PM aplica mata-leão e detém manifestante da esquerda

A Polícia Militar dividiu com uma fita a Av. Paulista: o lado da FIESP está com os manifestantes golpistas e lá, a PM defende os bonecos infláveis. Já do lado de quem luta pela democracia a atitude da PM é cercear e oprimir.

Na travessa da Alameda Casa Branca, a Polícia Militar prendeu um morador de rua arbitrariamente. Segundo pessoas que estavam no local, ele cantava “Diário de um Detento”, dos Racionais, para os policiais.


Indignado com a situação, um manifestante do lado democrático tentou evitar a injustiça e foi levado junto pela PM, após ser paralisado com um mata leão que durou pelo menos 30 segundos até o rapaz “apagar”.

#OBrasilQuerDemocracia

 

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS