Parque Nacional da Chapada dos Guimarães ARDE EM CHAMAS

Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, MT, arde em chamas, com 20% da sua área comprometida. Por Guilherme Silva | Jornalistas Livres

O repórter fotográfico Guilherme Silva passou uma semana acompanhando a equipe do ICMBIO no Estado do Mato Grosso, na região do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Neste momento, as queimadas já atingiram mais de 20% do parque, incluindo algum dos pontos turísticos mais conhecidos da Chapada.

 

AS IMAGENS DO PARQUE EM CHAMAS

 

Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, em chamas. Por Guilherme Silva | Jornalistas Livres

O Parque Nacional (Parna) da Chapada dos Guimarães está entre o 10 mais importantes parques nacionais do país. Além de ser marcado pela diversidade de relevo, o parque faz parte da bacia hidrográfica do Alto Paraguai, protegendo cabeceiras do rio Cuiabá, um dos principais formadores do Pantanal Matogrossense.

Mais sobre o parque no site da ICMBIO.

 

 

As queimadas na região Centro Oeste e na região da Amazônica tiveram início no mês de Agosto, mas foram notadas pela opinião pública a partir do dia 19, quando a cidade de São Paulo teve uma tarde apocalíptica, com o céu ficando escuro por conta da fumaça.

DIA DO FOGO

Investigações apontam para um crescimento abusivo e fora do normal, em regiões do Pará, em torno do dia 10 de Agosto. Já se sabe que mais de 70 pessoas – de Altamira e Novo Progresso – entre produtores rurais, comerciantes e grileiros, combinaram através de um grupo de whatsApp incendiar as margens da BR-163, rodovia que liga essa região do Pará aos portos fluviais do Rio Tapajós e ao Estado de Mato Grosso. A intenção deles era mostrar ao presidente Jair Bolsonaro que apoiam suas ideias de “afrouxar” a fiscalização do Ibama e quem sabe conseguir o perdão das multas pelas infrações cometidas ao Meio Ambiente.

O governo de Jair Bolsonaro se mostra inerte a solução do problema, inclusive criando incidentes diplomaticos, depois da enorme repercussão internacional.

Entre as ações inúmeras ações desastrosas para o meio ambiente, desde o começo do seu mandato, está o sucateamento sistematicamente de diversos órgãos de defesa do meio ambiente, entre eles o ICMBIO, responsável pela Unidades de Conservação em todo Território Nacional, assim como o IBAMA e até o INPE.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que negociou com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles:

“fazer uma limpa”

no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), segundo matéria de O GLOBO, de abril deste ano.

 

__________
colaborou Joana Brasileiro

 

COMENTÁRIOS

  • Então criminosos incendeiam florestas a fim de conseguir apoio do Bolsonaro… Que narrativa mais boçal. Onde o Bolsonaro disse apoiar essas queimadas? Por outro lado rola no twitter um vídeo flagrante em que florestas ardem em chamas diante de pessoas que só olham sem fazer nada (será que foram elas que atearam o fogo?) e pasmem um cinegrafista (daqueles que filmam longa-metragens) filma tudo. Está na cara que é um teatro armado para tentar incriminar o Bolsonaro. E os tontos caem nessa história, não atentando para o contexto mais amplo, de organismos e Estados que querem internacionalizar a Amazônia.

  • POSTS RELACIONADOS

    Censura NÃO! Cuiabá luta pelo direito de ensinar e aprender

    Enquanto berram nas redes por seu “direito” de mentir, ofender e ameaçar, grupos bolsonaristas contam com apoio explícito da Secretaria de Segurança para reprimir a liberdade de cátedra, constranger publicamente uma professora e “mandar recado” a quem não aceita a imposição reacionária

    >