Médicas e Médicos com Haddad e contra o fascismo

Nós, médicas e médicos brasileiros abaixo-assinados, que votamos nas mais diversas candidaturas no primeiro turno, nos posicionamos, agora, em defesa da candidatura de Fernando Haddad para a presidência do...

Nós, médicas e médicos brasileiros abaixo-assinados, que votamos nas mais diversas candidaturas no primeiro turno, nos posicionamos, agora, em defesa da candidatura de Fernando Haddad para a presidência do Brasil.

Nosso país vive uma escalada de ódio sem precedentes, que ameaça valores democráticos e as bases para um desenvolvimento social e econômico mais justo e igualitário. A candidatura de Jair Bolsonaro representa este cenário:

  1. Apoiou a “PEC da morte” que congela durante 20 anos os investimentos nas áreas sociais. Um golpe de morte no Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, em seu plano de governo, propõe realizar mais cortes no orçamento da saúde;
  2. Defendeu a reforma trabalhista e continua defendendo a perda de direitos fundamentais dos trabalhadores com o discurso de que o brasileiro tem que “escolher entre ter direitos trabalhistas ou ter emprego”. Seu vice, o Mourão, defende, inclusive, o fim do 13º salário;
  3. Apoiou o governo Michel Temer em que houve aumento no desemprego e degradação das condições de vida do povo, com aumento da carestia e piora das taxas de mortalidade infantil;
  4. É a favor da lei que desobriga o atendimento integral a mulheres vítimas de violência sexual. Realiza discurso racista e de ódio contra a população LGBTI+;
  5. Durante a campanha já houve sinais de que pretendia igualar a tarifa de imposto de renda, que, na prática, significa mais impostos para os pobres e menos para os ricos;
  6. Realiza discurso militarista de apologia à violência e trata torturadores da ditadura militar como heróis;

Por tudo isso, entendemos que nós temos o dever de estar ao lado em defesa dos direitos humanos, da vida e da paz. O voto em Haddad é a garantia mínima do espaço democrático para os debates tão caros à existência do Sistema Único de Saúde.

Portanto, apoiamos a candidatura de Fernando Haddad contra o retrocesso que Bolsonaro representa para a saúde e para a vida dos brasileiros.

Clique aqui para assinar a carta: https://goo.gl/forms/015ElZaVtIHYXTDe2
Mude sua foto de perfil e apoie a campanha: https://twibbon.com/support/médicos-com-haddad

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.

Categorias
DestaquesDireitos HumanosEleições 2018fascismofernando haddadGeralPEC 241Política
Um comentário
  • Eduardo De Paula Barreto
    17 outubro 2018 at 16:06
    Comente

    .

    CEREJAIS
    .
    Cabe-nos fazer a opção
    Entre a superfície e o fundo
    Entre o retrocesso e a evolução
    Entre tempos de ouro e de chumbo
    E na estante do nosso abrigo
    Mantermos edificantes livros
    Ou ensanguentadas armas
    E como herança à posteridade
    Deixarmos a doce liberdade
    Ou paus de arara.
    .
    Nossas escolhas pessoais
    Se refletem em outras vidas
    Se plantamos lindos cerejais
    Doces frutas serão colhidas
    Mas se plantamos veneno
    Matamos a nós mesmos
    E a quem nos beija
    Por isso me policio
    Para que no futuro sombrio
    Eu possa cultivar cerejas.
    .
    Aquele que for escolhido
    Para ser o nosso jardineiro
    Talvez nos dê campos floridos
    Ou destrua os nossos canteiros
    Porque até a terra dita dura
    Pode receber semeadura
    Se o jardineiro for do bem
    Mas se ele for do mal
    A terra será pedregal
    E as sementes serão reféns.
    .
    Somos aquele que semeia
    E também a planta que nasce
    E em nossas raízes permeiam
    As nossas duas faces
    E a face que cresce
    É aquela que recebe
    Adubo e água fresquinha
    O bom jardineiro nos faz flor
    Mas se mau o jardineiro for
    Desabrochamos ervas daninhas.
    .
    Eduardo de Paula Barreto
    17/10/2018

    .

  • Deixe uma resposta

    AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish