Mandato Coletivo Jaraguá é Guarani e Boulos juntos

Luta pela causa indígena pleiteia cadeira na Câmara dos Vereadores
Boulos e Mandato Coletivo Jaraguá é Guarani
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Mandato Coletivo Jaraguá é Guarani. Estamos num momento crítico em relação às demandas necessárias para virarmos o jogo no cenário político brasileiro. Como está, não dá para ficar, a cidade está um caos, cenas de abandono das políticas públicas são perceptíveis em um pequeno passeio pelo centro da cidade. Onde os socialmente favorecidos neoliberais se isolam em uma bolha e fecham os olhos para a desgraça alheia, do morador de rua, dos famintos, dos indígenas e de toda uma camada da população que se tornou parte excluída dos cuidados e regulamentações de obrigação do Estado.

Eleições 2020

As eleições se aproximam e acreditamos na criação de uma nova política. A comunidade Guarani da Terra Indígena Jaraguá sofreu os ataques da especulação imobiliária através do empreendimento da Imobiliária Tenda no início do ano e foi nosso incentivo de buscar uma representatividade indígena na Câmara Municipal de São Paulo, para enfrentar os abusos da atual gestão pública. Pelo reconhecimento ambiental indígena para o licenciamento municipal das ZEPAM (Zona Especial de Proteção Ambiental) e reformulação do Plano Diretor em defesa da Mata Atlântica e às comunidades indígenas.

.

Portanto, através do MANDATO COLETIVO JARAGUÁ É GUARANI, buscaremos ocupar uma cadeira na Câmara dos Vereadores de São Paulo. Entramos na corrida eleitoral por um bem viver, pela LUTA DA CAUSA INDÍGENA, através de uma proposta inédita, anti sistêmica e de pluralidade, a partir da sua composição por mulheres indígenas da T.I. Jaraguá.

Propostas do bem viver

Preservar as matas, os animais e as águas que são nossas vidas, territórios e corpos. Conter a especulação imobiliária e o crescimento desenfreado da cidade adentro às áreas verdes principalmente da Mata Atlântica, promover a soberania da alimentação e educação inclusiva a partir da invasão dos colonizadores e patriarcalização desse território, antes denominado Pindorama.

Luta pelo Parque YaryTy Jaraguá

.

Retomar os direitos, a ancestralidade e do modo de vida e cultura na cidade, seja na zona rural ou urbana, onde nossas referências foram apagadas pela ganância de grandes e afortunados interesses a benefício de poucos beneficiários que escondem a violência e brutalidade contra nossos ancestrais imortalizando bandeirantes e representantes genocidas dos povos originários em monumentos, nomes de rodovias e estabelecimentos públicos.

Avançar nas políticas públicas para combater a miséria do povo e pela validação dos direitos que são obrigação do Estado nos servir, na educação, saúde, saneamento básico, alimentação saudável e moradia. Preservar as matas, os animais e as águas que são nossas vidas, territórios e corpos.

A luta de um povo é a luta de todas e todos nós

Acreditamos em uma nova política, anti sistêmica e de pluralidade, o POVO DECIDE, pensa, sente e elege.

Boulos apoia a candidatura Jaraguá é Guarani

Visita do Guilherme Boulos, nosso candidato a prefeito, alinhado aos nossos objetivos da nova política, na Aldeia Yvy Porã neste domingo, dia 04.

Video: Teia – Cassandra Mello

A comunidade declarou apoio a sua candidatura, e ele recebeu a bênção dos nossos xamoi (pajé) e lideranças para seguir nessa difícil jornada.

“Se o índio tá doente a natureza cura, se o índio tá em dúvida a natureza orienta. O espírito do índio é livre, como a terra e o vento. Precisamos criar uma ZEPAM/Terra Indígena, para ter o território indígena em São Paulo, reconhecido como território indígena, como reconhecimento do licenciamento ambiental indígena para o licenciamento municipal pela proteção da Mata Atlântica. A gente sabe o que precisa fazer e a gente sabe quem pode caminhar junto com a gente e você é muito bem vindo na nossa comunidade. Você, Boulos, está protegido porque resolveu dar um passo pra dentro da floresta.”

David Karai Popygua – liderança da TI Jaraguá

.

.

Boulos também ouviu as palavras do Cacique da Tekoa Pyau quanto as necessidades na educação, nos CECIs das aldeias e do xamoi Natalício de fortalecimento ao seu espírito. Os Guarani apresentaram uma manifestação da dança xondaro [dos guerreiros Guarani] e se despediram num momento de rezo e cura espiritual.

“Saúdo todas e todos vocês e essas mulheres que estão enfrentando esse desafio de representar o povo Guarani também na política e na câmara de São Paulo. Os povos indígenas, os povos ancestrais trazem para gente, principalmente na cidade de São Paulo, devastada com muito barulho e pouca paz, uma força muito grande. É uma honra estar aqui e ser recebido por vocês e compartilhar essa cultura e visão de mundo. Vai ajudar iluminar minha caminhada.”

.

Boulos ainda emendou:

“Quem manda em São Paulo hoje é o dinheiro das empreiteiras e da especulação imobiliária, vocês estão aqui numa trincheira de resistência. Nosso compromisso aqui com o povo Guarani é de cancelar a licença ambiental, totalmente fajuta emitida pela prefeitura para o empreendimento da Imobiliária Tenda. Vamos juntos, ampliar a demarcação do povo Guarani pois é queM melhor pode proteger essa mata ao redor do Jaraguá. Quem tem maior autoridade na história desse paÍs e na história desta terra para proteger a vida são vocês.”

Mandato Coletivo Jaraguá é Guarani

Mulheres do Mandato
Sônia Barbosa, Tamikuâ Txihi e Patrícia Jaxuka
Número: 50520

520 Anos de Resistência – Na Luta Pela Causa Indígena

https://www.facebook.com/mandatocoletivojaraguaeguarani/

Luta pelo Parque YaryTy Jaraguá

Texto: Mandato Coletivo Jaraguá é Guarani

Fotos: Alice Vergueiro, Thiago Carvalho e Ana Flávia Carvalho (encontro com Boulos) e Sato do Brasil (Parque YaryTy)

Video: Cassandra Mello – Teia

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>