Risco de quebradeira cresce e “custo bolsonaro” em alta

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

RISCO DE CALOTE DAS EMPRESAS AUMENTA, DÓLAR SOBE 25% EM 2020 E “CUSTO BOLSONARO” EM ALTA

Bolsonaro amplia briga com Congresso Nacional e STF e amplia a crise de confiança e a falta de unidade no combate a crise econômica. Governo lança pacote antecipando pagamentos e postergação o recebimento de impostos, além de ampliar a possibilidade de empréstimos. Mas com alto endividamento das famílias brasileiras estão ações são fracas para conter a crise. Além disto, várias medidas tem de passar pelo Congresso Nacional.
Na economia real, o movimento do comércio neste último fim de semana foi 16% menor e  região da vinte e cinco de março a queda foi de 60%.
Na China nos primeiros dois meses de 2020, com aumento da epidemia de coronavírus a indústria caiu 13,5%, as vendas 20,5% e o desemprego aumentou, indicando um padrão para o mundo.
Nos Estados Unidos, o risco de calote das empresas americanas aumentou e chegou a 673 pontos e pode provocar uma quebradeira.
A  bolsa norte americana operam em alta de 5,2%, no Brasil a bolsa sobe mais de 4,85% e o dólar, mesmo com intervenção de R$ 2 bilhões do Banco Central ficou  em 5,009 (-0,08).O petróleo fica perto de US$ 28,8 dólares o barril.O governo Trump anunciou mais US$1 trilhão de dólares para animar a economia e garantir as empresas

Em 2020, a bolsa norte americana caiu 25%,  a europeia na faixa de 32% e a brasileira 35%.O petróleo caiu mais da metade do preço desde dezembro de 2019.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>