Indígenas brasileiros sob ataque: Organizar para Resistir!

Lideranças dos povos tradicionais de todo o país receberam o ano de 2020 reunidos no Xingu, discutindo estratégias contra os ataques étnicos e socioambientais de que têm sido alvos atualmente. Estivemos na reunião e escutamos algumas das vozes que têm denunciado esses ataques

Por: Maycon Esquer. Especial para o Jornalistas Livres

No início do ano, estivemos na grande reunião convocada pelo líder kayapó Cacique Raoni, no norte do estado de Mato Grosso. Para entendermos a importância do evento na unificação das vozes dos povos indígenas em defesa da preservação de seus territórios, conversamos com Célia Xakriabá, umas das mulheres indígenas à frente da coordenação da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), Alessandra Munduruku, liderança  do movimento de mulheres indígenas do Tapajós, e Samantha Ro’otsitsina Xavante, integrante da Rede de Juventude Indígena (REJUIND) e uma das organizadoras do encontro.

Confira abaixo a reportagem completa em vídeo:

Categorias
AmazôniaCidadaniaDebateDemocraciaDestaquesDireitos HumanosDireitos SociaisfascismoGeralÍndiosMato GrossoMovimentos SociaisPolíticaResistênciaviolência
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish

Relacionado com