Professora e socióloga Camila Savassa contra o golpe

Professora e Socióloga Camila Savassa, atuante da rede estadual de ensino como professora, em depoimento realizado no ato do dia 31 de março faz sua critica a dualidade a quem tem sido submetida a politica brasileira, em um cenário onde ser de esquerda significa não entender sobre o que se fala.

“Como socióloga tá sendo muito difícil dar as aulas de sociologia por que o discurso de ódio está tão grande que não se consegue falar sobre democracia”

Camila, apesar de não ter sido beneficiada diretamente por nenhum programa do governo, estava no ato de ontem por que reconhecer avanços importantes durantes os governos Lula e Dilma, como o Brasil ter saído do mapa da fome, o aumento da distribuição de renda dentre outros motivos.

#BrasilContraOGolpe

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Fontes, Falas e Alas

A disputa de narrativas e da opinião pública entre a ala militar, a ala ideológica e as dissidências pela direita e extrema direita no Brasil

A cor do golpe

Os discursos de ódio a conta gota, institucionalizaram-se. Eles destilam o ódio a negros, mulheres, LGBTIQIA+, nordestinos e pcd’s.