Luta antimanicomial ganha Frente Estadual na Assembleia Legislativa de SP

A Frente Estadual Antimanicomial São Paulo (Feasp) em suas origens fez em 2012 seu primeiro #OcupeAlesp

ACONTECE AGORA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SP A OCUPE ALESP

#LUTAANTIMANICOMIAL 

A Frente Estadual Antimanicomial São Paulo (Feasp) em suas origens fez em 2012 seu primeiro #OcupeAlesp

Na época a luta era contra as ações do governo do estado de São Paulo, hoje a luta é maior, mas os ativistas da causa continuam cada vez mais fortes e convictos de suas lutas e de direitos. A iniciativa é da deputada Beth Sahão (PT-SP). Veja imagens da atividade que acontece no Parlamento paulista. 

A Frente Estadual Antimanicomial São Paulo, em suas origens fez, em 2012 seu primeiro #OcupeAlesp. Na época a luta era contra as ações do governo do estado de São Paulo, hoje a luta é maior, mas aprendemos e continuamos cada vez mais fortes e convictos de nossa luta e de nossos direitos.

Com o grito “que o manicômio saia da presidência da República”, os movimentos antimanicomiais falam do abismo e retrocesso que caracterizam o projeto instalado no nosso país. Diz a Carta da Frente Parlamentar Estadual de Luta Antimanicomial, Drogas e Direitos Humanos:
“O manicômio é expressão de uma estrutura, presente nos diversos mecanismos de opressão desse tipo de sociedade. A opressão nas fábricas, nas instituições de adolescentes, nos cárceres, a discriminação contra negros, LGBTI+, índios, mulheres. Lutar pelos direitos de cidadania dos ditos “Loucos” ou “Drogados” significa incorporar-se à luta de todos os trabalhadores por seus direitos mínimos à saúde, justiça e melhores condições de vida.”

A transmissão ao vivo é da repórter Cecilia Bacha, dos Jornalistas Livres 

Categorias
DestaquesDiário da Alesp