Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Texto João Bacellar e Flávia Martinelli

Todos podem ajudar na guerra contra o vírus!

Se puder, fique em casa. Se não puder, saiba o que fazer na hora de sair.

 

Leia o texto até o fim, vai. E compartilhe com amigos e família. Informação salva vidas!

Mesmo que você já esteja careca de saber que o corona é treta e causa a doença Covid-19 por quê será que geral está se contaminando? Na real, mesmo, porque tem muita gente por aí fazendo tudo errado… Vamos rever esse rolê e espalhar informações sobre os cuidados que nem fofoca de vizinho? Afinal, o corona é grave, gravíssimo e pode derrubar qualquer pessoa.

Não tem essa de que só velhinho ou doente pega o vírus. Mentira! Fake news! Em cada lugar do mundo o vírus está se comportando de um jeito diferente. No Brasil, o bicho tá pegando geral quem está na faixa dos 35 aos 55 anos e já matou até atleta e adolescente.

Então, mesmo quem não é do tal do grupo de risco tá no alvo do corona. Aliás, quem realmente sabe que não é do grupo de risco? Fala sério… Quantas vezes você foi no médico medir o nível de açúcar no sangue pra saber se tem diabetes ou não, mano? Quantos exames de coração você fez pra saber se não tem nenhum problema cardíaco, mana? Você tem certeza que está com sua saúde 100% em dia? Na boa? Mesmo quem se alimenta bem, é bom de prato, tá jovem e firmeza não sabe se está super saudável.

Tem mais: certeza que você não gosta nem de imaginar em ver as pessoas com quem você se importa e ama doentes… Todos nós temos uma avó, uma tia, um pai, uma mãe, um irmão mais velho, uma amiga, um marido, uma filha ou alguma pessoa muito importante e querida que por idade ou condição de saúde pode ser uma vítima fatal do corona! Vamos arriscar nossa vida e a dos outros? Não, né!?

O mais importante agora, pra todo mundo que puder, é ficar em casa. E mesmo ficando em casa, temos que tomar todas as precauções e todos os cuidados possíveis!

Tem quem fale que só consegue fazer isso quem tem dinheiro. Claro que quanto mais rico mais fácil ficar sem correr atrás do sustento diário. Mas isso não quer dizer que quem tem dificuldade de grana tá condenado a pegar a doença! Não mesmo!!! Todos podem e têm o dever de se cuidar e de cuidar daqueles que estão próximos.

Informações importantes pra evitar pegar e espalhar a doença:

1- Sai pra lá cuspe do mal!

A principal forma de transmissão do corona é através de gotas muito pequenas – invisíveis mesmo – que todos nós soltamos ao respirar, falar, tossir ou espirrar. Se só um tiquinho de uma gotinha com corona entrar pela nossa boca, nariz ou olhos podemos ficar com o vírus. Daí a importância de TODO MUNDO usar máscara.

Outra forma de transmissão é quando alguém pega em algum objeto que foi contaminado por essa gotinhas  (lembre-se são tão pequenas que não dá para ver) e depois coloca a mão no rosto. Coçar os olhos, a boca e o nariz são coisas que a gente faz sem perceber, e mesmo prestando atenção é impossível evitar: mais cedo ou mais tarde colocamos as mãos no rosto e aí já era…

2- Não dá pra saber se você tá contaminado ou se outra pessoa está

O coronavírus é muito perigoso também porque demora pra doença, a covid-19, apresentar sintomas. Então, a pessoa que está com vírus pode parecer totalmente saudável por alguns dias e já estar transmitindo para os outros sem saber. Além disso, tem quem nem manifeste nenhum sinal de doença, são as pessoas chamadas “assintomáticas”, que mesmo assim transmitem o corona.

O QUE VOCÊ DEVE FAZER?

A PRINCIPAL MANEIRA DE SE PROTEGER E DE PROTEGER SUA FAMÍLIA CONTRA O CORONA É FICAR EM CASA ou sair o mínimo possível.

Como fazer na rua

-Se tiver que sair, evite muvuca. Fuja de locais com muita gente, principalmente fechados.

-Procure ficar a no mínimo 2 metros de distância de outras pessoas.

  • Evite ao máximo falar com os outros e de jeito nenhum fale a menos de dois metros de distância.

  • Evite apertos de mão. O momento agora é de cumprimentar com “tchauzinho” mesmo.

  • Quando sair de casa, use luvas de plástico, látex ou de borracha. Elas ajudarão a evitar de passar as mãos no rosto. A mesma coisa vale para óculos de proteção do tipo usado por marceneiros ou serralheiros, eles impedem que você sem perceber coce os olhos. Não tenha vergonha de parecer engraçado. É melhor pagar de comédia do que pegar uma doença grave, né?

  • USE MÁSCARA. Vale de pano, caseira ou cirúrgica. Todas servem mais para não passar o vírus para os outros do que para não pegar o vírus, mas se todos usarem as chances do vírus se espalhar é muito menor. Cada máscara só dura por mais ou menos 3 horas, depois disso perde o efeito. Se for ficar fora de casa por mais tempo, carregue mais máscaras com você. E não tem desculpa, firmeza? Segue aqui o LINK pra você fazer a sua em casa.

– Carregue com você álcool gel 70%, para esfregar nas mãos antes e depois de pegar em qualquer objeto. Se você não puder achar ou comprar álcool gel 70% uma boa ideia é levar com você duas garrafinhas de água, uma de água pura e outra de água com detergente ou sabão liquido. Lave as mãos com a água com detergente e depois enxague com água pura.

– IMPORTANTE: sempre que você chegar a algum lugar, lave bem as mãos com sabão ou detergente.

Esfregue os dedos uns nos outros (com os dedos embaralhados, como quem está rezando), passe sabão nas unhas e na palma da mão, esfregue os dois dedões e lave os pulsos e os braços até o cotovelo (veja como fazer aqui ). Depois, não custa nada lavar o rosto com água e sabão. E lembre-se: se não estiver em casa nesse momento, tenha certeza de que a tolha está bem limpa. Na dúvida, não use. Prefira toalhas de papel descartáveis.

Como fazer em casa

  • Um jeito de limpar as coisas e matar o vírus que é bom e barato é usar uma mistura de água sanitária (hipoclorito de sódio), a famosa cândida, diluída em água. É muito fácil de fazer; misture 4 colheres de sopa de água sanitária em 1 litro de água. Essa solução mata o malvado.

– Chegando em casa da rua deixe os sapatos para fora ou junto da porta, substitua o tapete da porta por um pano úmido com a solução de água sanitária. Se não puder deixar pra fora deixe perto da porta e imediatamente leve as roupas que você usou direto pra máquina de lavar ou tanque. Essas roupas devem ser lavadas o mais rápido possível ou ficar de molho na água com sabão.

Logo após tirar as roupas, vá direto para o banho e se lave muito bem com sabonete em todo o corpo, inclusive os cabelos. Deixe o shampoo para depois de passar o sabonete pois o shampoo não é tão eficiente como o sabonete para matar o vírus.

– IMPORTANTE: todos os objetos que chegarem da rua podem conter o vírus. Não só as roupas.

Bolsas, cintos, bonés, acessórios…Tudo deve ser lavado com sabão ou desinfetado com a solução de água sanitária. Por isso, no frio prefira sair com roupas que podem ser lavadas. Em vez de casacos, moletons ou blusas muito quentes.

– As compras também tem que ser desinfetadas. Use um pano úmido da solução de água sanitária para limpar todas as embalagens que for guardar. As sacolas de plástico das compras também podem conter o vírus então devem ser lavadas ou jogadas fora.

– Legumes e verduras precisam ser desinfetados em uma solução de 1 colher de sopa de água sanitária para 1 litro de água. Eles devem ficar de molho nessa mistura por 20 minutos.

– AH, NÃO ESQUEÇA de limpar com sabão ou água sanitária as maçanetas das portas por onde as pessoas que vieram da rua entraram. Todos os dias é bom, também, limpar os puxadores de uso comum na casa. Geladeira, gavetas, janelas…Tudo.

  • Como o vírus é transmitido pelo ar é preciso manter a residência o mais ventilada possível. Então, janelas abertas! A ventilação ajuda a eliminar os vírus dos ambientes.

– Quem mora com pessoas do grupo de mais risco (com mais de 60 anos, diabéticos, pessoas com problemas respiratórios) deve, se possível, manter essas pessoas mais isoladas dentro de casa, num quarto próprio e evitar um contato mais próximo com elas. Também é legal separar copos, talheres e toalhas.

Como preparar o corpo para enfrentar o vírus

Mesmo com todas as medidas é muito difícil ter 100% de certeza de que não se vai pegar o corona. São muitas coisas para prestar atenção, né? Então nesse momento é bom estar com o corpo preparado. Ainda não existe um remédio já testado e que com certeza combata o vírus – não acreditem em falsas promessas e boatos AINDA NÃO EXISTE REMÉDIO OU VACINA CONTRA O CORONA – por isso quem combate o vírus no corpo do doente são as próprias defesas naturais do corpo (o chamado sistema imunológico).

