PM mata criança: “Pode comprar um caixão pequeno para o seu filho”

Tragédia no parque: a perseguição policial acabou quando o Fox bateu no carrossel; Miguel foi morto ali mesmo, diante de mais de 100 pessoas - Foto: Reprodução/ Ocorrências 24 horas - Portinari
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Por Claudinho Silva, do SOS Racismo, e Laura Capriglione, dos Jornalistas Livres

O menino Miguel Gustavo Lucena de Souza, de 12 anos: sonhador e bom aluno
Miguel Gustavo Lucena de Souza, de 12 anos: sonhador e bom aluno

O policial militar cabo Thiago Santos Sudré, de São José dos Campos (94 km de São Paulo), matou no dia 6 de setembro o menino Miguel Gustavo Lucena de Souza, de 12 anos, dentro de um parque de diversões da cidade. Segundo vizinhos, duas semanas antes, o mesmo cabo invadiu, sem mandado judicial, o apartamento familiar para ameaçar o menino e sua mãe, dizendo a ela: “Se eu pegar o Miguel na rua, pode comprar um caixão pequeno, porque ele não vai voltar mais”. Andréia, a mãe, ainda tentou explicar ao policial que o filho era “dependente químico”, ao que o PM respondeu: “Ele é uma sementinha do mal”. O diminutivo se explica: Miguel tinha apenas 1 metro e 33 centímetros de altura. Era um menininho negro, inteligente e sonhador.

A história do homicídio, contada pelo PM conhecido naquela quebrada como “Carioca” e na corporação como “Cabo T. Santos”, foi a seguinte: o menino, em companhia de dois outros garotos, teria roubado um automóvel VW Fox vermelho por volta das 18 horas. Localizado o veículo, os policiais iniciaram uma perseguição pelas ruas da zona sul de São José dos Campos, que terminou quando os meninos entraram com o carro em um terreno descampado em que estava instalado um parquinho de diversões. Foi quando o carro colidiu com a grade do carrossel, pondo fim à aventura.

Do veículo saiu correndo o motorista, um adolescente de 17 anos. Dois meninos, de 13 e 14 anos também saíram do carro e jogaram-se no chão. Por fim, saiu Miguel, que estava no banco de trás do Fox. E aí a história contada pelo PM vira a mesma de sempre ­_“resistência seguida de morte”: Miguel teria tentado resistir à prisão, apontou uma arma para os policiais, ao que Carioca respondeu com dois disparos letais. Diz o boletim de ocorrência: “O óbito foi constatado pelo SAMU, viatura 11103, Dr. Leandro CRM 121002. Nada mais.”

O coronel PM José Eduardo Stanelis, comandante da tropa militar na região do Vale do Paraíba, disse que o garoto morto estava com um revólver INA calibre 32 nas mãos e escondia debaixo do tapete do veículo um simulacro de pistola da marca Smith & Wesson. “Então, provavelmente, eles estavam efetuando roubos na cidade”, raciocinou.

Trata-se de versão bem diferente da apresentada à reportagem dos Jornalistas Livres e do SOS Racismo por pessoas que estavam no parque de diversões na hora em que o garoto foi alvejado pelos tiros do PM. Nada menos do que 100 pessoas lotavam o local nos derradeiros minutos de vida do menino:

“É mentira que Miguel andasse armado. Ele nunca pegou num revólver. Nem de brinquedo”, disseram vizinhos que pediram para não serem identificados por temerem retaliações do Carioca.

“Ele saiu com as mãos para cima, dizendo ‘Perdi, perdi’. Mas o Carioca atirou mesmo assim. O primeiro tiro pegou debaixo do braço [na região da axila]. Depois teve outro. E mais outro.”

“Foi uma correria desesperada no parque, mas logo depois as pessoas começaram a voltar e deu tempo de ver que Miguel estava jogado no chão, de costas, com as pernas dobradas. Ele ainda estava vivo quando o Carioca o pegou pelo pescoço –ficaram marcas de sua mão no pescoço fininho. Miguel morreu com os olhos esbugalhados e a boca aberta, tentando respirar”.

A versão dos PMs começou a desabar no descrédito já na delegacia onde foi lavrado o boletim de ocorrência. “Em sede policial, a vítima do crime de roubo, após olhar os conduzidos (adolescentes que estavam no Fox), não reconheceu nenhum deles como sendo os autores do crime de roubo que sofreu”.

Miguel era um dos seis filhos da cuidadora Andréia Gonçalves Pena, mulher negra, evangélica da Assembléia de Deus e chefe de família. O filho mais velho dela é estagiário na Embraer, cargo que obteve graças às notas excelentes no ensino médio. Uma filha, pelo mesmo motivo, conseguiu estágio em outra gigante da engenharia nacional, o CTA, o Centro Técnico Aeroespacial, jóia tecnológica mantida pela Aeronáutica. Miguel não fazia feio nos estudos e era seguidamente elogiado pelos professores da Escola Estadual José Frederico Marques. Mas o menino era sonhador demais.

