Em mais um crime, Bolsonaro divulga falsa cura para o Coronavírus

Fala em vídeo gravada pelos filhos e divulgada pelas redes sociais da familícia levou a corrida às farmácias e fim de estoques de medicamento essencial para outras doenças

O que falta para a interdição do fascista que ocupa a presidência da república (em caixa baixa porque nesse momento não merece as maiúsculas)?

Essa tarde, o irresponsável eleito em 2018 divulgou um vídeo em suas redes sociais falando sobre o mesmo remédio que outro irresponsável, o presidente dos EUA, Donald Trump, está anunciando como se fosse a solução da epidemia. “Tenhamos fé que brevemente ficaremos livres desse vírus”, disse, criminosamente, Jair Bolsonaro. Acontece que o tal medicamento “milagroso”, à base da hidroxicloroquina, é essencial no tratamento de malária, lúpus, artrite e outras doenças, sendo necessário para uso contínuo em determinados pacientes, que já não o encontram nas farmácias.

Mas a loucura não para por aí. Não há ainda estudos que comprovem a eficácia dessa medicação contra a Covid-19. No vídeo, intitulado “Hospital Albert Einstein e a possível cura dos pacientes com Covid-19”, o insano diz que ordenou ao exército que produza o medicamento como resultado de pesquisas do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Contudo, apesar de dizer que foi assinado um “protocolo de pesquisa”, ele não informa a população que esse tipo de atividade pode levar meses ou mesmo anos até que se tenha uma ideia mais clara se o remédio é realmente efetivo ou não. O próprio Hospital Albert Einstein esclareceu esse ponto durante a tarde em nota à imprensa e o Conselho Nacional de Justiça repassou a juízes em todo o Brasil um estudo do Hospital Sírio Libanês, concluindo que a eficácia do remédio é incerta, para amparar os tribunais no caso de pedidos de liminares para compra.

A insensatez e falta de comando na presidência é tão grande, que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, órgão supostamente subordinado ao Ministério da Saúde, foi obrigada a desmentir o maluco. Pior, o secretário-executivo da pasta, João Gabbardo, teve de fazer um pronunciamento, difundido pelas redes de TV, para dizer que a Anvisa estava bloqueando a comercialização sem receita do medicamento. “Ninguém vai poder tirar da farmácia para guardar para usar contra o coronavírus. Primeiro, esse medicamento tem uma série de efeitos colaterais graves. Obviamente ele só pode ser usados com prescrição médica e o paciente tendo consciência do risco que ele tem.”

O fato é que a Presidência do Brasil está vaga. Não há um comando nacional nem uma articulação entre os órgãos federais de governo em nenhum nível. A prova é a imagem que abre essa matéria. Com o Secretário de Comunicação do Planalto doente de Covid-19, o primeiro dos 23 contaminados na comitiva que fez a visita oficial a Trump há duas semanas, o vídeo divulgado nas redes sociais da familícia foi gravado nos jardins da residência oficial, pelos filhos do sujeito. De bermudas e sandálias, com os rebentos sem camisa e nenhuma proteção contra o vírus à vista, todos se divertiam no sol enquanto provavelmente se preparavam para a festinha de aniversário do imbecil que a essa hora deve estar desrespeitando todas as recomendações da Organização Mundial de Saúde e de seu próprio ministério.

Nenhuma palavra de consolo às famílias dos quase 20 brasileiros mortos pela Covid-19 nos últimos dias. Nenhuma recomendação de isolamento e proteção individual ao restante da população. Nenhuma orientação sobre articulação entre os poderes e os governos estaduais e municipais para o enfrentamento da pior pandemia global desde Gripe Espanhola, em 1918. O que falta para a interdição do fascista que ocupa a presidência da república?

Categorias
#EleNãoArtigoDestaquesDireitos HumanosFake NewsGeralPolítica
9 comentários:
  • Dinei Rinaldi
    21 março 2020 at 22:46
    Comente

    como fazemos pra derrubar essa besta já?

  • Ana Maria Silveira
    22 março 2020 at 7:47
    Comente

    Porque ainda estamos aturando esse apedeuta , irresponsável, criminoso?
    Quem tem competência já não entrou pedindo impeachment desse coiso?

  • Fabio
    22 março 2020 at 13:43
    Comente

    O Presidente disse que:
    1- Os pesquisadores Albert Einstein informaram que estão iniciando o protocolo para pesquisar se a tal Cloro-Quina é eficiente contra o Covid-19.
    2- Ele solicitou ao Ministro da Defesa que o laboratório do exército ajude a ampliar a produção deste medicamento
    3- Que o presidente a ANVISA decidiu que a Cloro-Quina não será vendida para outros países, pois é necessária aqui para outras doenças como a Malária, Lúpus e Artrite.

    Em nenhum momento ele está afirmando que já existe cura.
    Posso pedir o impeachment deste fake-blog por mentir?

    • Vinicius Souza
      22 março 2020 at 21:49
      Comente

      Você realmente não tem ideia do peso da palavra de um presidente e nem o que significa um protocolo de pesquisa. Quando alguém nessa posição diz que o remédio é “a possível cura”, ele compromete a vida de quem precisa do medicamento HOJE. Isso é crime contra a saúde pública. O remédio era encontrado facilmente nas farmácias, mas agora está em falta e por isso a Anvisa teve de mudar o procedimento e exigir a retenção da receita. Pessoas com lúpus, que é uma doença que baixa a imunidade, terão de voltar aos médicos, o que é extremamente perigoso nesse momento, para mudar a receita. Tem gente que pode morrer por causa disso. Nesse momento, o que salva de fato vidas, e está comprovado em todo mundo, é o isolamento social. Você viu o presidente falar alguma coisa a esse respeito?

  • Sergio Henrique
    22 março 2020 at 14:52
    Comente

    Mais uma fake news desse despreparado que ocupa a cadeira da presidência. Como não é possível manifestacao em rua, q seja divulgado virtualmente ao máximo. E que os panelaços continuem.

  • Sergio Henrique
    22 março 2020 at 14:53
    Comente

    Por ora, difundir virtualmente e fazer panelaços.

  • Vinicius Souza
    22 março 2020 at 21:33
    Comente

    É exatamente ESSE o momento da política. Da boa política. Da Política com P maiúsculo, tudo o que esse cara não faz.

  • sergio andrade gomes
    23 março 2020 at 1:57
    Comente
    • Vinicius Souza
      23 março 2020 at 15:03
      Comente

      Você realmente não tem ideia do peso da palavra de um presidente e nem o que significa um protocolo de pesquisa. Quando alguém nessa posição diz que o remédio é “a possível cura”, ele compromete a vida de quem precisa do medicamento HOJE. Isso é crime contra a saúde pública. O remédio era encontrado facilmente nas farmácias, mas agora está em falta e por isso a Anvisa teve de mudar o procedimento e exigir a retenção da receita. Pessoas com lúpus, que é uma doença que baixa a imunidade, terão de voltar aos médicos, o que é extremamente perigoso nesse momento, para mudar a receita. Tem gente que pode morrer por causa disso. Nesse momento, o que salva de fato vidas, e está comprovado em todo mundo, é o isolamento social. Você viu o presidente falar alguma coisa a esse respeito?

    Deixe uma resposta

    AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish

    Relacionado com