• Salve geral

    Somos poetas dum mundo caduco, desenhistas dum mundo sujo, fotógrafos de lixo, repórteres de cacarecos. Formas escuras invadem,  manchas de uma noite longa num lençol azul de céu e de mar. Estou triste, milhões estão. É queimada no céu, é óleo na água.  A Amazônia Verde e a Amazônia...
  • Árvore, índio e avião

    Há no México uma árvore extensa, gulosa, tão antiga como o tempo da vida na Terra, chão de indígenas. Não há muito o que dizer de uma árvore. Uma árvore é uma árvore, e isso basta. Imagens nos libertam das palavras, dispensam letras, construções difíceis da língua. Escrever tem...
  • Porque temem Vitória

    Em março de 2016, Victoria Tauli-Corpuz, relatora das Nações Unidas sobre direitos dos povos indígenas, visitou várias aldeias em regiões diversas, no Brasil. Repudiou assassinatos e ataques constantes às comunidades do Mato Grosso do Sul, pedindo providências urgentes das autoridades. Naquele momento, Dilma Rousseff ainda estava no governo e...
  • Somos semente, seremos pedra

    Sementes ou pedra, qual o tesouro dessa terra, bicho? Metralhadora cheia de mágoas, corais da Amazônia, poeta carioca, preto baiano, planta do cerrado. . Fumaça paulista cegarei, bandeirante catando índio. . Não sei porque comemoramos dia da árvore, talvez porque cremos na lenha da cruz. Não chegaremos aos céus, não...
  • A borduna e a palavra

    Como chuva na face, em tarde quente, a Fundação Darcy Ribeiro traz um alento aos que vagam desanimados, sedentos, entre um país em desconstrução. Instituição dedicada à pesquisa e ao desenvolvimento de projetos educacionais, culturais, sociais e científicos, a Fundação encaminhou o nome de Ropni (onça fêmea) Metyktire, o...
  • O mundo das águas em terra de feras

    O que esses caras, que põem fogo no mato, roubam da gente? Queimam nossa parte, lesam a pátria. Aqueles que podem habitam as águas; findarão também entre lama nos dentes, um dia. Até o Pantanal esfumaçou, quem diria, o lugar das águas. A beleza que me molha nas imagens...
  • Inexpugnavelmente

    Construir um país é derrubar muros, abrir janelas, criar portas.Há uma linha de frente na história, entre pensamento e resistência, escrita por pessoas que pensam e creem nos cuidados com a vida,  saúde coletiva. São antigos os traços, relatos, o percurso dos que querem sim a saúde como direito...
  • Na zona da poesia

    É dia da Amazônia, essa porra toda. Olhar com calma não é possível, zona de guerra, mentira verde.  Árvore mata-se com serra e fogo. Um dia será caatinga. . Gente e cobiça. A cobiça é verde, ouro e fogo reluzem. . Gente arcaica, originária. Gente flor. Gente cabocla, ribeirinha,...
  • Mea culpa

    Fico em dúvida se uso imagem com a palavra ordem ou a palavra progresso. Tudo é um abafamento, a bandeira é a mesma, a temos todos metida na carne, nos ossos, pulsa. É fogo, impossível negar tais ventos e securas na alma. Uma vontade imensa de chorar.  Choro. Choro...
1 2 3 30