EXCLUSIVO: Secretário da cultura de Bolsonaro copia Goebbels em discurso

Roberto Alvim, em pronunciamento com plágio de Joseph Goebbels
Roberto Alvim, em pronunciamento com plágio de Joseph Goebbels

Em vídeo que anuncia um programa de fomento às artes, nos moldes conservadores característicos do atual governo, o Secretário Especial de Cultura Roberto Alvim citou quase ipsis literis uma frase famosa de Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda da Alemanha Nazista.

A citação está no texto do livro “Joseph Goebbels, Uma Biografia”, de Peter Longerich, publicado no Brasil pela editora Objetiva.

 

 

“A arte brasileira da próxima década será heróica e será nacional, será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional, e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes do nosso povo – ou então não será nada.”

(Roberto Alvim, Secretário Especial de Cultura do Governo Bolsonaro)

“A arte alemã da próxima década será heróica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada.”

(Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda de Hitler)

 

 

VEJA O VÍDEO QUE DERRUBOU ROBERTO ALVIM:

 

 

 

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Hoje Maria Marighella é a entrevistada no Programa JORNALISTAS LIVRES ENTREVISTA. Atriz, mãe, militante e produtora cultural. Herdeira de uma família de tradição militante. Maria