Prefeito de Sorocaba agride moralmente motorista e ônibus param na cidade

Foto de Daniela Gaspari

Por Fernanda IKedo

Em assembleia, os motoristas decidiram por repudio ao prefeito Crespo (DEM) pelas ameaças e retornaram às atividades. O recado foi dado: “a população e os trabalhadores merecem respeito”Motoristas de ônibus em Sorocaba param 100% da frota agora a noite, depois do prefeito Antonio Caldini Crespo (DEM) ameaçar um motorista que estava trabalhando.

O prefeito foi ate o final de uma linha de ônibus e agrediu verbalmente um motorista como se ele fosse o culpado de não deixar mais passageiros entrar num ônibus já lotado.
O Sindicato dos Condutores de Sorocaba e Região (CUT), via departamento jurídico, acionou o ministério publico por assedio moral.

Em assembleia, os motoristas decidiram por repudio ao prefeito Crespo (DEM) pelas ameaças e retornaram às atividades. O recado foi dado: “a população e os trabalhadores merecem respeito”.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS