A saúde e os mártires indígenas

denilson baniwa
por Denilson Baniwa - “Mártires Indígenas”. Tintas acrílica e vinícula; algodão e penas de pássaros recolhidas nas aldeias, 60×80 cm.

Amanhece mais um dia. É um sol, água fria. Há desalento na saúde indígena.

Mais um boletim marca as notas tristes desses dias, mas sei, ser indígena é persistir, meter-se na luta, manter. O número de vítimas indígenas, nas terras do Brasil, só faz crescer com o avanço da pandemia do Covid-19. Tantas lideranças e seus pares partem, nos deixam órfãos entre nações.

 

 

Aldeia Kalapalo - Alto Xingu
Aldeia Kalapalo – por helio carlos mello©

 

 

 

BOLETIM INFORMATIVO DO TERRITÓRIO INDÍGENA DO XINGU

 

Ogopa Kalapalo, testou positivo para a Covid-19 no dia 07/07 e no dia 09/07 veio a óbito, devido a complicações respiratórias ocasionadas pelo novo coronavírus. Lamentamos muito por mais essa perda no Território Indígena do Xingu. É muito importante mantermos as medidas de prevenção e estarmos atentos à circulação do vírus. São 65 casos confirmados, 60 casos suspeitos e quatro óbitos, no TIX, sendo um deles registrado no município de Canarana. Em caso de sintomas, devemos procurar a equipe de saúde para seguir o tratamento recomendado.

 

O número de casos nas cidades envolventes da TI Xingu está aumentando!!

 

Canarana: 154 casos e 3 óbitos

Querência: 304 casos e 7 óbitos 

Barra dos Garças: 283 casos e 28 óbitos

São Félix do Xingu: 784 casos e 8 óbitos

Sinop: 779 casos e 34 óbitos

 

 Até hoje foram 22.233 casos confirmados e 419 óbitos na bacia do Xingu.

“Mártires Indígenas”. Tintas acrílica e vinícula; algodão e penas de pássaros recolhidas nas aldeias, 60×80 cm.
por Denilson Baniwa – “Mártires Indígenas”. Tintas acrílica e vinícula; algodão e penas de pássaros recolhidas nas aldeias, 60×80 cm.

Atenção! É muito importante tomar cuidado com o uso de remédios não receitados pelos médicos! O remédio só deve ser usado com o acompanhamento do médico! Essa é uma orientação do Ministério da Saúde!

 

 A Barreira sanitária foi implantada! Ela tem a função de controlar as entradas e saídas para proteger o Terra Indígena do Xingu. É muito importante manter o isolamento social e evitar circular nos municípios próximos! 

 

 O número de casos positivos para a Covid-19 em Gaúcha do Norte aumentou de 39 para 54 em apenas uma semana. Não vamos circular nas cidades do entorno!

 

Recado fundamental aos indígenas sobre as medidas de proteção:

 

Uso da máscara caseira! 

Distanciamento de pelo menos 2 metros de alguém que chegar de fora! 

Lavagem das mãos com água e sabão!

Uso do álcool gel!

 

 Fique atento! É importante que onde a doença já está sendo transmitida, toda a população siga as medidas de proteção!

 

Projeto Xingu/UNIFESP
http://projetoxingu.unifesp.br/

 

http://projetoxingu.unifesp.br/

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornalistas Livres

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Recorde em SP: 48 mil pessoas vivem nas ruas

Um levantamento realizado por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) mostra que 48.261 pessoas viviam nas ruas em São Paulo no ano de 2022, sendo o maior já registrado na capital paulista. No Brasil são quase 192 mil pessoas em situação de rua registradas no CadÚnico.

Hoje Maria Marighella é a entrevistada no Programa JORNALISTAS LIVRES ENTREVISTA. Atriz, mãe, militante e produtora cultural. Herdeira de uma família de tradição militante. Maria