Edir Macedo e a Universal agora dizem que Lula foi “escolha divina”

Apoiador ferrenho de Bolsonaro durante toda sua campanha, Edir Macedo agora declara que Lula foi eleito por "escolha divina"

O bispo Edir Macedo, líder máximo da Igreja Universal do Reino de Deus, que passou os últimos meses demonizando o PT, a esquerda e o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, mudou de opinião repentinamente. Apenas quatro dias depois do anúncio pelo Tribunal Superior Eleitoral da derrota de Jair Bolsonaro, Edir Macedo agora diz que a posição mais cristã é perdoar o presidente eleito e “bola pra frente”.

Coitados dos fiéis, que foram massacrados com as piores atrocidades contra Lula e que, agora, ouvem seu líder espiritual dizendo: “Não podemos ficar com mágoa, porque é isso que o diabo quer”. “O diabo quer acabar com sua fé, com seu relacionamento com Deus por causa de Lula ou dos políticos. Não dá, não dá, minha filha, bola pra frente, vamos olhar pra frente.”

Edir Macedo fez essas declarações em vídeo postado nas redes sociais.

No vídeo, disse que orou por Jair Bolsonaro (PL), mas que a vitória de Lula foi uma escolha divina. “Eu orei, ó, Deus, quero que Bolsonaro ganhe’. Mas seja feita Vossa vontade, sobretudo, porque o Senhor é quem manda, disse Edir Macedo. Gente, como é possível que uma hora o Lula seja demoníaco e na outra hora, de repente, ele se torne “escolha divina”?

Ele tá tirando o fiéis de otários, não é?

Edir Macedo já foi aliado de Fernando Collor, de Fernando Henrique (PSDB), de Lula (PT) e Dilma Rousseff (PT). Ele, inclusive, convidou a ex-presidenta para a inauguração do Templo do Rei Salomão, em 2014. Dilma foi e teve direito a uma conversa privada com o fundador da Universal. A lua-de-mel com o PT era tão intensa que Macedo, inclusive, emplacou seu sobrinho Marcelo Crivella, também bispo da Universal, como ministro da Pesca e Aquicultura de Dilma.

Mas foi só o PT perder o poder, quando houve o impeachment de Dilma Rousseff, para Edir Macedo virar a casaca. O PT virou demoníaco.

Agora, de novo, Edir Macedo, que apoiou abertamente o derrotado Jair Bolsonaro, vem com essa, de que Lula foi uma “escolha divina”. Até quando os fiéis da Universal aceitarão ser manipulados?

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS