Bolsonaro deve deixar Saúde com Pazuello, que confunde homens com cavalos

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello: farda no lugar do jaleco
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Por Dacio Malta*

O general Eduardo Pazuello chegou ao ministério da Saúde usando o instrumento que melhor sabe manejar: um paraquedas.

O médico bolsonarista Nelson Teich assumiu sua pasta tonto e, 28 dias depois, estava atordoado.

Sem força e sem equipe, aceitou o general para ocupar a secretaria geral e, em menos de uma semana, foi engolido por mais 30 militares gulosos que ocuparam todas as chefias do ministério.

O presidente começou a fritar Teich na terceira semana, torcendo para que ele pedisse o boné.

Se tivéssemos um governo minimamente competente e previsível, o substituto seria nomeado na mesma tarde.

Mas o que fazer?

Educação e Saúde são os dois ministérios mais cobiçados pelos políticos, quanto mais em meio a uma negociação como a que existe no momento,  com o bloco mais fisiológico da Câmara – o chamado Centrão.

Mas nem eles querem o rabo de foguete.

Recusaram o convite e sugeriram que o general cumpra um mandato tampão, até que acabe a crise da pandemia.

Já os generais do Planalto, torcem para que a pasta seja entregue a um civil, pois não desejam ver os milhares de mortos, que ainda vem por aí, caírem no colo de um militar. Certamente mais de 90% dos médicos votaram em Bolsonaro e, pelo menos até a “gripezinha”, esse índice não havia diminuído.

Mas quem tem um currículo a preservar não vai jogá-lo no lixo só para agradar um capitão maluco, despreparado, tosco, ignorante, mal educado e criador de caso – que nem o Exército quis preservar em suas fileiras.

Currrículo de Pazuello, no site do ministério: nada a ver com a Saúde
Pazuello no site do ministério: nada a ver com Saúde

Em meio à tragédia sanitária, econômica e política que nos aflige, Bolsonaro deve acabar optando mesmo por Pazuello, o paraquedista que tem gravado em sua ficha funcional o fato de ter colocado um soldado, no lugar de um cavalo, para puxar uma carroça – forma de punir um indisciplinado.

Pazuello, como militar obediente, será agora o cavalo que puxará a carroça do capitão.

O general, caso efetivado, chegará fraco, pois ficará claro que, depois de várias sondagens, o presidente não encontrou um nome que aceitasse o desafio. Por isso sua nomeação.

A Wikipédia ensina que ordem unida “é uma formação habitual dos componentes de uma tropa”, que aceitam os comandos “dados pelo oficial, graduado ou o mais antigo presente à frente do grupo, em tom firme, enérgico e que inspire respeito à figura da autoridade presente”.

Em termos práticos, a ordem unida serve para mostrar quem manda.

É também a forma mais eficaz de ensinar os subordinados a respeitarem seus superiores.

Na ordem unida não existe discussão.

Aos poucos, o capitão vai disseminando o que aprendeu em seus primeiro dias de AMAN, a Academia Militar das Agulhas Negras.

E Pazuello, que chegou como número 2, assim continuará.

O ministro de verdade será Jair Bolsonaro.

O aspecto positivo é que, nessa condição, o presidente não poderá mais recusar a função que vem desempenhando, com enorme afinco, desde meados de março: o de coveiro da nação.

*Dacio Malta trabalhou nos três principais jornais do Rio – O Globo, Jornal do Brasil e O Dia – e na revista Veja.

Leia mais Dacio Malta em

Teste do Covid-19 de Bolsonaro é fake

COMENTÁRIOS

  • Mais de 90% dos médicos votaram em Bolsonaro? Sou médico, não votei, e sinto que foi um dado pouco preciso. Certamente foi a maioria, mas essa generalização é lamentável e afasta ainda mais quem poderia se posicionar contra a familícia no poder.

  • Forças literalmente ARMADAS, para impor um poder. Poder de destruição, onde o alvo é a soberania, a democracia, a CF, o povo trabalhador, e seus direitos duramente conquistados.

  • Pode ser que nesses dias próximos, Bolsonaro seja promovido de coveiro para agente funerário…

  • Talvez saiba lidar melhor com gente do que os anteriores. Quem lida com animais podem lidar com outros animais que mais parecem irracionais.

  • Sabem pq está acontecendo isso, pq neste país não tem homem de fibra, só tem covardes que não fazem nada. Com todas as provas que temos, ninguém mais ninguém consegue tirar esse assassino, genocida do poder. Sabem pq também pq estão todos preocupados em roubar,super faturar em cima da doença. País sem governo sinto vergonha em ser brasileira.

  • E segue firme a fétida quadrilha colocando o país no esgoto mais profundo da politicagem de todos os tempos e ainda insistem em olhar pra PT e Lula. ..estes são café pequeno em relação a bandalheira que estão mergulhando a nação nos dias de hoje.
    O Brasil não tem judiciário porque não tem legislativo e que não tem executivo também. …..segue o pesado trem fora dos trilhos montanha abaixo e o que é pior com o povo dentro que não percebeu ainda o tamanho da gravidade. Morte certa. Achando que irá aparecer um grande mágico para parar tudo isso. ..como sempre.
    Alguns enxergaram as urnas eletrônicas como um joguinho de playstation e outros como uma latrina mesmo a esperança é que a maioria após essa tragédia passe a olhar as urnas como uma máquina de demitir e erradicar políticos vagabundos de uma vez por todas. …..amém. ……..graças a Deus.

  • POSTS RELACIONADOS

    >