“Aviãozinho”

"Foi um sonho": Residencial Colônia Paraíso
“Dia feliz”: Residencial Colônia Paraíso

Quando a família mudou-se em 2015 para um dos 528 apartamentos de 48 metros quadrados do “Minha Casa, Minha Vida” encrustado no Campo dos Alemães, foi felicidade total. Ali, bem perto, ficava a ocupação do Pinheirinho, que se tornou tristemente famosa por causa da violenta ação de despejo de 6.000 moradores, ocorrida em 2012. O bairro parecia ter uma sina ruim, mas a inauguração do Residencial Colônia Paraíso deu uma grande esperança de dias melhores para aquele povo, apesar de o nome do conjunto habitacional ter sido tomado emprestado do cemitério vizinho, que se chama Cemitério Colônia Paraíso, ou Cemitério do Morumbi.

“Foi o dia mais feliz da minha vida”, diz a mãe de Miguel, Andréia. “Nunca eu iria imaginar que a gente ia sofrer naquele lugar tudo o que estamos sofrendo”.

Com apenas 10 anos, já no novo endereço, o menino começou a fumar maconha. Logo, o tráfico o recrutou como “aviãozinho” –no organograma da criminalidade, são vendedores de drogas que atuam nas biqueiras. Os traficantes preferem usar crianças com menos de 12 anos nessa função, porque o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei nº 8.069 de 13 de Julho de 1990, diz que menores de 12 anos são considerados crianças e, por isso, inimputáveis penalmente, ou seja, não podem sofrer nenhum tipo de penalidade. As medidas socioeducativas, como a internação na Fundação Casa, podem ser aplicadas apenas para adolescentes, na faixa etária entre 12 e 18 anos. Para Miguel, trabalhar como aviãozinho era uma forma de custear as “viagens” com a maconha.

Tentativas: receita psiquiátria de Miguel
Receita psiquiátria de Miguel

A mãe, Andréia, nunca aceitou esse caminho para o filho. Ela deu uma surra nele no meio da rua, ao flagrá-lo vendendo drogas –e, por isso, foi chamada às falas pelo Conselho Tutelar. Internou-o durante 27 dias em uma clínica de recuperação para adictos em álcool e drogas, mas teve de tirá-lo porque a tenra idade dele não aconselhava a medida. Procurou ajuda no SAMA (Serviço Ambulatorial Especializado no Tratamento da Dependência Química em Mulheres e Adolescentes), onde uma psiquiatra receitou Carbamazepina, uma droga de tipo “faz tudo”, “indicada para o tratamento de afecções tão diferentes quanto crises convulsivas, doenças neurológicas tipo neuralgia do trigêmeo e para o tratamento do humor bipolar e da depressão, em adultos e crianças”. Implorou no altar e, por fim, pediu ao traficante para que não vendesse mais nada para o filho e nem o empregasse para passar drogas. Nada funcionou.

Janela do quarto: Miguel empinava pipas e sonhava com carrões
Janela do quarto: Miguel empinava pipas e sonhava com carrões

Sonhador

Miguel era conhecido no bairro porque estava sempre de costas para o vento, empinando pipa, ou correndo atrás de uma que tivesse sido cortada por cerol. Em seu quarto no Residencial Colônia Paraíso, ainda se vêem duas pipas penduradas na janela. Um tio deu ao irmão de Miguel um automóvel Escort velhíssimo, branco. Com os pneus murchos e sem motor, o veículo está estacionado há anos na área comum do prédio. Miguel gostava de passar horas e horas dentro da lata velha, imaginando que dirigia um possante esportivo. E dormia dentro, muitas vezes com outras crianças. O menino amava carros.

A ameaça do PM Carioca, aquela que foi feita no apartamento da família, calou fundo no menino. Ele parou de vender drogas e migrou para o comércio de doces e balas nos semáforos.

A mãe, assustada, levou-o para passar uns dias em Minas Gerais, para acalmar a tensão. Voltaram no dia 5 de setembro e, logo, o menino saiu para a rua. No dia 6, ele estava com a incrível quantia de R$ 75 no bolso, quando deu de cara com um “nóia” que acabara de roubar um Fox Vermelho. Fissurado demais para consumir crack, o ladrão topou “vender” o carro por R$ 150 para Miguel e um amigo, que juntou outros R$ 75. O carro ficaria por isso mesmo (R$ 150) e mais algumas prestações que nunca seriam pagas.

Então, entraram mais dois meninos na brincadeira e os quatro saíram dando rolezinho pela cidade. Foi por isso que a proprietária do carro não reconheceu nenhum dos adolescentes capturados no parque de diversões, como sendo os ladrões que lhe levaram o Fox. Não eram eles mesmo.

As lágrimas das duas mães

Por volta das 22h50, Andréia foi avisada da morte de seu filho. Ela correu ao Distrito Policial e tinha acabado de perguntar para o delegado de plantão quem havia matado Miguel, quando entrou no recinto o policial que até ali Andréia só conhecia pelo nome de “Carioca”. Ao vê-lo, ela foi até ele, dizendo: “Parabéns, você conseguiu. Estou indo comprar um caixão pequeno para o meu filho. Tá satisfeito?” O PM respondeu-lhe: “Sua louca! Se seu filho fosse bom, não estaria dentro de um carro roubado!”

A proprietária do carro, mãe de um menino da mesma idade de Miguel, ao saber da morte dele, fez questão de comparecer ao velório, realizado no dia seguinte no Cemitério Colônia Paraíso, bem perto do condomínio homônimo. “Eu trocaria mil carros para ter a vida do seu filho de volta”, ela disse a Andréia, os rostos das duas mulheres devastados pelas lágrimas.

Miguel morto: camisa do Corinthians no caixão
Miguel morto: camisa do Corinthians no caixão

“Cabo Bruno”

O PM Carioca, ou Cabo Thiago Santos Sudré, do 46º Batalhão de Polícia Militar do Interior, é um sujeito temido no bairro. Sob a condição de se manterem no anonimato, cinco moradores disseram quem é o Carioca:

“Ele vem sempre, a pretexto de fazer a ronda. Entra nos prédios, bate nas portas dos apartamentos. Invade. Vem sem mandado. Entra de qualquer jeito, sem autorização mesmo.”

“Ele é capaz de tudo, senhora. Contrariado, é capaz de enfiar um monte de drogas no primeiro que encontrar, só para acusar de tráfico. Destrói a vida da pessoa e da família, sem dó.”

“É um policial safado. Não é toda a polícia que é assim, mas esse é. Eu não sei o que está acontecendo com os órgãos públicos. Ele mata, forja o confronto e não dá nada contra ele.”

“Se ele não vai com a cara de uma pessoa, ele joga a sacolinha ali cheia de droga e forja um flagrante por tráfico. Ele tentou fazer isso com um amigo e se não fosse a mulher dele chorar e implorar…”

“É um bandido de farda, como aquele cara de São Paulo, chamado Cabo Bruno [refere-se ao ex-PM Florisvaldo de Oliveira, acusado por mais de cinquenta assassinatos na periferia de São Paulo durante os anos 1980]. Eu não sei como esse cara ainda está na polícia.”

PM mata mais

Desde a morte do filho, Andréia tomou para si a missão de retirar Carioca das ruas:

“Ele não pode mais continuar matando crianças. Meu filho eu sei que não volta, mas se eu puder ajudar alguma mãe a nunca sentir a dor que eu estou sentindo agora, minha vida já terá valido a pena.”

Na quarta (18), Andréia foi à Ouvidoria de Polícia do Estado de São Paulo, que instaurou procedimento para investigar a ação do PM que matou Miguel. O ouvidor Benedito Domingos Mariano encaminhou ofício ao corregedor geral da PM, pedindo que avocasse o inquérito policial militar para apuração das circunstâncias da morte de Miguel, em vez de deixar a incumbência a cargo da polícia de São José dos Campos. No mesmo dia, Andréia compareceu à corregedoria e lá fez a identificação fotográfica do policial de codinome “Carioca”.

Segundo a Ouvidoria, pelo menos 14 pessoas morreram em confronto com policiais na Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, apenas nos seis primeiros meses do ano. O número é 75% maior do que os oito mortos registrados em igual período do ano passado. Os dados certamente estão aquém da realidade, porque não são todos os casos de mortes causadas pela ação policial que são acompanhados pela Ouvidoria.

Depressão, aborto e perda de chance terapêutica

Parque vazio: tudo acabou no dia seguinte à morte de Miguel
Parque vazio: tudo acabou no dia seguinte à morte de Miguel

O parquinho de diversões instalado no Campo dos Alemães, e que foi cenário da tragédia, encerrou suas atividades no dia seguinte à morte de Miguel. Andréia pediu aos responsáveis pelo parque cópia das gravações das câmeras de segurança, mas não obteve. O terreno agora está vazio, embora a programação previsse o uso daquele terreno como parque de diversões até o Dia das Crianças, comemorado em outubro. O parque foi embora às pressas.

Dezenas de ameaças foram postadas no facebook de Andréia e de toda a família. Uma delas, de autor desconhecido, referia-se a Miguel da mesma forma que o PM Carioca, quando ameaçou o menino: “Sementinha do Mal”. A família foi obrigada a se mudar do Residencial Colônia Paraíso.

No apartamento da família, que foi invadido no domingo (15), por volta das 20h30, a porta foi quebrada, provavelmente por um pontapé. Os armários estão revirados. Documentos e receitas médicas espalham-se pelas camas. Nas paredes, alguém resolveu gravar com um instrumento cortante os nomes de cada um dos filhos de Andréia. Mas o nome de Miguel, todas as vezes que aparecia, recebeu um risco profundo. A mensagem é clara: “Eliminado”.

Uma irmã de Miguel, a mais próxima dele, aquela que várias vezes foi buscá-lo na biqueira para levá-lo de volta para casa, mesmo que à custa de ser injustamente chamada de “nóia”, está deprimida. Ela chora de saudades do irmão enquanto se corta –silenciosamente.

Andréia, que estava com três meses de uma gravidez planejada para gerar uma criança que pudesse se tornar doadora de medula para o filho mais velho dela, sofreu um aborto. O jovem de 20 anos, que sofre de leucemia, perdeu assim uma valiosa chance de cura.

Neste domingo, em contato com a reportagem dos Jornalistas Livres e do SOS Racismo, da Assembléia Legislativa de São Paulo, Andréia disse o que a mantém firme e destemida: “Eu vou conseguir provar que Carioca matou meu filho sem merecer. Eu vou até o fim e Deus vai comigo por Justiça.”

Posição oficial da Secretaria da Segurança Pública

Jornalistas Livres procuraram a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo para saber quais providências adotará em relação às graves denúncias feitas pela mãe do menino Miguel e pelos vizinhos de São José dos Campos. Eis a nota emitida pela Secretaria:

“Todas as circunstâncias relativas aos fatos são apuradas pelo 3º DP de São José dos Campos e pela Polícia Militar por meio de IPM, que é acompanhado pela corregedoria da corporação. As armas dos policiais foram encaminhadas para perícia, assim como o revólver calibre 32 e um simulacro utilizado pelos suspeitos. Os envolvidos seguem afastados da atividade operacional, cumprindo expediente administrativo, enquanto durarem as investigações.”

LEIA TAMBÉM: https://jornalistaslivres.org/atira-se-muito-atira-se-mal/

COMENTÁRIOS

  • Triste realidade. Mas, um preto e pobre morto que viraria estatística se não fosse a coragem da mãe em enfrentar o sistema. Parabenizo também a coragem dos repórteres e do Jornalistas Livres em contar uma história bem diferente a passada na TV. Miguel é e sempre será uma vítima, pois quando uma criança de 12 anos tem sua vida encerrada tão cedo isso demonstra que todos nós falhamos. É preciso reagir. Basta de violência, basta de extermínio! #VidasNegrasImportam #VidssImportam

  • Malditos traficantes , tráfico de drogas devia ser considerado crime hediondo , estes lixos destroem muitas famílias .

  • “JORNALISTAS LIVRES” financiados com dinheiro público vindo de partidos de esquerda . Materiazinha ridícula, com falsos testemunhos e completamente tendenciosa.

  • A história contada por vcs da suposta vítima de racismo e preconceito se contradiz, se um menino com apenas 10 anos já cometia o crime de tráfico de entorpecentes (crime esse considerado hediondo), será que também não poderia cometer o crime de roubo, vcs jornalistas são métodos a investigadores, mas não passam de acusadores e formadores de opinião, se houve algum crime cometido por parte dos policiais envolvidos que estes sejam punidos com o rigor da lei, mas simples e puramente condena los sem saber o que realmente aconteceu tbm é crime.
    O que mais me deixa estupefato, é quando um policial e morto no dever de seu ofício, não aparece nenhum jornalistazinho para escrever se quer uma linha em defesa deste

  • Deve ser horrível perder um filho. Ainda mais um filho criança. Mas essa mãe já havia perdido o seu filho. Não pela arma de um PM e sim pelas drogas, para o tráfico e para a falta de educação dele. Pois analisando a própria matéria, como ele adiquiriu os 75 reais ??? Ele não sabia que 150 reais é um valor muito baixo para a compra de um carro ?? Eu não defendo quem mata, mas o Brasil precisa parar de vitimizar quem comete crime. Se houvesse uma correção desde o primeiro delito essa morte tinha sido evitada. Se for provado que ele foi assassinado sou totalmente a favor da condenação do assassino. Mas paremos de vitimizar e vamos começar a assumir a nossa culpa nos erros tudo isso tem como maior culpado a impunidade das leis brasileiras.

  • Nada justifica simular um confronto e executar uma pessoa. Mesmo diante de tanta impunidade e hipotéticas leis falhas, nada legitima construir falsas provas – a chamada fraude processual com flagrante forjado. Ainda que seja um indivíduo, apesar da terna idade, contumaz no crime, apesar de, como explora o texto, bons exemplos aparentemente o garoto teve/têm.
    Agora, interessante também perceber a parcialidade do autor: sempre tentando contextualizar a vida do garoto, que supostamente deixou boa família e tinha boas notas etc, como forma de induzir a um pré-julgamento dos fatos. Se tem todas essas respostas e já chegou a essa conclusão poderia bem repassar essas provas concretas à Corregedoria, PCSP, Ministério Público. Enfim, pelo visto a investigação já foi feita e concluída. Os culpados já foram encontrados. Está no emprego errado, deveria ser policial. Mas policial de verdade, não desses que forjam e executam os cidadãos sumariamente e maculam os demais e suas respectivas corporações.

  • Mano, namoral, que policial BABACA. Deviam cata ele e fazer tudo que ele fez para o menino e para a família do menino 2× mais. Eu não ligo se o muleque roubou alguma coisa ou nãonão, ele era apenas uma criança e nada disso justifica ter matado a criança.

  • Tudo isso é consequência de uma ideologia defendida e alimentada pelas mais altas autoridades do país. É preciso estancar essa barbárie.

  • Se ele entrou no mundo das drogas, logo faria mal a um cidadão de bem, agora para que destacar tanto o fato dele ser negro, tem que destacar o fato dele mexer com coisa errada, e sim, tem policiais que usam meios indevidos e ilegais em serviço, mas a morte de um futuro viciado em drogas, ladrão, só vem a ajudar a sociedade, vagabundo bom é vagabundo no caixão…
    Só estão fazendo essa reportagem, para atacar a PM Brasileira, que é uma das funções que mais devia ser valorizada no Brasil.

  • Primeira e última matéria deste site. Tendencioso seria um eufemismo.
    Conheço a região e a realidade. Não é assim.

  • Vamos esta acompanhando esse caso ……..se acontecer qualwuer coisa de mal contra a familia desse garoto iremos denuciar esse policial

  • Por mais que a conduta do policial tenha sido exagerada, ela foi premeditada, até prevista pelo mesmo e todos os familiares envolvidos. Se antes do fato já havia ocorrido a invasão da residência pelo PM, era certo o que iria acontecer. A família infelizmente podia evitar, mas só deu razão ao PM, qdo o mesmo disse” semente do mal”. (SEMENTE DO MAL)- inf. Criança ou adolescente que mesmo com toda assistência social e econômica, opta pela vida do CRIME e não tem temor algum sobre as consequências das leis. / Independente de cor, classe, religião.. a pessoa NASCE RUIM!! 👍

  • Enquanto ficar passando a mão em cabeça de bandido as coisas não vão mudar, triste esse jornalismo. Aqui em meu bairro já teve uma criança de 10 anos que matou um pai de família, por causa de drogas. Se os pais não cuidam de seus filhos não tem o direito de reclamar das consequências.

  • Ele obteve os 75 reais vendendo balas. Está no texto da matéria. Basta fazer a leitura.

  • Li uma reportagem estarrrecedora. Esse assassinato não pode ficar impune. Se as testemunhas disseram que o menino na estava armado eu acredito. Também acredito que não sabia que o valor de150 era pouco para aquisição do carro. Crianças que não tem referência se engana fácil. Ele era um menino muito arteiro isso sim. Fácil falarem corrIgir quando na se vive a realidade de uma mãe que cria cinco filhos sozinha. Teve vários sucessos, pelo que li. A questão é que Miguel tinha outra personalidade mais difícil. Ela não conseguiu em suas várias testátivas reverter o quadro absurdo e anunciado. Sou solidária a essa mae.

  • Concordo com as falas do Sr. Filipe e Omar. Se o polical errou que pague por isso, porém vitimizar o menino da forma como foi feita é um pouco demais! Sinto muito pela família, mesmo tendo 12 anos ele sabia que estava fazendo coisas erradas, infelizmente.

  • Ahh sei ! A vítima não reconheceu os ladrões. Mas eles foram parar dentro do carro em um passe de mágica. Vão se catar .

  • Se a própria mãe disse que era usuário de drogas com apenas 12 anos, como chamam sonhador? infelizmente muito difícil sair de uma vida dessa,” Andréia, a mãe, ainda tentou explicar ao policial que o filho era “dependente químico”. Moro na periferia e conheço muitos sonhadores aqui que acabam com os sonhos se muitas famílias.

  • Esses trastes estão em todos os lugares,se acham acima da lei, se não forem com sua cara vc corre um grande risco.

  • É muita coisa encoberta.mas DEUS está anotando tudo é vai querer troca viu. Meu DEUS quanta maldade nesse mundo.DEUS está irado com essa terra.😔

  • Engraçado que a vítima é usuário, comprou um carro roubado e usava uma arma.
    Vitima nada é LADRÃO, vítimas são as pessoas de bem que são humilhadas e ironizadas por esses delinquentes.
    Parabéns ao polícia militar, chega de inversão de valores, ladrão bom é ladrão morto, quem sofre são os pais, infelizmente.
    História bonita mas não houve perseguição nem racismo nessa história e garotos sonhadores não usam armas nem usam carros roubados.

  • E o coitado q comprou o carro em várias prestações, passando apertado pra honra as prestações, aí vem e roubam o carro do coitado pai de família , infelizmente o Miguel estava com as pessoas erradas. Meus sentimentos a família

  • Vocês não cansam dessa narrativa, se dizem jornalistas, são somente desocupados que vão em busca de materiais pra vitimizar, tinha duas escolhas tanto ele quanto a família, enquanto estavam apenas prejudicando os outros vocês não faziam nada, agora virou anjinho, idade pra roubar e matar já tinha, pra morrer não?

  • Nada justifica matar porém se ele realmente era esse menino bom o q estava fazendo assaltando e como disse a mãe já era usuário de droga garanto se estivesse em casa brincando com os amigos nada disso teria acontecido infelizmente ele mesmo criança já tava fazendo errado e no mundo do crime Deus sabe o q faz quem sabe ia fazer a mãe sofrer mais ainda

  • Vcs também comentam quando um policial e baleado e morto? Jornalistas de esquerda! Esse sim deveria ser o nome. Só defendem bandidos o mesmo amanhã podereis matar um trabalhador ou um policial ,e vcs diriam que e vítima da sociedade! Demagogos!

  • Era uma sementinha , do mal onde já se viu vendia drogas, recepitava carro roubado e era uma ótima pessoa… Ah fala sério virou exemplo e tudo. Sejamos coerente, não concordo com oque o polícial fez esse sim deve pagar pelo que fez, mas essa mãe devia ser responsabilizada também, e provar de onde ele tirou os 75,00 Reais?
    Temos que parar de passar a mão na cabeça. 12 anos meu filho brincava de carrinho e só saia de casa acompanhado, agora essas mães querer criar filho o dia todo largado na rua, aí são adotados pelo tráfico, quando ainda nem tem condições te tomar decisões. Na minha opinião os pais são responsáveis por essa liberdade cedo d+.

  • No início doa anos 1990, participei de um encontro de casais e uma palestrante iniciou com a seguinte pergunta, porque não existe a cura do câncer e resposta dela foi, talvez essa pessoa que a descobria tenha sido vítima de um aborto, eu vou mais longe talvez tenha sido esse ou outros tantos como esse que são vitimados seja por atos como esse ou pelo aliciamento dos criminosos mas em todos os casos é pelo descaso ou interesse financeiro, se os conduzem para o pseudônimo Centro reabitatorio é polos em estudo de nível superior na criminalidade e logicamente alguém vai lucrar com isso também, então porque não usar de instituições serias e confiáveis já estabelecidas para cuidar desse assunto como as forças armadas, não em regime de punição e sim de educação e com isso ajustar esses pequenos e certamente grandes homens que se bem cuidados e educados serão os possíveis lideres, cientistas, médicos engenheiros, soldados etc, maa principalmente cidadãos com base em patriotismo e civismo oque nos falta em todos os seus seguimentos.

  • Infelismente tudo que aconteceu nesta história de jorro é real a impunidade a falta de educação o ódio que o país vive a corrupção tudo fruto do poder é da falta de interesse pelo preconceito

  • Pm mata a criança e ainda ameaça toda família ninguém faz nada cadê as autoridades ou país desgraçado esse Brasil viu

  • Em 100 polícia 10 são honesto essa é a realidade do nosso Brasil. Infelizmente nós estamos no mundo sem lei

  • Se era dependente químico o policial não fez mais que a obrigação dele para com a sociedade.

  • Lamentável! Existem policiais em todos os estados que agem dessa forma, presenciei isso, e a justiça é omissa em muitos casos. Se tivesse que culpar alguém, culparia nossos governos. Miguel e até mesmo o próprio “carioca” são vítimas desse sistema falido. O policial deve responder sim pela covardia. Mesmo se Miguel fosse adulto, não justifica tamanha crueldade. Parabenizo os jornalistas livres pela reportagem profunda e contextualizada. Não depender da mídia tradicional é importante, pois hoje estão defendendo e justificam toda morte desse nível em todo o país.

  • Ipocresia certos comentários e tentar colocar esses marginais como “vítimas” da sociedade, não concordo com execução sumária. Mas colocar bandidos só porque é menor como uns coitados é muita ipocresia.
    Já está passando de hora de ter reduzir a menor idade e ter leis mais dura pra esses pequeno marginais (pequeno só no tamanho) porque os crimes por eles cometidos é de gente grande.

  • Queria ver se esse menino entrasse na casa de vcs, se ele roubasse um filho de vcs, se ele matasse a mãe de vcs ,se iam defende-lo ,cambada de hipócritas.

  • É por conta de um jornalismo desses, que defende práticas ilegais de menores vagabundos que roubam, furtam, traficam drogas, matam se necessário, que dá força pra que isso continue acontecendo. Depois que morre, todo mundo vira santo. Mas duvido que se um moleque desses mata um policial, esses “jornalistas livres” teriam o mesmo empenho em saber se o policial tem família, filhos pequenos que também tem sonhos. Testemunhas que moram no mesmo lugar que o menino que morreu vão falar contra a polícia mesmo, porque a maioria não gosta da polícia, é contra a polícia. Me apresente uma prova concreta de que a ação do policial foi incorreta, que ele foi preso ou está sendo punido pela ação que cometeu, pq esse discurso de menino preto, pobre e sonhador, denúncias anônimas de pessoas que talvez nem existam me parece discurso pronto de jornalista tendencioso contra a polícia.

  • matar é a maior tolice pois a morte/ressurreição vem milagrosamente assim como a vida

  • Tudo bem que o garoto era aviãozinho para sustentar o vício por ser dependente químico, comprou carro roubado , talvez tenha cometido outros crimes não registrados e tal , mas era “inteligente e sonhador ” ! Quem defende deveria pegar um para morar junto socializa lo e talvez dê sorte de não acontecer o que aconteceu com o pastor morto pelo filho adotivo dele e da esposa e deputada em caso recente , nem falo mais nada !

  • Agora o marginal virou inocente.
    Estava num carro roubado, fugindo da polícia, com uma arma na mão e vocês acham que o policial deveria esperar pelo tiro?
    Esse tipo de gente é aquela que mata outras pessoas, entra nas casas e faz um esculacho com a família para roubar uma porcaria qualquer.
    Parabéns ao policial que tirou um marginal e potencial assassino das ruas.
    CPF cancelado com sucesso.

  • Sementinha plantada pelo sistema falho. Famílias cada vez mais destruídas. A droga correndo solta. Moleques roubar um carro, acho difícil que não tenham arrumado uma arma afinal para esses fins não é difícil. Trágico sim mas isso se vem de muito tempo atrás.

  • Polícias que deveriam fazer diferença no mundo infelizmente fazem aos contrario de suas obrigações e deveres … A justiça tem que ser feita porque essa criança era um ser humano e tinha tudo para a sua vida seguir um novo rumo mais um caso para ser bem analisado e punidos como merecem pq policiais podem ficar dez anos para pagar o que fez a vida do menininho nao volta mais…

  • Sei que não precisava matar o garoto!
    Uma criança na vida do crime, o engraçado que o povo fala que é racismo ridículo isso e outra era um dependente químico, era inteligente em que? A acender cigarros de maconha e enrolar notas para cheirar?
    Ele ia crescer uma boa pessoa né?
    Ele não precisava morrer mas merecia pegar uma prisão perpétua por financiar o tráfico e por ser ladrão!

  • A carne mais barata e a carne preta.
    Não devemos cair na vitimização,mas o estado tem de punir todo e qualquer tipo de crime,desde os praticados pelo garoto ao bandido disfarçado de polícia.

  • Morte violenta é o final da história !
    Mas fazendo uma breve retrospectiva,ter uma fámilia não é ter um.gato.ou cachorro afinal.ate estes precisam de cuidados!
    Parir ter vários filhos sem ter muitas vezes o minimo para poder cria-los virou a dezenas de anos algo natural no Brasil,as campanhas existem para planejamento familiar porém a propria população não da atenção a mulher tem 1.2.3.4.5.6 filhos caramba cada um.leva em.torno de.9 meses para nascer sera que ela nao pensa?????
    Em resumo é a grande realidade do País ,população que nao cuidade de si mesmo vai cobrar.o que do governo que cuide de seus filhos ?!
    Lamentavel mas real ,mais uma das milhares de.mortes violentas ,de quem.é a culpa? É sua que faz filhos e filhos e filhos sem ter o minimo.pra si.mesma!

  • Para acusar a polícia, aparecem pessoas, não se sabe de onde. Igualmente não se sabe de onde, aparecem pessoas para defender bandidos e bandidinhos, que na maioria das vezes deixaram famílias desfalcada de seus pais, desamparadas, além de, filhos órfãos.

  • No final todo mundo é santo… o policial pode ter errado em ter tirado a vida desse jovem infrator, mais agora não me venha dizer que o jovem também era um santo?!… Poupe-nos com essa reportagem medíocre e tendenciosa. Grande maioria da população brasileira só tem o bandido que merecem… ficam clamando por segurança e quando morre um bandido ainda aparecem mil e um pra depender… vão perguntar para os familiares das vítimas desses maginais o que eles acham disto? Só sabe a verdade quem vive na pele e a mecer desses maginais… Chega de ficção… Aqui não existe mais Robin Hood, Bondido bom é bandido morto!

