Mais recentes: Opinião

  • Bandido bom é bandido crucificado

    Por José Barbosa Junior Relembrar esta data traz consigo significados para além da espiritualidade, transpondo a barreira religiosa do fato. Jesus foi morto por desafiar um sistema perverso, que aliou um Império cruel e genocida a uma religião vendida e ameaçada pela mensagem de libertação do profeta galileu. Reforçando...
  • “Tchau, Querida” estreia revelando os primeiros passos do caminho da extrema direita até o poder

    POR ANA CAROLINA RODRIGUES Três anos para a História é muito pouco. Normalmente, são de períodos mais longos que saem as grandes transformações que vão moldando a sociedade. No entanto, de 17 de abril de 2016, data da aprovação do processo de impeachment da então presidenta Dilma Rousseff na...
  • Ato em memória de Evaldo Rosa, músico alvejado com 80 tiros no RJ, acontece amanhã em SP

    Sete dias após a família de Evaldo e ele próprio terem sido fuzilados pelo exército do Rio de Janeiro com 80 tiros, várias cidades programam para este domingo (14), protesto contra mais esse racismo descarado e violento ocorrido no Brasil. Acabaram as minhas palavras para descrever essa brutalidade. Mas...
  • Nosso corpo é político

    Por Anderson Moraes O Rio de Janeiro dos poetas, das negras, do samba, do sol e do Cristo Redentor, chora e não pelo título do Flamengo ou pelo desfile da Mangueira, é por tristeza, por descaso e pelo genocídio. O som do baile funk foi abafado com mais de...
  • 1964 foi golpe, 2016 também

    Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia Ninguém gosta de trazer a palavra “golpista” escrita na testa. É feio, não pega bem. Por isso, as experiências de ruptura políticas sempre têm sua memória disputada. Os que tomaram o poder se dizem “revolucionários”, ou...
  • PROMETEU ESTÁ DESACORRENTADO!

    Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia, com ilustração de Al Margen Na mitologia grega, Prometeu é um titã ousado que tentou refundar o equilíbrio de forças no Olimpo. Ao roubar o fogo de Héstia e dar aos mortais, Prometeu assustou os deuses,...
  • O REFÉM DO CAOS

    Artigo de Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História na Universidade Federal  da Bahia, com ilustração de Gilmar  Desde 2013 estamos respirando uma atmosfera de colapso. Trata-se de uma experiência de transição, onde o velho já acabou, mas o novo ainda não chegou. A República que aprendemos a...
  • Surubão de Washington

    Por Mathias Alencastro * Noites tórridas na capital americana. Às vésperas do evento mais importante da presidência Bolsonaro, os ideólogos da ascensão do etno-nacionalista nas Américas se reuniram para celebrar uma nova era e, talvez, a reabilitação de Steve Bannon. Verdadeiro Forrest Gump da direita populista, Bannon fez fortuna...
  • Guerra da mídia com a milícia pode ser a antessala do Brasil distópico

    Por Gabriel Rocha Gaspar* A mídia liberal declarou guerra ao bolsonarismo com a cobertura da prisão dos assassinos da Marielle. E é uma guerra que a mídia dificilmente tem condições de ganhar. Essa cobertura pode decretar o fim da mídia como conhecemos e pavimentar o caminho de um estado...
1 2 3 32