NOVO VÍDEO MOSTRA QUE MAIS DE 10 HOMENS FORAM PRA CIMA DA MULHER NA AV. PAULISTA

Mulher atacada por fascistas na Av. Paulista diz que só queria trabalhar

 

Um novo vídeo conseguido com exclusividade pelos Jornalistas Livres mostra como a agressão a jovem Elô começou. Indo para o trabalho, Elô e Kim atravessavam a manifestação dos fascistas contra o STF, na Av. Paulista, quando Kim fez o sinal do “dedo do meio” para a fala de Isabela Trevisan, mulher que na semana passada estava armada com um taser em outra manifestação.

 

O fascista de gorro preto, ainda não identificado, dá uma voadora no jovem, o derruba no chão e o imobiliza com uma chave de braço. Vários outros homens cercavam o rapaz prensado no chão quando Elô tenta tirar o amigo daquela situação. Neste momento mais de 10 homens vão pra cima dela e começam a empurra-la, até que Francisco Medeiros, Jaderson Soares Santana e Eliezer Caldeira Paiva, os 3 fascistas que estampam a foto e que já foram identificados, aparecem.

 

No vídeo abaixo é possível ver as agressões:

Veja abaixo uma entrevista EXCLUSIVA com Elô e Kim. Eles contam detalhes das agressões e fazem um pedido a população brasileira.

Categorias
Destaquesfascismo
20 comentários:
  • Luh Souza
    11 abril 2019 at 2:14
    Comente

    Em pensar que os 3 idosos que bateram na Eloisa são gays e o cara de preto que derrubou o Kim é negro, uma ironia. Parece um vírus poderoso que anda infectado quem deveria estar combatendo.

  • Edilson Matias Guedes
    11 abril 2019 at 5:12
    Comente

    Interessante vê os PMS de braços cruzados.uns tchutchus pra os agradsores

  • Obviedades Generalistas (@GADOBR)
    11 abril 2019 at 6:36
    Comente

    Isabella Trevisani ou Isabella Trevisan ?

  • Inácio da Silva
    11 abril 2019 at 7:03
    Comente

    Experimente mostrar dedo do meio numa manifestação petista…quanta hipocrisia…

  • Letícia Souza
    11 abril 2019 at 7:10
    Comente

    Agressões de nenhum lado se justifica. Se é de esquerda ou direita não justifica.

  • Luiz Carlos P. Oliveira
    11 abril 2019 at 7:31
    Comente

    Um bando de vagabundos atacando dois trabalhadores.

  • Sandra Inez
    11 abril 2019 at 7:33
    Comente

    Hipocrisia não Inácio! Qualquer agressão desse tipo é selvageria! As pessoas não estão sendo capazes de se ouvir mais., de ter empatia, se vêem no direito de se julgar superior! Não são capazes de olhar para as minorias!

  • RICARDO AUGUSTO FERRARIS FERNANDES
    11 abril 2019 at 8:18
    Comente

    Mas porquê provocar,passe reto!!!!Se fosse ao contrário como já aconteceu, também houveram agressões!!!! Democracia é isso!!!!Agora vivemos essa crise de que é ou não é!!!!Exageros são cometidos….tanto pela direita,como pela esquerda.

  • Luanitta Souza
    11 abril 2019 at 8:54
    Comente

    Fascistas uma ova!!!!!!! O povo quer justiça!!! Chega de corrupção!!!!

  • Sonia
    11 abril 2019 at 9:20
    Comente

    Canalhas descerebrados!

  • Elem Malheiros Toniolo Dutra
    11 abril 2019 at 9:30
    Comente

    Abriram a caixa de Pandora e esses monstros espumando ódio estão soltos pra “morder” os seus contrários.

  • João Galinha
    11 abril 2019 at 12:09
    Comente

    Mais outro fascista

  • José Carlos Ferreira
    11 abril 2019 at 14:13
    Comente

    Nada justifica as agressões! Votei no Bolsonaro, mas isso não me dá.o.direito de.agredir ninguém, e quanto a narrativa que a esquerda é agressiva, se.ei que sou contra a esquerda não me da o direito de fazer o mesmo, temos que mostrar qu somos diferentes não podemos revidar manifestaçao, se revisamos é porque somos piores do aqueles que nos opoe. Vencemos com paz e não com violeviol

  • Diogo Lima
    11 abril 2019 at 14:27
    Comente

    O mais bizarro é que a cidadã que falava ao microfone é declaradamente fascista! Que mundo é esse onde damos voz a pessoas assim? Onde uma corja de acéfalos a segue e sai agredindo os outros por aí? O que fizemos com nosso Brasil??

  • Renato
    11 abril 2019 at 17:20
    Comente

    Covardes, como todos fascistas. Covardes e canalhas que não raciocinam, apenas replicam discursos de ódio e vazios de conteúdo, com temas superficiais baseados em lógicas insanas e idiotizadas pela direita xucra que assumiu o poder.

  • M. Morais
    11 abril 2019 at 18:49
    Comente

    O fascista de gorro preto é Leandro Mohalem, o mesmo que diz que foi agredido na manifestação em 31 de março/2019. Na manifestação ele estava com Isabella Trevisani na Av. Paulista. No vídeo que ele aparece com a camisa supostamente suja de “sangue” ele está acompanhado da Carla Zambelli.

  • Rinaldo
    12 abril 2019 at 10:18
    Comente

    Covardes!

  • Benedito r de s filho
    12 abril 2019 at 19:18
    Comente

    Esses fascistas estão reclamando de alguém apontar o dedo do meio?Na caravana de Lula lançaram ovos, pedras,tiros. O acampamento de Lula em Curitiba foi invadido,todos xingados… Um delegado da polícia federal invadiu o acampamento, deu tiros.

  • João Carlos
    17 abril 2019 at 4:47
    Comente

    O homem agredido em frente ao Instituto Lula , em São Paulo, na noite desta quinta-feira, sofreu traumatismo craniano, de acordo com o boletim médico da manhã desta sexta. Ele foi andando até hospital São Camilo, que fica do outro lado da rua, onde está internado, após ser empurrado e bater com a cabeça em um caminhão que passava pela rua.

  • Camila
    19 maio 2019 at 20:13
    Comente

    Vocês estão hipnotizados, falando sem se ouvir.. acordem.. não muda ficar discutindo essas coisas, parece um bando de gravadores repetindo as mesmas coisas como se tivessem decorado um discurso tanto de direita como de esquerda.. comece por coisas mais fáceis, participe da sua associação de bairro, fiscalize sua prefeitura.. ongs de controle de gestão já conseguiram melhorar várias cidades.. mude as cidades e será mais fácil mudar o país.. não fique hipnotizado repetindo, não tem salvador, nem Lula nem Bolsonaro, depende de nós e da nossa capacidade de nós unirmos

  • Deixe uma resposta