Racistas de plantão estão soltos às vesperas do dia de Zumbi

Os racistas de plantão não tem limites, mas são considerados pessoas “de bem”. Esses aí são os deputados do PSL, Daniel Silveira, aquele que quebrou a placa de Marielle e Coronel Tadeu, que hoje vandalizou, na Câmara Federal, uma exposição sobre Consciência Negra. O Coronel arrancou de maneira raivosa o painel com uma obra do chargista Latuff que denunciava violência policial contra um menino negro.

Mas é muito claro que esses senhores querem usar a pauta para encobrir o castigo que Bolsonaro levou hoje: Mário do Rosário, deputada federal (PT) devolveu a indenização que recebeu dele, em processo por danos morais.

Rosário, uma parlamentar exemplar na luta contra violência dirigida à mulheres, vai de modo didático ensinando esse governo como se faz política de proteção para mulheres. O dinheiro devolvido vai para 7 entidades que atuam nisso.

É gente! É desse jeito, com parlamentares com esse racismo enraizado em práticas públicas, que vamos dialogar por um país melhor? O que você diria ou perguntaria a esses parlamentares se os encontrasse?

Valendo!!!

Foto: Lula Marques

 

 

 

 

 

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS