A Luz e a Cracolândia – O Plano de Higienização

Por Arnobio Rocha A situação da região se agravou com a prefeitura retirando equipamentos da rede ATENDE, uma forma de expulsar “voluntariamente” os moradores para atendimentos mais longes e...

Representantes da Defensoria Pública colhendo depoimentos após as denúncias de abusos

Por Arnobio Rocha

A situação da região se agravou com a prefeitura retirando equipamentos da rede ATENDE, uma forma de expulsar “voluntariamente” os moradores para atendimentos mais longes e que obriguem o deslocamento dos moradores, sem dinheiro e sem condições como fariam?.

O plano é “limpar” a área, para especulação imobiliária tomar de conta. A Craco é um “problema”, os desvalidos, a sujeira, as drogas, tudo atrapalha e a solução é o uso da força e da repressão,

Entretanto, o plano higiênico é maior que a expulsão dos indesejados visíveis. As moradias, pousadas, hotéis baratos e pequenos bares, serão varridos, a “revitalização” não admitirá convivência com pobres,pretos e pretas, prostitutas muito menos com “nóias”, “zumbis”, os que não são mais vistos como HUMANOS.

Aqui é onde entram os Direitos Humanos, a questão central é defender o cidadão, não importando sua situação precária e/ou miserável, eles não podem ser simplesmente varridos da cena.

A Operação policial hoje, 22.08.2019, foi de prisões e fechamento dos pequenas hospedarias, hotéis e de estabelecimentos “suspeitos”. É parte da limpeza geral, o mote: Guerra às Drogas!

Arnobio Rocha – Núcleo de Ações Emergenciais e de Defesa dos Direitos Ameaçados

Categorias
Geral
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta