População de Embu das Artes protesta contra aumento do busão

Manifestação acontecerá nesta quarta-feira, 24, na praça central da cidade

Por Gisele Cardoso

Nesta quarta-feira, 24, estudantes se reunirão no coreto da praça no centro do Embu para protestar contra o aumento de R$ 0,20 (vinte centavos) na tarifa dos ônibus do município de Embu das Artes, cidade da região metropolitana de São Paulo. Com veículos em péssimas condições e uma extensa espera nos pontos, os passageiros não entendem o porquê desse acréscimo que eleva a tarifa a um valor próximo aos da capital, transportes esses de melhor qualidade, com trajetos maiores e que possuem ar condicionado.

“Não estou nada satisfeito, primeiro pela precariedade da estrutura dos próprios ônibus, segundo pelo preço e pela quantidade de ônibus na rua. O ônibus que eu pego pra ir pra casa demora cerca de 40 minutos”, explicou Kaique Albuquerque, estudante da ETEC de Embu.

Em três anos na gestão Ney Santos, a tarifa subiu cerca de R$ 0,80 (oitenta centavos), um aumento de 25%. O primeiro aumento de R$ 0,60 (sessenta centavos) foi feito pelo prefeito interino Hugo Prado, durante o período em que o prefeito eleito estava foragido da justiça.

A manifestação é organizada pela União Estudantil de Embu das Artes (UEEA) e já conta com o declarações de apoio dos vereadores Edvanio Mendes e Rosângela Santos do PT, e dos representantes partidários Antonio de Jesus (Professor Toninho) do PSOL, Samuel Gomes e Robson Oliveira do PCdoB, Nivaldo Orlandi do PCO e Fátima Cristiane do movimento Bem Animal. Também estarão presentes alguns membros do bloco Os Desbundas para agitar a mobilização.

Os organizadores recomendam que os manifestantes levem cartazes e instrumentos ou objetos para fazer barulho durante o ato.

Link para confirmar presença no evento: https://www.facebook.com/events/849456212065354

Categorias
Embu das Artes