CONDENAR LULA É ASSASSINAR DE VEZ, MUITO MAIS NEGRAS E NEGROS DO BRASIL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Anderson Moraes, do Jornal Empoderado, especial para os Jornalistas Livres

Quero trazer de volta o final de 2017, onde o MST inaugurou o campo Dr. Sócrates, ocasião em que Lula e amigos fizeram uma divertida e histórica partida de futebol. Na ocasião, a Escola Nacional Florestan Fernandes ficou pequena não só para a quantidade de pessoas que foram prestigiar o evento, como também para o clima de luta, esperança, companheirismo e fé que tomou conta do lugar. Tudo “culpa” daqueles que se posicionam à esquerda. Negras, negros, índios, trabalhadores, estudantes, sem-terra, quilombolas, povos de terreiros, políticos históricos, artistas consagrados e a família do jogador Sócrates estavam ali, juntos, para dedicarem mais aquela homenagem a um dos atletas que sempre se posicionou com firmeza, quando o assunto era uma ideologia que contemplasse os mais pobres e que assim, pudesse minimizar as desigualdades sociais, Sócrates foi grande nos campos e fora deles.

Mas relembro esse final de 2017, para dizer que nesta quinta (18), o clima de luta e esperança do campo Dr. Sócrates, pareceu ser extendido para a Casa de Portugal, que embora, para muitos ali presentes que estão diariamente vivendo com a ansiedade em várias noites de insônia, em razão do julgamento do ex-presidente em 24 de janeiro próximo, trouxe alto astral e força pra lutar.

Dúvida? basta ver a forma descontraída do ex-Prefeito Fernando Haddad em falar que sente saudade da época que foi ministro do Presidente Lula, em 2010. E juntos discutiam como melhorar o sistema educacional do país.

Gleisi Hoffmann, presidenta do PT Naconal e Guilherme Boulos, do MTST
mostraram que haverá luta para que seja assegurado o direito do Lula se candidatar.

Todas as categorias da arte estavam presentes no palco, do circo, o palhaço
Alessandro Azevedo, do samba, da música, Leci Brandão e Odair José soltaram suas ótimas vozes nessa noite que misturou arte com a força da política à esquerda.

Um vídeo de Chomsky elucidou ainda mais o que espera Lula e aqueles que lutam à favor da democracia, daqui 8 dias.
Dia 24 de janeiro, sem dúvida, ficará marcado como o dia em que o judiciário mostrará de que lado está: da Democracia e direito de Lula ser candidato ou de um novo e duro golpe, desta vez, dentro do atroz golpe que já vivemos.

Cristiano Zanin, advogado de defesa do ex-presidente explanou de maneira objetiva, que não há provas de que o Lula tenha cometido algum ato ilícito. Aqui podemos relembrar o “único crime que ele confessa”, em seus discursos, sempre que realiza encontros públicos: os inúmeros avanços sociais criados no Brasil em seus governos.

Uma considerável parcela da sociedade já viu amigos ou familiares serem condenados injustamente, e entende muito bem o que é não ter seu direito respeitado. Vide o caso do Rafael Braga.

Assim, deixamos uma mensagem para que muitos que na noite desta quinta (18), ali estavam pedindo pela democracia e justiça para Lula, possam fortalecer a luta nas questões raciais. Seja em manifestações, se mostrando disponível quando uma negra, um negro sofrer um abuso policial ou em outros espaços, quando esses companheiros não souberem a quem recorrer em caso de um ato de racismo.

No palco não havia maioria negra. Mas o público que ali, enfrentou fila pra entrar na pomposa Casa de Portugal era em sua maioria negro e fomos lá por que continuaremos lutando ao lado de quem busca justiça e equidade social. Mas lembre-se, que todo dia há um irmão ou uma irmã negra sendo julgado no Brasil e a maioria não possui o mesmo suporte jurídico e o apoio que o ex-pesidente tem hoje.

A noite coube lindas falas pretas, entre elas: Rosane Borges, Ailton Graça, Thaíde, Leci Brandão e do Bruno Ramos. Na fileira da frente estava ao lado do Lula estava Raquel Virgínia. travesti e preta.

Estamos na luta todos os dias e estamos com Lula! E queremos que ele esteja conosco também!

COMENTÁRIOS

  • O Anderson Moraes se esqueceu de fazer uma mísera referência à corrupção endêmica que carcome a máquina estatal brasileira desde o mensalão. Nenhuma palavra sobre o assalto à Petrobras e a outras arcas públicas. Nem sinal de referências à ausência de explicações para os confortos de Lula, a conversão do ex-operário em milionário, suas relações promíscuas com empreiteiras confessadamente corruptas, as revelações constrangedoras feitas por companheiros como Antonio Palocci. Por que será ?

  • POSTS RELACIONADOS

    Lula agradece a Maduro pelo oxigênio a Manaus

    Lula enaltece a ação ética e solidária de Maduro e afirma que “o seu gesto prova que é possível fazer política sem ódio”.(…)”Fica, com esse gesto de solidariedade, a lição para os países aprenderem a conviver democraticamente na adversidade”.

    A caminho do Centrão

    A aposta, parece, é de que um novo golpe no comandante do Executivo Federal será desfechado sob a liderança do Centrão. Mais uma vez. Aquele Centrão que derrubou Dilma Rousseff. Porém, até o novo golpe, o Centrão fará o que sempre fez: o “toma lá, dá cá”

    Lula:“É da adversidade que nasce a esperança”

    Vamos nos unir para que 2021 seja o melhor ano de nossas vidas. Recebam o abraço solidário, do amigo de sempre._
    Que tenham todas e todos um grande Ano Novo.
    E estejam certos: juntos, viveremos e venceremos._

    Lula

    >