Projeto Futuro do Presente, Presente do Futuro #8 – Karina Iliescu: Melancolia, voyerismo como solução e paradoxos

Karina Iliescu
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Karina Iliescu

Melancolia, voyerismo como solução e paradoxos

Entre uma tela e outra, a sede e o anseio, o fetiche e o cuidado com a autopromoção, a vontade e logo depois a culpa, a vida lá fora vs. que vida lá fora? Assertividade nas redes e a necessidade, o grito virtual que nunca ecoou, a lembrança lembrada pelo facebook do meu passado, eu abri a geladeira e bebi quantos vinhos deu, eu mandei mensagem de trabalho quando tava bêbada (eu nunca fiz isso) mas eu não tô trabalhando, mas eu tô sim trabalhando, o quanto eu tô ganhando, o quanto eu tô perdendo, eu tinha tempo e não fiz, agora não posso sair dessa casa, eu não quero reclamar, olha o presidente, que merda esse presidente, ele abriu o que agora vai ser impossível de fechar, dissimulado e nazista do capital, não consigo ver notícias, eu preciso ver notícias, eu quero ver notícias, eu desligo o celular, eu ligo a TV, achou o Queiroz, meu amigo viu o Queiroz no carnaval, eu desligo a TV, ligo o celular, transo pelo celular, converso pelo celular, choro com minha amiga pelo celular, eu desligo o celular de novo e vou lá fora e começou a chover.

Eu ponho a máscara e saio pra dançar.

Karina Iliescu

Karina Iliescu

Karina Iliescu

Karina Iliescu

Karina Iliescu

Karina Iliescu

Conhe

https://www.instagram.com/luminailiescu/

O projeto Futuro do Presente, Presente do Futuro é um projeto dos Jornalistas Livres, a partir de uma ideia do artista e jornalista livre Sato do Brasil. Um espaço de ensaios fotográficos e imagéticos sobre esses tempos de pandemia, vividos sob o signo abissal de um governo inumanista onde começamos a vislumbrar um porvir desconhecido, isolado, estranho mas também louco e visionário. Nessa fresta de tempo, convidamos os criadores das imagens de nosso tempo, trazer seus ensaios, seus pensamentos de mundo, suas críticas, seus sonhos, sua visão da vida. Quem quiser participar, conversamos. Vamos nessa! Trazer um respiro nesse isolamento precário de abraços e encontros. Podem ser imagens revistas de um tempo de memória, documentação desses dias de novas relações, uma ideia do que teremos daqui pra frente. Uma fresta entre passado, futuro e presente.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>