Sobre Leon Trotsky e aquele astrólogo Olavo

Villas Bôas declarou que Olavo de Carvalho é um "Trotsky" de direita. Demonstrou ignorância sobre o revolucionário russo e miopia sobre Olavo de Carvalho

Olavo de Carvalho e Leon Trotsky: o general não entendeu nada

Por Igor Santos, especial para os Jornalistas Livres

O general Eduardo Villas Bôas declarou que Olavo de Carvalho é um “Trotsky” de direita, demonstrando sua ignorância sobre o revolucionário russo e sua miopia sobre o papel de Olavo de Carvalho.

Primeiro é importante dizer que colocar Trotsky como uma espécie de Judas Iscariotes da Revolução Russa, evidenciou total desconhecimento sobre a literatura revolucionária produzida por Trotsky e a sua atuação como comandante-em-chefe do Exército Vermelho.

Leon não é um traidor da revolução russa e, se assim a sua imagem foi passada, isso se deve em muitos aspectos à chamada esquerda fácil, aquela que não lê e reproduz discursos e propaganda oficial soviética. Sem falar, claro, no voluntarismo de boa parte do movimento trotskista, errando muito mais por vontade de fazer algo que por oportunismo ou má-fé.

Importante frisar que aqui está um voraz crítico dos trotskistas, contudo admirador de Leon Trotsky.

Generais não acreditam em mapa astral

Outro fato é que Olavo é a gênese desse governo. Não são os generais e sua formação positivista os progenitores de Bolsonaro. O bolsonarismo é antes de tudo a manifestação política do youtuber septuagenário e seu séquito de lunáticos. Os generais e o alto oficialato sabem que a terra é redonda, nicotina entope artéria, mapa astral é papo de hippie e que não se cura gagueira olhando para um gato.

Bolsonaro é o entreguismo mais rasteiro, sem nenhum lastro de preservação material do aparato estatal brasileiro.

Olavo não pode ser comparado a Trotsky, mesmo sendo colocado como direita do espectro político, pois Leon Trotsky pertence a um mundo em que razão e a lógica eram bandeiras de uma revolução de fato, para saltar da servidão para a emancipação dos trabalhadores da cidade e do campo. Olavo, bem, Olavo é apenas um senhor senil e com delírios persecutórios. Um hippie que ainda acha que está nos anos 60, esse senhor pensa que o mundo ainda vive a guerra fria. Pior, às vezes, ele salta ainda mais para trás ao defender ideias medievais.

Trotsky escreveu teoria e a colocou ao teste das ruas e canhões. Olavo twitta e grava “cursos” de filosofia mesmo sem ter cadastro na plataforma Lattes. Quanta diferença!

Categorias
ArtigoDestaquesPolítica