PLUMAS NAS URNAS

 

Nunca na história desse país o voto talvez tenha sido arma tão valiosa. É doce escolher, mas como beber dessa bebida amarga, tragar a dor… tanta mentira, tanta força bruta. Não cale-se agora, não percas o juízo. Não é direito ninguém recusar.

*imagem de capa Jean Manzon© entre os Kalapalo –O Cruzeiro

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS