Carnafavelinha: uma folia para todos e principalmente para as crianças da comunidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
O carnaval do Centro Cultural Lá da Favelinha, no maior aglomerado de Minas Gerais, foi feito de alegria, música boa e muito afeto 

Se ir até uma simples festa no Centro Cultural Lá da Favelinha é garantia de se deparar com muita arte da boa, imagina numa programação feita para o carnaval! Ia animada. Já conhecia o Carnafavelinha, quando aconteceu a primeira edição do evento, no ano passado.

Atrasados, perdemos umas boas atrações. Quando vi a integrante de uma banda se despedindo percebi o tamanho do prejuízo…mas muita coisa boa nos esperava.
Quem se apresentava era o Bloco Seu Vizinho. Exceleeeeeeente! Uma bateria fantástica e todos dançamos muito. A meninada ficou doida pra bater nos tambores, fazer um som…foram interagindo o tempo todo com os músicos. A festa estava linda!

Como é comum nos eventos do centro cultural, os foliões ocupavam parte da rua. Havia espaço para todos e por isso ônibus e carros passavam tranquilamente.

IMG_1986

Uma festa da comunidade, e principalmente para a comunidade. As crianças estavam eufóricas. Com fantasias muito bem ornadas e sorrisos estampados, não havia dúvidas: quem mais estava se divertindo ali eram as crianças. Também não era para menos. A programação previa muitas atividades como atrações circenses, pintura corporal, concurso de melhor fantasia, e como não pode faltar nestes locais de afeto: o banho de mangueira.

Adultos também não tinham do que reclamar. Assim como é de praxe a ocupação da rua onde fica o centro cultural, são de praxe as boas atrações: shows com vários ritmos e misturas, blocos, apresentação de Mc’s, batalha do passinho. Muita arte vinda da comunidade. O Lá da Favelinha existe há pouco mais de um ano e já revelou grandes talentos que vivem ali…
Quando o coordenador, Kdu dos Anjos, agradeceu a presença de todos, a sensação dos presentes foi de pesar pelo fim da festa, mas também de alegria por ter participado de algo tão bom. Todos agradeceram de volta, mas de novo principalmente as crianças. Elas abraçavam Kdu o tempo todo, lançando olhares felizes.

Antes da folia acabar, foi dado aos convidados um lanche com biscoito, suco natural e fruta. Tudo delicioso.

A segunda edição do Carnafavelinha atraiu menos pessoas que a primeira. Talvez pelo fato de o Aglomerado da Serra ter sido alvo de jornais e de TV’s nos últimos dias. Mais um conflito acontecendo por causa da guerra travada contra as drogas, que é na verdade uma guerra contra pobres da periferia. Essa questão não atrapalhou em nada. Os moradores foram muito receptivos, como sempre. Eles também não pareciam estar preocupados.

O Carnafavelinha mostrou a face bela do que pode ser a comunidade sempre, todos os dias, e do que os moradores querem que seja feita ela: de alegria. O evento mostra também que o Centro Cultural Lá da Favelinha, junto àquele povo, vai resistir. As oficinas de arte e educação não param de crescer e aquelas crianças ainda vão comemorar muitos carnavais ali naquela alegria.
Lá na Favelinha

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

EUA deportaram 780 brasileiros em sete meses

O 14º voo trazendo brasileiros deportados dos Estados Unidos chegou nessa sexta-feira, 24, no Aeroporto Internacional de Confins, na Grande Belo Horizonte. Desta vez desembarcaram

>