Congresso na Espanha discute agroecologia

Evento acontece nos dias 30 e 31 de maio e 1º de junho

Por Beatriz Stamato

O VII CONGRESSO INTERNACIONAL DE AGROECOLOGIA se realizará em Córdoba – Espanha, 30 e 31 de maio e 1 de junho de 2018. É um evento organizado pelo Instituto de Sociologia e Estudos Camponês (ISEC) – Universidade de Córdoba, Grupo de Pesquisa em Economia Ecológica e Agroecologia – Universidade de Vigo, Observatório da Soberania Alimentar e Agroecologia (OSALA). Sua temática central será “AGROECOLOGIA E SOBERANIA ALIMENTAR: (re)politização dos sistemas agro-alimentares”.

Um evento como esse vem ao encontro da necessidade urgente de construirmos conhecimentos para o enfrentamento das crises ambientais, políticas e sociais. Tempos onde alimentos, terras e biodiversidade são acumulados e governados por um mercado globalizado. A agroecologia, como paradigma científico e como filosofia de ação, pertence ao campo de alternativas para construir outros mundos: mais sustentáveis, mais justos, mais próximos de uma soberania alimentar real.

O Evento correrá na Espanha, epicentro de acúmulos teóricos-científicos sobre Agroecologia e local onde se encontra o Instituto de Sociologia e Estudos Camponês (ISEC) da Universidade de Córdoba, que formou diversos profissionais militantes do tema, no Brasil e no mundo.

A Agroecologia tem ganhado proporções importantes uma vez que se mostra como um conjunto de conhecimentos e práticas que podem vir a alterar o rumo civilizatório. É reconhecidamente um método e um campo do conhecimento pautado em uma nova epistemologia e não apenas um conjunto de técnicas produtivas. Envolve temas como: Acesso aos Recursos, Movimento Social e Democracia Radical, Gênero e Geração, Memória Biocultural, Valorização do conhecimento popular e tradicional, Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, Agriculturas de base ecológica, entre outros temas vindos de campos diversos do conhecimento humano.

O conceito de “Agroecologia” começa a ser cooptado por organizações internacionais, instituições acadêmicas e políticas públicas que o utilizam sem alterar o quadro (insustentável) da “globalização alimentar”. Seu conteúdo profundo (social, ambiental, político) está comprometido por estas apropriações indevidas seja pelo mercado, seja pela ciência convencional.  Por esta razão, o evento se propõe a debater a Agroecologia a partir desta re-politização necessária contra a globalização da fome e da desnutrição, a concentração de poder nas mãos de transnacionais, ecocidas e epistemicidas e contra a economia capitalista desumanizadora que privatiza e mercantiliza a vida.

Entendemos que a Agroecologia é, acima de tudo, uma visão política para a construção de novas sociedades e uma resposta urgente aos problemas que nos cercam globalmente. Novos mundos, em escala local e em nível global, no qual colocamos a vida no centro. Apostamos em uma Agroecologia que desafia as explicações que o sistema agroalimentar especulativo e globalizado nos dá: fome, pobreza, desnutrição, doenças, mudanças climáticas e outras mazelas. A agroecologia é autonomia, criatividade, processos coletivos, regeneração dos sistemas naturais e dos conhecimentos, é cooperação social, mas é também ciência, prática, movimentos sociais e políticas públicas. É feminista, inclusiva, intergeracional, plurimetodológica e se propõe a construir espaços e práticas de igualdade e valorização das diversidades.

O VII Congresso será, portanto, um espaço para encontros e trocas. Buscamos criar sinergias e promover o apoio entre as comunidades acadêmicas, políticas, sociais e de rede baseadas em iniciativas concretas: nossos grupos de trabalho serão compostos por membros desses mundos. Vamos coletivamente lançar reflexões políticas sobre os principais problemas que nos interessam e sobre as alternativas que queremos ajudar a construir. Também pretendemos permear a cidade de Córdoba com esta cor agroecológica. As atividades serão diversas, incluindo grupos de trabalho, apresentação de artigos, mesas redondas, oficinas com grupos e experiências, atividades culturais entre outras.

Globalizemos a luta, globalizemos a esperança!

DATAS IMPORTANTES

Congresso: 30, 31 de maio e 1º de junho de 2018, Córdoba.

Prazo para recepção de resumos de comunicações e experiências: 16 de fevereiro de 2018

Inscrições pelo site:

http://www.osala-agroecologia.org/vii-congreso-internacional-de-agroecologia/comunicaciones/

Categorias
AgroecologiaagronegócioáguaAmazôniaCiênciaMeio Ambiente
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish