RORO WALU

.

O Instituto Socioambiental, ISA, informa que A 5ª turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) acatou (19/9), um recurso da Fundação Nacional do Índio (Funai) contra a liminar que paralisou a demarcação da Terra Indígena (TI) Roro Walu, com cerca de 250 mil hectares, contígua ao Território Indígena do Xingu (TIX), no nordeste do Mato Grosso. A área é reivindicada pelos índios Ikpeng, que foram transferidos, em 1967, para o que era então conhecido como Parque Indígena do Xingu (PIX) pelos irmãos Villas-Bôas.

https://www.socioambiental.org/pt-br/noticias-socioambientais/justica-federal-determina-que-demarcacao-de-terra-indigena-dos-ikpeng-mt-deve-avancar?utm_source=isa&utm_medium=twitter&utm_campaign=NSA

Boa notícia nesses tempos incertos, tão vasta a persistência Ikpeng.

*imagens por Helio Carlos Mello©

Leia também:

RORO WALU, O LUGAR DOS ANTEPASSADOS

Categorias
ÍndiosJustica
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish