DEMOCRACIA CORINTHIANA CONTRA O GOLPE

No ato de ontem (31 de Março), o Coletivo Democracia Corinthiana chamou a torcida para participarem “como corinthianos e como cidadãos”. Estavam presentes nomes históricos ligados à Democracia Corinthiana, como o ex-jogador Wladimir dos Santos, o jornalista Antonio Carlos Fon e um dos fundadores da Gaviões da Fiel, Chico Malfitani.

O grupo se reuniu na Praça da Liberdade e partiu em direção à Praça da Sé, onde foi calorosamente recebido pelos manifestantes que já estavam ali. Entre cantos clássicos da torcida corinthiana e gritos de “Não vai ter golpe!”, os torcedores também lembraram do escândalo da merenda escolar na rede estadual de ensino de São Paulo. O deputado estadual Fernando Capez (PSDB) é um dos acusados de participar de um esquema de desvio de verba da merenda. A Gaviões da Fiel tem apoiado as manifestações de estudantes junto à assembléia legislativa do estado pela abertura de uma CPI para investigar o caso.

#NaoVaiTerGolpe #BrasilContraOGolpe #DemocraciaCorinthiana

 

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

A cor do golpe

Os discursos de ódio a conta gota, institucionalizaram-se. Eles destilam o ódio a negros, mulheres, LGBTIQIA+, nordestinos e pcd’s.

Democracia para sempre

Em seu primeiro discurso como presidente da república pela terceira vez, Lula destaca seu compromisso com a democracia