Jesus e o Diabo na terra do GoldenShower

Apertem os cintos! O piloto é despreparado, o co-piloto é militar e os tripulantes deveriam tomar remédios controlados!

José Barbosa Junior – Teólogo e Pastor da Comunidade Batista do Caminho em Belo Horizonte
Que semana louca, meus amigos, que semana louca!
Era carnaval, e como era de se esperar, a festa virou uma enorme manifestação nacional contra o (des)governo que, em 60 dias, conseguiu que regredíssemos alguns séculos.
Até Jesus e o Diabo travaram um duelo num desfile de Escola de Samba de uma agremiação ligada a um time de futebol, e virou pauta política! Ou seja, religião, política e futebol se misturando e trazendo discussão. Só faltou o sexo para completar o quadrado mágico dos “temas não discutíveis” mais discutidos no mundo…
Faltou? Que nada… o carnaval não tinha terminado ainda…
O piloto insano, que comanda o país pelo twitter, não aguentou ter seu nome cantado em todas as festas de rua do país, e foi para o seu gabinete, que funciona na rede social do “pardal”, e tratou de fazer a única coisa que sabe, já que não tem a mínima ideia de como governar o país: falar de (i)moralidade sexual. Conseguiu um vídeo de uma performance (???) política de dois atores argentinos num bloco que desfilou em São Paulo e viralizou o vídeo como símbolo do carnaval brasileiro.
Para piorar a situação, ao confundir twitter com google, o trapalhão que administra o país com projetos de menos de 280 caracteres, pergunta “o que é golden shower?” para o deleite de milhares de criadores de memes e estudiosos da idiotização brasileira nos últimos meses.
Jesus e o Diabo voltam à história, já que a única pauta que resta ao comandante destrambelhado é a pauta moralista-religiosa de campanha. Como não sabe dirigir, permanecerá sempre em campanha e necessitando de “escândalos morais” para ter ao seu lado os Malafaias e Macedos da vida, ávidos de dinheiro e poder, a defender seus arroubos patéticos e descabidos, revestidos de “santa” preocupação com a “família brasileira”.
Se no duelo da avenida Jesus leva a pior, na política brasileira não é diferente. Depois de descer da goiabeira, conceder títulos de mestrado e doutorado para a Ministra Damares, ser reverenciado pela melhora na saúde do Capitão, e adorado por aqueles que fazem arminhas com a mão, Jesus já pensa em sair do país e mudar de nome, para não ser confundido com esse arremedo toda hora citado pelos que comandam a “nação”.
E o Diabo?
Tá feliz da vida, detonando a previdência, retirando direitos do trabalhador, calando as vozes dissidentes, vendendo toda nossa riqueza a preço de banana, fechando postos de trabalho aqui e ali, trazendo o Brasil de novo para o mapa da fome, fazendo o seu trabalho de sempre… Mas… como isso não envolve o orifício anal, Bolsonaro e seus pastores do mal não estão nem aí, e seguem a vida normalmente…
Até que um outro cu apareça!
Mas Jesus, aquele que já mudou de nome a essa altura do campeonato, dá sinais de recuperação… e como também é vítima de uma história mal contada, imperializada, embranquecida, resolveu aprontar das suas… e a Mangueira das Marias, Mahins, Marielles e Lecis lavou a nossa alma.
E não foi com mijo…
Categorias
ArtigoOpinião
Um comentário
  • raimundo nonato ferreira
    8 março 2019 at 20:53
    Comente

    Jornalecos abutres inimigos do Brasil.
    Profanos em breve responderam por suas mentiras.

  • Deixe uma resposta

    AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish