A Luz e a Cracolândia – O Plano de Higienização

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Por Arnobio Rocha

A situação da região se agravou com a prefeitura retirando equipamentos da rede ATENDE, uma forma de expulsar “voluntariamente” os moradores para atendimentos mais longes e que obriguem o deslocamento dos moradores, sem dinheiro e sem condições como fariam?.

O plano é “limpar” a área, para especulação imobiliária tomar de conta. A Craco é um “problema”, os desvalidos, a sujeira, as drogas, tudo atrapalha e a solução é o uso da força e da repressão,

Entretanto, o plano higiênico é maior que a expulsão dos indesejados visíveis. As moradias, pousadas, hotéis baratos e pequenos bares, serão varridos, a “revitalização” não admitirá convivência com pobres,pretos e pretas, prostitutas muito menos com “nóias”, “zumbis”, os que não são mais vistos como HUMANOS.

Aqui é onde entram os Direitos Humanos, a questão central é defender o cidadão, não importando sua situação precária e/ou miserável, eles não podem ser simplesmente varridos da cena.

A Operação policial hoje, 22.08.2019, foi de prisões e fechamento dos pequenas hospedarias, hotéis e de estabelecimentos “suspeitos”. É parte da limpeza geral, o mote: Guerra às Drogas!

Arnobio Rocha – Núcleo de Ações Emergenciais e de Defesa dos Direitos Ameaçados

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>