Capela centenária é destruída pelo fogo em Minas

 

 

A capela de Santa Rita de Cássia do distrito de Sopa, no município de Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, Nordeste de Minas, foi destruída por um incêndio no meio da tarde dessa sexta-feira, 4. O templo é do século XVIII e foi restaurado entre 2015 e 2017, após ser tombado pelo patrimônio histórico em 2003.

Sem poder fazer nada para conter o fogo que alastrou rapidamente e, desesperados, vários moradores do local só puderam registrar a tragédia em fotos e vídeos, que agora circulam pelas redes sociais. Muitos choraram ao ver a triste cena.

Não se sabe ainda o que teria provocado o fogo. É comum que o forro deste tipo de igreja ou capela seja ocupado por corujas, transformando o local em moradia. Como o fogo parece ter se alastrado a partir da parte alta da capela, não deve ser descartada a hipótese de que a movimentação deste tipo de ave tenha provocado um curto-circuito no teto do templo, que estava fechado no momento em que ocorreu o fogo.

Como era a capela antes do incêndio

 

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Falência múltipla de órgãos

Incêndio no Parque Nacional da Chapada da Diamantina revela ineficiência do poder público na gestão do pólo de ecoturismo e na prevenção de catástrofes por