos três covardes que agrediram mulher em ato pró-Bolsonaro

    Na primeira foto desta reportagem, à esquerda, vê-se Jaderson Soares Santana. À direita, o companheiro dele, Eliezer. Ambos atacaram uma mulher que ousou atravessar uma manifestação na avenida Paulista, que reunia apoiadores de Jair Bolsonaro, neste domingo (7/4). Por ter criticado Bolsonaro e Sergio Moro, ela foi imobilizada e...
  • Como a Ditadura Militar ensinou técnicas de tortura à Guarda Rural Indígena (Grin)

    Aquele 5 de fevereiro de 1970 foi um dia de festa no quartel do Batalhão-Escola Voluntários da Pátria, da Polícia Militar de Minas Gerais, em Belo Horizonte. “Pelo menos mil pessoas, maioria de civis, meninos, jovens e velhos do bairro do Prado, em desusado interesse”, segundo reportagem da revista...
  • Parabéns às autoridades: o homem morreu queimado porque era pobre!

    ACABA DE MORRER O homem pobre, sem nome, sem casa, sem direitos, que vivia na Favela do Cimento, na Avenida Radial Leste, incendiada na tarde de sábado (23), quando agentes da GCM entraram na comunidade tocando o terror. A GCM apareceu antes do término do prazo dado pela juíza...
  • Aqui jaz NINGUÉM

    Está lá, no Cemitério São João Batista, na periferia de Suzano, o corpo do assassino, Guilherme Taucci Monteiro, 17, numa cova sem identificação, sem velas, sem uma florzinha. Como se fosse um cachorro. Está sozinho. Está incógnito. Está escondido. Como viveu. Apenas cinco minutos teve a família para se...
  • VIDA NORMAL EM CARACAS!!!

    Por Laura Capriglione, de Caracas Percorremos o centro de Caracas, capital da Venezuela, nesta segunda-feira, 25 de fevereiro. Vida normal. Escolas funcionando, comércio funcionando, ônibus e metrô operando. Não há enfrentamentos nas ruas, situação e oposição expressam-se livremente nas conversas no metrô, no bar ou na frente do mercado...
  • Battisti: Evo Morales se comportou como um capacho do fascismo italiano e brasileiro

    Evo Morales entregou Cesare Battisti como um troféu para a extrema direita italiana e brasileira, representada por Matteo Salvini, vice-primeiro-ministro italiano, e Jair Bolsonaro, fingindo que não sabia da solicitação que o militante e escritor fez para ser reconhecido como refugiado, em 18 de dezembro, e que o Ministério das Relações...
  • O INIMIGO “INVISÍVEL”

    Por Luiz Eduardo Soares, antropólogo, escritor e cientista político. Amigos, grande parte de nossas vidas é regida pelo que é invisível: emoções, afetos, expectativas, desejos, memórias, fantasias. Há também nossas crenças, valores e as ideias que produzimos ou reproduzimos. Boa parte dos veículos que dão corpo a esse mundo...
1 2 3 6