CORRA. PARE.

Em beira de rio ou em rua seca de agreste, crianças correm. Crianças nascem para correr, vi sempre em todo lugar.

 

São dias de buraco de bala, tiros na lata e na pele, metais pesados caídos nas águas e portos. Tudo denuncia a palavra TÓXICO nesse momento.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Arrancam bauxita e ferro da terra, devolvem pras águas o que não presta.

 

Ouvi dizer que o mundo tá invertido. De fato está mesmo. A realidade depende de mapas e verdades criadas.

O mundo é cordel.

De Ronaldo, o Fraga: que tal começarmos o dia falando em amor, transgressão e liberdade? Refletir sobre Lou Salomé, o grande e talvez único amor de Nietzsche, pode ser um bom início. Intelectual e psicanalista alemã nascida na Rússia imperial , foi uma bela mulher que escandalizou a sociedade e quebrou regras morais. A maior parte da obra de Lou é pouco conhecida no Brasil e ainda não possui traduçao para o português. Feminista a frente do seu tempo foi amiga intima de pensadores distintos , de Freud á Rainer Maria Rilke. Na imagem, o triângulo amoroso entre ela , Paul Rée e Friedrich Nietzsche. “ Ouse, ouse …tudo!! Não tenha necessidade de nada! Não tente adequar sua vida a modelos, nem queira vc mesmo ser modelo para ninguém. Não defenda nenhum principio , mas algo que está entre nós e que queima como o fogo da vida. “ Lou Andreas-Salomé.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornalistas Livres

COMENTÁRIOS

  • POSTS RELACIONADOS

    Armar ou amar a pátria?

    Fatos do dia a dia, notícias e vídeos surpreendentes me trazem à mente questões diversas. É  numa nuvem de terra vermelha ou numa tarde suja

    Emancipação humana é possível?

    Por Gilvander Moreira1 Emancipação humana não se trata apenas da relação entre religião e emancipação política. Não basta a desalienação religiosa para o ser humano

    >