Comitê popular em defesa de presos políticos do movimento de moradia foi ao Ministério Público de São Paulo

Entenda o desfecho da diligência até o órgão na transmissão ao vivo, realizada na tarde desta quarta (24)

VOLTAMOS #AOVIVO
ASSISTA E ENTENDA O RESULTADO DA DILIGÊNCIA DO COMITÊ POPULAR ATÉ O MP DE SP

Um comitê popular em defesa da liberdade de presos políticos, iniciativa organizada por sem-teto, central de movimentos populares, MTST, advogados, parlamentares e apoiadores, desde o primeiro dia de prisão das lideranças de movimentos de moradia em São Paulo, segue todos os dias realizando ações efetivas pela liberdade de Preta Ferreira, Ednalva Franco, Angélica Lima e Sidney Ferreira. 


Nesta quarta (24), quando completa 1 mês que os quatro estão encarcerados, sem crimes, sem julgamento e claro, sem provas, o grupo foi de novo às ruas, rumo ao Ministério Público do Estado de SP. A ideia foi protocolar um pedido de audiência com o Procurador Geral para tratar da pauta de liberdade imediata dos encarcerados. No MP, eles foram recebidos pelo procurador Fernando Kfouri. Assista e entenda o resultado da diligência.

Katia Passos, Jornalistas Livres

Categorias
DestaquesDireitos HumanosGeralSão Paulo
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta