O dente da onça

.

Onça, bicho de respeito.

Sei por medo ou pura adoração, feroz

vontade e fome.

.

É tempo de fogo.

História? Seu ciclo, morte.

Renascimento?

, ilusão, fé, átomo, ferro na calçada

aviso.

Preciso movimento,

morde, suga.

A Terra muda o eixo e a luz sua incidência.

Há degelo, novas sombras, um conjugar do verbo

onde ir.

Desobediência, carências, guerra comercial?

Será sede, desassossego.

Categorias
crônica
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta