Alter do Chão, paraíso amazônico, arde desde o último sábado

Imagens do incêndio em Alter do Chão

Desde sábado (14) grandes focos de incêndio se alastram por Alter do Chão, vila localizada no município de Santarém-PA, na margem direita do Rio Tapajós.

FOTO: EUGENIO SCANAVINNO

A região, que é terra do Povo Borari, abriga um tipo raro de vegetação: a Savana Amazônica (um tipo semelhante ao Cerrado). Com os fortes ventos e a vegetação seca, o fogo se alastra rapidamente. Considerada um “Caribe amazônico”, a vila é destino de turistas do mundo todo. Abriga, além de grande biodiversidade, um dos maiores aquíferos de água-doce do mundo, e dezenas de praias paradisíacas.

O fogo começou no entorno do Lago Verde, zona onde há conflito agrário e invasão de terras, se alastrando por mais de 26km, atingindo a comunidade Ponta de Pedras. A polícia civil vai investigar o caso; a suspeita é de incêndio criminoso.

Com a ineficiência do Estado para cuidar da região, os moradores de Alter decidiram se articular, e criaram, há dois anos,  a Brigada de Incêndio Florestal de Alter do Chão, um grupo voluntário de pessoas treinadas pelo corpo de bombeiros. Mais de 30 brigadistas estão atuando fortemente para combater o fogo. No entanto, a Brigada carece de mais equipamentos e pessoas para atuar.

Saiba como colaborar com a Brigada de Incêndio Florestal aqui.

COMENTÁRIOS

  • Estou com hotel reservado para Alter do Chão, diante deste desastre resolvemos não ir mais

  • POSTS RELACIONADOS

    >