Desgoverno: nos dois primeiros meses gasto com Saúde sofre redução de R$ 4,6 bilhões

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Pensa nisso!!! Discute as novidades do dia: as derrotas que Bolsonaro sofreu na justiça, a ineficácia das medidas econômicas do desgoverno e a redução de gastos na saúde e educação nos dois primeiros meses de 2020 comparado com o mesmo período de 2019.

Relatório da execução orçamentária do desgoverno aponta que nos dois primeiros meses de 2020 foi aplicado R$ 12,61 bilhões no gasto constitucional com a Saúde e no mesmo período do ano passado foi de R$ 17,27 bilhões, ou seja, menos R$ 4,66 bilhões.
Frente ao gasto previsto este percentual foi de apenas 10,4%, sendo inferior a 2019 (14,7%) e menor percentual desde 2014 (12,7%).
Esta informação desmente narrativa de Bolsonaro no pronunciamento a nação que tomou medidas contra o coronavírus desde fevereiro, quando retirou brasileiros da China. Isto mostra que o desgoverno age de forma lenta no combate ao vírus e a mesma crítica em sido feita em relação as medidas econômicas.


No gasto constitucional com a educação, a situação é semelhante, nos dois primeiros meses de 2020 o gasto foi de R$ 8,31 bilhões e no mesmo período de 2019 alcançou R$ 8,8 bilhões, uma diferença a menos de R$ 490 milhões.E este foi o menor percentual de gasto desde 2015 (18,7%).

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>