Incêndio criminoso atinge Favela do Cimento, em São Paulo

Um grande incêndio atinge agora a Favela do Cimento na Radial Leste, onde uma reintegração de posse estava marcada para amanhã de manhã, dia 24. Segundo o Padre Júlio, a Juíza Maria Gabriella Pavlópoulos Spaolonzi deu apenas uma semana para que as 500 pessoas deixassem suas casas. Durante todo o dia ele ligou diretamente para o Secretário da Assistência Social, José Castro, que não compareceu na ocupação, mas enviou agentes da Assistência Social no final da tarde de hoje, por volta das 16h.
Pouco tempo depois da saída dos agentes a GCM, Guarda Civil Metropolitana, chegou pelo outro lado da ocupação, local onde, minutos depois, o fogo começou. Todos os moradores perderam seus pertences. Durante a tarde 2 caminhões estiveram na ocupação para levar os pertences dos moradores para o deposito municipal, mas partiram antes das 17h, deixando centenas de moradores sem ter como retirar suas coisas.
Neste momento estão no incêndio a ROTA, Choque e Força Tática. Ainda não se sabe por que, a GCM chegou hoje no fim da tarde, depois que a assistência social havia se retirado. A Radial Leste é uma das principais avenidas que ligam a Zona Leste ao centro da cidade. Na Favela vivem famílias inteiras jogadas nas rua vítimas do desemprego e do desespero.
“Em cima desse povo só tem maldade” -Juliana Hashimoto – advogada voluntária da Pastoral do Povo da Rua.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS