• Heranças de um Brasil profundo

    Num país profundo, fusão de culturas diversas, nação fundida sobre chão de tantos povos,   onde o poder inculto desmerece os povos originários, abre-se o horizonte dos acervos em exposição cunhada por Emanoel Araújo. Arte enigmática e profícua dos povos indígenas do Brasil, arte sublime.  A metrópole, há 466...
  • Como adiar o fim da razão?

    Em 1537, o Papa Paulo III, emitiu a Bula Sublimis Deus, percebendo que algo não ia bem na relação espúria com os povos das terras recém ocupadas nas Américas. Reconheceu o Papa que índio era gente e que deviam legitimamente gozar de sua liberdade. Em 2020, o presidente do...
  • A roda viva dos ilusionistas

    O vice diz que cuidará da Amazônia: não temam. Não teimo,  agradeço o Conselho. Tal Chico sei inútil dormir que a dor não passa. O fogo que me queima, o óleo que me tinge, o pranto que molha,  agradeço. Brasileiro mesmo, cego que bebe tempestade, lamento. Agracio. ....
  • Conto da Virgínia

    22 000 pessoas protestaram na Virgínia, os mascarados, os barbados, senhoras louras cada qual portando suas armas, sua milícia, sua malícia. Na Virgínia, estado distante norte-americano, os homens protestam a favor das armas. Comprar apenas uma arma por mês? Não, querem mais. Todo direito de obter armas. Tolos, indecentes?...
  • O poder da cabeça de plumas e pés de havaianas

    Fotografias por Todd Southgate e Kamikia Kisêdjê No limite entre a Terra Indígena Xingu e a TI Capoto/Jarina, o homem velho do beiço grande convoca, pronuncia-se. Cacique Raoni, de longa data assina a conta conjunta das vozes indígenas. Lembro-me dele desde quando nasci, há mais de meio século. Muitos...
  • O peso do falo

    Há algo de obtuso no pinto do homem brasileiro, pênis inseguro, falo carente. Creio até que o cacete levou a certas condutas, de forcas a golpes, entre velhas e novas repúblicas, revoltas, assassinatos, tráficos. Conduz, o pinto, o homem brasileiro entre a política, a economia, as relações internacionais. Até...
  • Para ser você, um cocar

    Índia Vanuíre foi uma mulher indígena que subia em árvores com sua melodia. Museu em seu nome relata, em Tupã, município do interior do Estado de São Paulo: No início do século XX, a marcha do café para o oeste de São Paulo trouxe consequências violentas para os Kaingang...
  • Outro tijolo na parede

    Em momento tão diverso das expectativas de minha geração, quando tantos seres saíram do armário depois e vingam, praguejam, cobiçam, implodem cultura, educação, o meio ambiente em suas relações; a flor paralisa, me pára. É flor? Das delicadezas sei que surpreendem a cada dia, individualmente, cada humano. Hoje  planta...
  • O tempo rodou num instante nas voltas do meu coração

    A fina flor do elenco em cena, no Teatro Oficina, em montagem de Roda Viva, traz uma sensação curiosa de alma lavada quando finda o espetáculo. É noite de chuva na metrópole e os atores exalam um aroma da legítima balbúrdia, uma poética de tons, dicções e enredo do...
1 2 3 33