Diário do Bolso: Queiroz e a casa de papel

O Queiroz era amigo de fazer xixi cruzado. Não, mais que isso! Era amigo de fazer xixi cruzado e de olhos fechados, porque a gente sabia que um não ia respingar no outro.

Diário do Bolso: o gado e o rei da rachadinha

Diário, hoje saiu o segundo capítulo da novelinha do UOL sobre mim. Só não sei se ela está mais para “O rei do Gado” ou pra “Que rei sou eu?”. Vai ver o certo é juntar as duas e chamar a novela de: “Que rei do gado sou eu?”

Diário do Bolso: descobriram sou o 01 da rachadinha

A Andrea, minha ex-cunhada, me ferrou bonito. Pior que ex-mulher, só parente de ex-mulher. Por exemplo, o André, meu ex-cunhado, só me devolvia R$ 2 mil, R$ 3 mil do salário. Mas o combinado era R$ 6 mil! Trato é trato, talkei?O cara me engana e eu é que sou larápio?

Diário do Bolso: Foice Hasselmann e a facada fake?

A Foice Hasselmann também falou que o Flavinho não teria dinheiro honesto pra comprar aquela casa dele lá em Brasília. E, pior, disse que eu disse durante a campanha presidencial que, se eu levasse uma facada, ganhava a eleição. E contou que foi tudo estranho naquele dia: ela e o Bebianno não foram convidados pro comício, tinha menos gente fazendo a minha proteção, etc…

Diário do Bolso: contra a corrupção dos outros

Depois teve o treco lá do Alexandre de Moraes (que eu chamo de Alexandre Sem Morais). Ele encerrou um inquérito mas abriu outro igual. O cara quer investigar principalmente o Dudu e o Carluxo. Pô, perseguir grupos antidemocráticos é antidemocrático!

Diário do Bolso: tirar máscara de criança

Diário, não espalha, mas minha nova diversão é tirar máscara de criança em aglomeração. Só ontem foram duas, kkk! Por que só velho que tem que morrer de covid. Vamos democratizar esse negócio.