Indígenas brasileiros sob ataque: Organizar para Resistir!

Por: Maycon Esquer. Especial para o Jornalistas Livres

No início do ano, estivemos na grande reunião convocada pelo líder kayapó Cacique Raoni, no norte do estado de Mato Grosso. Para entendermos a importância do evento na unificação das vozes dos povos indígenas em defesa da preservação de seus territórios, conversamos com Célia Xakriabá, umas das mulheres indígenas à frente da coordenação da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), Alessandra Munduruku, liderança  do movimento de mulheres indígenas do Tapajós, e Samantha Ro’otsitsina Xavante, integrante da Rede de Juventude Indígena (REJUIND) e uma das organizadoras do encontro.

Confira abaixo a reportagem completa em vídeo:

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

A cor do golpe

Os discursos de ódio a conta gota, institucionalizaram-se. Eles destilam o ódio a negros, mulheres, LGBTIQIA+, nordestinos e pcd’s.