O ministro xerox

Alexandre de Moraes plagia jurista espanhol também no livro "Direito Constitucional"

Alexandre de Moraes pensando

Por Beto Melo, especial para os Jornalistas Livres

Capa livro Direito Constitucional, de Alexandre de Moraes: mais plágio

No mundo intelectual e acadêmico, não há crime pior do que plagiar. É o equivalente a latrocínio ou estupro no direito criminal: crime hediondo. A pena é capital: o sujeito perde o título, o emprego e a reputação, com todas as desonras possíveis. Se for catedrático, perde a cadeira e não tem mais onde sentar.

Muito bem. Os Jornalistas Livres nos brindou com essa delícia: o ministro Alexandre de Moraes, prestes a assumir uma vaga no Supremo, não passa de um máquina de xerox intelectual.

É uma delícia porque virou uma “verdade alternativa” dizer o seguinte: “O cara é um mau secretário, um péssimo ministro, um político horrendo, MAS… é um constitucionalista de primeira! Um jurista espetacular! Um grande professor!”

Essa última máscara caiu por terra com a descoberta de que o sujeito plagiou o jurista espanhol Rubio Llorente pelo menos em três trechos em seu livro “Direitos Humanos Fundamentais” (Moraes esqueceu de acrescentar o direito fundamental de plagiar, mas deixa para lá).

Como o criminoso sempre volta ao local do crime, o fato é que os mesmos trechos também aparecem em outro livro de Moraes: “Direito Constitucional”, que já está na 32a. edição (a primeira foi em 1996; custa R$ 188,09 nas melhores livrarias). São os mesmos trechos, as mesmas palavras, a mesma ausência de aspas.

Se fosse num seriado do tipo “Criminal Minds”, seria a mesma impressão digital.

Para ser membro do Supremo, há poucas exigências. Duas delas são ter notável saber jurídico e reputação ilibada. Plagiar derruba as duas numa tacada só..

Aqui, neste link, vc pode conferir a “obra” de Alexandre de Moraes:

DIREITO_CONSTITUCIONAL (1)

Categorias
DestaquesGolpePolítica
3 comentários:
  • Luiz Carlos P. Oliveira
    9 fevereiro 2017 at 18:26
    Comente

    Meu comentário: MORAES É UM EMBUSTE.

  • nicholasdaviesblog
    9 fevereiro 2017 at 20:59
    Comente

    Seria fundamental que a matéria citasse os trechos plagiados.

  • L’Amie
    9 fevereiro 2017 at 22:10
    Comente

    Seu dedo obstrui a fossa nasal para que as fezes mentais não desçam e manchem o ilibado terno.

  • Deixe uma resposta

    AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish