O fake news da melhora da economia em 2019

O percentual de brasileiros endividados bateu novo recorde e chegou a quase 66% e  representou o maior patamar desde 2010.

A mídia e o governo propagandearam um cenário otimista para o final de 2019, mas os números são muito ruins.

A saída  de dólares em 2019  foi de US$ 44,7 bilhões e foi a maior retirada de divisas desde 1998, ou seja a trinta e oito anos atrás. O fluxo comercial (balança comercial) foi positivo em US$ 17,7 bilhões e o fluxo financeiro (empresas) foi negativo em US$ 62,24 bilhões e nas bolsa de valores foi negativo em US$ 44,5 bilhões.

Maior Inflação em 17 anos para o mês de dezembro (1,15% ) e acima do centro da meta, o que não acontecia desde 2016.

O percentual de brasileiros endividados bateu novo recorde e chegou a quase 66% e  representou o maior patamar desde 2010 , mas os número são preocupantes, visto que o percentual dos muitos endividados subiu de 12,4% para 14%.

A indústria brasileira teve o pior  novembro em 4 anos e recuou 1,5%, que representou a maior  queda desde 2015.E 16 dos 26 setores econômicos sofreram queda, com destaque para: produtos alimentícios (-3,3%), veículos (4,4%), indústria extrativa (-1,7%).

Queda da balança comercial de US$ 15 bilhões de dólares.

OAB entra na justiça contra a taxa do cheque e os servidores  públicos federais preparam greve geral em março, contra as maldades do desgoverno.

Categorias
DestaquesEconomia
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish

Relacionado com