A tragédia da ditadura e a maluquice dos intervencionistas

Por Emílio Rodriguez e Guilherme Silva Foto Vangli Figueiredo Andar com uma bandeira do Brasil não te faz patriota, pois defender o Brasil é lutar para preservar nossas riquezas, nosso...

Por Emílio Rodriguez e Guilherme Silva
Foto Vangli Figueiredo

Andar com uma bandeira do Brasil não te faz patriota, pois defender o Brasil é lutar para preservar nossas riquezas, nosso patrimônio, lutar contra a privatização, lutar pela redução da desigualdade entre os brasileiros e por uma vida digna para todos.

Há dois anos os intervencionistas estavam nas ruas pedindo a subida de Temer ao poder e agora dizem na maior cara de pau que querem limpar o país da corrupção. Eles são responsáveis pelo golpe , pela destruição de direitos do povo, venda do nosso patrimônio, aumento da desigualdade, ou seja, pela destruição de nosso país.
E até o comandante do exercito já classificou os intervencionistas como malucos. E recentemente um dos líderes dos caminhoneiros afirmou que os grevistas estão furiosos com os que defendem estas ideias.

A volta a ditadura militar seria condenar milhares a morte, tal como documentos recentes mostram que o Estado mandou matar brasileiros pelo crime de defender a democracia. Homens e mulheres de bem foram perseguidos, mortos, famílias foram destruídas.

A corrupção como mostram documentos históricos rolava solta e havia censura na imprensa que impedia a publicação destes escândalos. Tudo era abafado e a Rede Globo dizia para o povo que este era o país das mil maravilhas. E a dívida atual do Brasil é em grande medida responsabilidade da ditadura que financiou inúmeras obras faraônicas que fizeram a festa dos “amigos”.

Estas manifestações pela intervenção militar são crime previsto na Constituição, mas a polícia e a “justiça” neste país fingem não ver. Já imaginou se um movimento de esquerda começar a defender a guerrilha e o levante armado, aí com certeza seriam presos.

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.

Categorias
Direitos Humanos

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.
3 comentários:
  • Karina
    3 junho 2018 at 0:06
    Comente

    Têm medo da democracia.

  • Marcos Arruda
    4 junho 2018 at 21:32
    Comente

    A ficção de um movimento de esquerda pedindo guerrilha e levante armado pode ser “melhorada” imaginando-se um movimento pedindo uma intervenção “do povo armado criando uma ditadura do proletariado”. Iriam ataca-los com paus, pedras e forca, dizendo que eram financiados pela China ou por qualquer outra “potência comunista”. Acontece que os movimentos de direita atuais, como o MBL (codinome do Students for Liberty – vejam no google), SÃO FINANCIADOS POR UMA POTÊNCIA ESTRANGEIRA, O IMPÉRIO E.U.A. E o governo deixa e incentiva, perseguindo só o Lula, o PT e um ou outro coringa para fingir que irá atrás de outros corruptos. E OS EMPRESÁRIOS E BANQUEIROS CORRUPTORES, INCLUSIVE OS ESTRANGEIROS? A Lava Jato ataca as empreiteiras de base brasileira, sem tocar nas transnacionais corruptoras, e assim abre “o mercado” infraestrutural e imobiliário brasileiro para capitais externos… Podres poderes, vendendo ou presenteando o Brasil pro capital estrangeiro… Criminosos contra a soberania nacional!!! E o Judiciário? E as FFAA, supostas de defender a soberania e o território nacional?…

  • rato coisa
    5 junho 2018 at 6:04
    Comente

    Uai, não entendi? Jornalistas livres? Vcs são esquerdistas assumidos!!! Jornalistas vinculados. Decepção.

  • Deixe uma resposta

    AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish