O SUS e a pandemia em SC: hoje, rodada de entrevistas com candidatos à vereança

Quatro candidatos de Florianópolis, Itapema, Blumenau e Criciúma apresentam hoje, às 19h, propostas para saúde e educação

Jornalistas Livres realizam nesta terça-feira, dia 2 de novembro, das 19 às 20h30, a terceira rodada de entrevistas a candidatos e candidatas à vereança, dentro do quadro “Democracia e cidades: eleições em Santa Catarina”. As entrevistas focam candidatos e candidatas dentro do campo progressista, desta vez com ênfase para a atuação dos vereadores na defesa da saúde pública e no combate ao coronavírus. Ouvintes podem participar comentando e formulando perguntas que os candidatos poderão responder antes ou depois do programa.

Depois de duas rodadas de entrevistas com candidatos a vereadores da capital, o quadro vai entrevistar candidatos de quatro municípios do Sul, Norte e Vale do Itajaí com ênfase na pauta da saúde, educação e serviço público. Participam do quadro o médico Ricardo Baratieri (Barata), de Florianópolis, que representa oficialmente a candidatura coletiva Saúde Floripa, e se notabilizou na defesa do SUS; Luiz Costa, farmacêutico e professor universitário, candidato a vereador pelo PCdoB em Blumenau, defensor do SUS e da FURB; Prof. Willian (Meister), militante social, com atuação na área da educação, comunidades e meio ambiente de Itapema e Ju do Sindicato, candidata a vereadora pelo PDT em Criciúma, que tem atuação em defesa dos direitos do trabalhador do município, principalmente.

Conduzido pela jornalista Raquel Wandelli, o programa estreou no dia 20, com entrevista a cinco candidatos dos principais partidos que compõem a Frente Democrática por Florianópolis: Elenira Vilela (PT); Leonardo Contin (PCdoB); Margareth Hernandes (PSB); Tânia Ramos (PSoL) e Vanderlei Farias, o “Lela” (PDT). Os postulantes à Câmara de Vereadores  falaram sobre suas motivações para participar da política, abordaram a importância da formação da Frente no embate ideológico com o cenário político estadual e nacional; apresentaram seus projetos para a cidade e responderam questões sobre democracia e participação popular e fiscalização do poder público.

Na rodada seguinte foram entrevistados candidatos que com atuação reconhecida em questões das políticas públicas consideradas emergentes. Participaram Elisa Jorge, arquiteta e urbanista, que tem concentração na área do direito à moradia e no combate à violência policial contra moradores das periferias; Carla Ayres, espécie de embaixadora dos direitos LGBTI+ em Florianópolis e da representatividade da mulher na Câmara de Vereadores; Luciane Freitas, lutadora social do Movimento Negro Unificado e defensora das comunidades quilombolas e periféricas e Victor Gaspodini, um dos mais jovens candidatos a vereador, militante dos direitos estudantis e das causas da educação.

Um terceiro debate com candidatos da Frente em Florianópolis está marcado para o dia 6 de novembro e e outras entrevistas a candidatos a vereanças de diversos municípios do estado, privilegiando outras siglas serão realizadas até o dia 12 de novembro. Com esses quadros de entrevistas que compõem o programa geral “Eleições 2020: o que está em jogo”, os Jornalistas Livres pretendem contribuir para o processo democrático municipal em todo o Brasil.

Até o dia 12 de novembro, a equipe de profissionais dos JL de todo o país estará ajudando seu público a ter acesso a informações, posicionamentos ideológicos, projetos para a cidade e perfis políticos que o qualifiquem melhor para exercer o direito de escolha de seus candidatos. Acompanhe as entrevistas pelas plataformas dos Jornalistas Livres no Youtube, Facebook, Instagram e Twitter.

CANDIDATOS ENTREVISTADOS NESTA TERÇA-FEIRA (3 de novembro)

JU DO SINDICATO (Jucelia Vargas Vieira de Jesus) –  12004 – PDT

Professora de profissão, servidora da Prefeitura Municipal de Criciúma hã 33 anos. Diretora de escola de três estabelecimentos de ensino, foi secretária da mulher da CUT SC e presidenta da FETRAM SC . Hoje é presidenta do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Criciúma e Região (licenciada), membro da direção da CUT SC (licenciada), secretária geral da Confetam (licenciada). Representa o Brasil no Comitê de Combate ao Racismo e Xenofobia da ISP ( licenciada), formadora da CUT SC e vice presidente da ONG Mulheres Negras professora Maura Martins Vicência.

LUIZ COSTA 65170 – PCdoB

Farmacêutico e professor de Ética, Bioética, Saúde Comunitária e Estágios da FURB, de Blumenau. Conselheiro do Conselho Municipal de Saúde de Blumenau. Mestre em saúde pública e doutor em ensino na saúde. Experiência na Gestão da Saúde (SUS) como Diretor de Vigilância em Saúde em Blumenau entre 2001 e 2003 e coordenador de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde. Profissional Nacional da OPAS/BRA. Conselheiro do CRF/SC e Presidente do Sindicato dos Farmacêuticis de SC. Bandeiras principais: Defesa do SUS e garantia do acesso a medicamentos e exames. Cidade livre de agrotóxicos, agroecologia e alimentação orgânica. Defesa do acesso ao ensino superior com apoio a UFSC e FURB em Blumenau.

RICARDO BARATIERI – 13192 – PT

Médico, 68 anos, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, especialista em cirurgia digestiva, e professor aposentado da instituição. Foi vereador em Florianópolis por duas legislaturas (1988 a 1996) e Secretário de Saúde (1992/93) na administração popular do prefeito Sérgio Grando, quando participou da estruturação do SUS em Florianópolis, cuja defesa e fortalecimento é sua principal bandeira. O vereador representa oficialmente o Coletivo Saúde, formado pela psicóloga Lívia Fontana, o dentista Sylvio da Costa Jr, a enfermeira Laís Gisela Schneider, o enfermeiro Jorge Lorenzetti e o vice presidente do Conselho Municipal de Saúde Marcão Pinar.

Prof. WILLIAN – 13456 -PT

Morador da periferia de Itapema. Professor de escola pública, formado em Educação Física com passagem por História. Foi dirigente partidário estadual e municipal e agora constrói o Coletivo Marxista, organização política que forma militantes para atuação em movimentos sociais. Duas vezes candidato a prefeito de Itapema (2012 e 2016) e uma vez candidato a deputado estadual (2014). Milita pelo Direito à moradia; Defesa do magistério e da liberdade de cátedra; do serviço e do servidor público e pela preservação ambiental. Defende a reorganização das associações de moradores e dos conselhos comunitários como ferramentas de controle social e participação popular.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS