• Turnê geral do vácuo

    Meu amigo francês, logo cedo, me enviou imagem de Paris, o largo do Louvre.  Com menos encanto, fico pensando na ausência dos corpos na praça pública, a mecânica dos corpos e no que se alterou. Reforma ou revolução? Isolado, recluso, morando só, há radical mudança de ritmo, movimentos de...
  • Das tentações e preces

    Vejo o Papa na tv, logo após o almoço, na sexta-feira, mas é entardecer no Vaticano. Há um silêncio profundo ferindo a imensidão da Praça São Pedro, demoro a entender a situação, pouco devoto que sou. É tão intensa a cena muda que me atenho. É a pandemia, logo...
  • Danos e donos da noite

    É uma noite fresca de sábado, ouve-se o vento batendo nas árvores, pois os carros dormem todos, receosos da peste. A cidade envolve meus passos numa insegurança difícil de compreender, pois milhares de vezes andei nessas ruas; algo invisível vai na sombra sob a luz dos postes e dos...
  • O canto do Tuim

    Morreu Tuim, o velho nobre Kaiabi, Kawaiwete, artesão de cestos, remos e arcos, de fina pedagogia na condução de seu povo e contato com o mundo dos brancos. Em certo momento de  boa fome, cansado de rio, encontrei o sorriso largo de Tuim, em 2003, na aldeia Samaúma, à...
  • Por onde anda nossa cabeça?

    No nada sinto, vou dizer, no nada vejo as aflições que nos envolvem e uma gente ancestral que permeia cada beco de nós. Seria mais um dia de chuva, mas a tarde deu seu protesto com sol na avenida, vitrine viva, a Paulista e seus paulistanos transeuntes.  Enquanto fazem...
  • Voo de malícias

    De frases auspiciosas vou me alimentando, já que o revisionismo avança.  De Bertold Brecht republicam agora, que do rio, que tudo arrasta, diz-se que é violento. Mas ninguém chama violentas as margens que o comprimem.  Assim como Jesus também sobe em pés de goiaba, também anda em helicópteros, para...
  • Qual é tua inquietação?

    É positiva a placa que indica a contramão de nossas modas, pois índio não é a festa que insiste na avenida, mas em protesto ocupa seu lugar na cabeça dos brancos que não desistem da causa indígena, sua cunha nas ideias dos homens, um rastro de sabedoria na insanidade...
  • Parceria ou barbárie

    Acordo cedo e sei que o dia trará duras penas, desatinos, protuberâncias. Os olhos já nem enxergam tanto diante de fac-símiles desfocados, mas a verdade insiste, pedra, diamante duro, não aflora ou se entrega. Sei apenas que há abusos e desfaçatez, ou o que chamavam de cara de pau...
  • Massarandupió

    Quando não se consegue esquecer as tolices, talvez seja porque não são tolices. Nunca escrevi sobre culinária e a arte de cozer bons alimentos e vendê-los no justo preço , mas quando me lembro da vila de Massarandupió, o chef Patrício e seus pratos, servindo em seu rancho peixe...
1 2 3 34