Para essas defesas estarem em boas condições é importante evitar alguns hábitos que enfraquecem o corpo, como beber álcool, consumir drogas e fumar.

Também existem algumas vitaminas e proteínas  que ajudam na defesa do corpo e elas podem ser encontradas nos seguintes alimentos: carne, frango e ovo (proteínas), leite e queijo (vitamina D), vegetais verdes como couve e brócolis (ajudam na produção de glóbulos brancos).

Prefira os alimentos mais nutritivos como frutas, carnes e verduras do que “porcarias” como bolachas, doces e alimentos industriais ou alimentos pouco nutritivos como massas.  Arroz, feijão, ovo, couve e suco de limão, por exemplo, é uma boa base alimentar  para fortalecer o corpo de maneira barata.

Alguns hospitais perceberam que existe uma relação entre a pouca quantidade de vitamina D no corpo e o desenvolvimento da doença. A vitamina D é produzida pelo próprio corpo mas precisa de dois ingredientes: cálcio e sol. Isso mesmo, sol. Por isso um jeito fácil de ter bastante vitamina D no corpo é beber dois copos de leite por semana (que tem cálcio) e tomar pelo menos 20 minutos de sol por dia. Pode ser na janela, na laje, no quintal ou na rua mesmo indo para o trabalho ou para as compras. Os melhores horários são antes das 10:00h e depois das 15:00h.

 

Como cuidar de alguém com suspeita de corona

Uma das medidas mais importantes agora é não ser pego desprevenido. Pesquise e saiba onde fica o posto do SUS mais próximo de sua residência. Faça uma rede de apoio entre amigos e familiares para ajudar e ser ajudado em caso de emergência.

Se algum amigo, conhecido ou familiar estiver sentindo falta de ar, febre de mais de 38 graus e tosse seca, é bem possível que ela tenha pegado o vírus e desenvolvido a Covid-19 na sua forma mais grave.

Leve essa pessoa ao posto de saúde rapidamente. Se sentir esses sintomas vá ou peça para alguém te levar ao posto de saúde. Nesse momento é muito importante usar máscara, luvas e lavar as mãos após o contato com a pessoa, ela também deve usar máscara.

Se você conhece alguém que apresenta sintomas de resfriado ou gripe comum sem falta de ar grave ou febre alta, é possível que ela tenha a forma mais leve da Covid-19. Ainda assim são necessários cuidados intensos. Essa pessoa deve ficar em um ambiente SEPARADO das demais da família, usar máscara sempre que for falar ou estiver  com alguém, se alimentar bem e repousar.

É importante medir a temperatura da pessoa 3 vezes por dia e ficar atento como anda sua respiração. Todos os objetos que ela tocar devem ser imediatamente lavados com sabão ou a solução de água sanitária. Suas roupas e roupa de cama devem ser lavadas todos os dias e o banheiro que ela utilizar tem que ser desinfetado com água sanitária sempre que for usado. É muito importante que ela fique num ambiente bem ventilado.

Quem realmente não tem condições de deixar de trabalhar, o que pode fazer?

Quem não puder deixar de ir ao trabalho precisa se preparar o máximo possível. Todas as dicas de “como ir pra rua” são válidas.

Em trabalhos com vestiário ou possibilidade de se tomar banho, leve uma muda de roupa limpa e tome banho ao chegar no trabalho.

Converse com o empregador e os colegas de trabalho para, se possível, encontrarem alternativas para diminuir o risco de todos: fazer escalas, trocar horários para evitar a hora de pico do transporte público, manter os ambientes ventilados e sendo constantemente desinfetados.

Exija seu direito à saúde.

Mantenha a distância de 2 metros ao falar com os clientes e lave as mãos ou passe álcool gel 70% após tocar qualquer objeto.

Sim, são muitos cuidados e é muito difícil seguir tudo. Mas não esqueça NÃO ADIANTA TOMAR APENAS UMA DESSAS MEDIDAS, É MUITO IMPORTANTE SEGUIR TODAS AS ORIENTAÇÕES, APENAS ASSIM VOCÊ PODE MANTER SUA SAÚDE E A SAÚDE DE SUA FAMÍLIA FORA DE RISCO.

 

As favelas, quebradas, cortiços e comunidades são as áreas onde essa doença mais fará estrago. Entre nessa guerra pela vida! Faça sua parte por você e por aqueles que você ama! Todos juntos podemos derrotar essa doença! Coragem e boa sorte. Juntos somos fortes!

ilustração – Bacellar

POSTS RELACIONADOS

Para discutirmos a volta às aulas

A artigo de Joana Monteleone, levanta uma série de questões que precisam ser pensados com urgência pelo campo progressista para a volta às aulas

>