  • Sempre serão os coitados, negros, pobres e etc…
    Ah para com isso, não é a raça que define quem você é.
    Vários negros que são do bem, vários brancos que são do mal.
    Ele escolheu o lado do mal, com essa idade já dá para saber sim o que quer da vida.
    Esses jornalista defendendo o pobre coitado, digo isso porque não foram assaltados por eles.
    Se a família do mesmo soubesse educá-lo, não estaria morto.
    Outra, se houve excesso dos policiais que paguem pelos seus erros. Agora não “tampem o sol com a peneira”.
    Pais, busquem educar seus filhos, pois, se não fizerem a vida o fará.

  • Esta matéria soa tendenciosa, a partir do momento que traça um.perfil da vítima de pobre, negro, etc.. sempre o Mesmo discurso. Eu acho que a verdade é que este garoto já estava aprontando muito, fazendo assaltos e etc. Contudo, se foi executado e morto injustamente, o autor deve ser responsabilizado, porque se podia seguir um caminho diferente, ou seja, o de preservar a vida, sempre este caminho deve ser seguido. Mas volto a repetir, está matéria é tendenciosajogando.os leitores contra a polícia, e pintando o menor de idade como um coitado. Estamos cansado aqui em casa deste tipo de matérias.

  • Kkkk chego a ficar enviado com tanta pedreira
    Um muleque desse mata rindo vcs que ficam atrás das portas blindadas ou de escritórios não sabem o quanto de maldade carrega um garoto desse
    O início da reportagem mesmo fala que era dependente químico
    Vcs não fazem ideia d q eles são capaz de fazer acorda pra vida socie medíocre

  • Sou professor de filosofia e sociologia, escritor de um jornal local e morador de São José dos Campos, sou contra abusos policiais, mas essa MATÉRIA está totalmente DISTORCIDA, eu acompanhei de perto essa ocorrência, nota se claramente a intenção do jornalista em denegrir a imagem da PM usando a personagem desse policial envolvido na ocorrência. Antes de criticar peço aos senhores leitores buscar saber a verdade, um menino de 12 anos não é uma criança, uma criança não anda com um revólver na cintura, será que o proprietário do carro tem a mesma opinião? Você já pensou o que um adolescente usuário de drogas com uma arma na cintura é capaz de fazer com você? Se você acha injusta pegue todos os adolescente infratores, que usam drogas e andam armados e levem para a casa de vocês.

  • Infelizmente existem muitos polícias corruptos verdadeiros assassinos que ao invés de proteger a sociedade usa a farda da polícia militar para cometer crimes são verdadeiros bandidos que manchão a imagem da polícia tem que ser punidos presos i escolhidos da polícia.

  • Me entristece, me revolta, me enoja… como trabalhadora da área da segurança pública, sou contra essa política de extermínio da população pobre e negra que o Estado promove e que é aprovada e aproveitada por pessoas desequilibradas,que integram os quadros das corporações policiais, justamente para satisfazer essa sede de sangue e violência.
    É muito difícil para mim, na minha profissão, acreditando que minha missão é a de fazer cumprir a lei, de realmente ajudar e proteger a população, independente de sua classe social, ter que lidar e conviver com outros policiais que acham que tem o poder de tirar a vida de quem quer que seja.

  • Só não entendi um moleque sonhador num carro roubado…qual era o sonho? Montar um desmanche?
    Todos nós somos vítimas do sistema…
    Basta andar certo…e mesmo assim estamos correndo risco.

  • Quanta hipocrisia, não concordo com a morte do garoto, não sabendo as circunstâncias, mas que tem um monte de gente que defende bandidos e mete o pau na polícia isso tem.
    Quando alguém da família é sequestrado ou morto por causa de um celular, para sustentar o vício , aí quero ver se terão as mesmas opiniões contra a polícia

  • O Estado de forma errônea coloca a policia para resolver tudo, a condição desse menor é uma consequência, temos que trabalhar nas causas, com acompanhamento de assistente social junto a familia, acompanhamento na escola, entre outros, por falar nisso: Cadê o Conselho Tutelar? Vamos trabalhar Conselheiros, vamos ser mais atuantes, vamos fazer jus ao salário que por sinal é muito bom.

    A polícia só deve entrar quando todos o recursor se esgotam, principalmente prendendo os traficantes que moram em áreas nobres, exibindo seus carrões.

  • Então, o garoto fugiu da viatura até colidir o carro em um parque de diversões lotado. A reportagem relativiza a vida e a morte do garoto mas não faz a menor menção do número de vidas que foram colocadas em risco só com essa ação do garoto. Isso ignorando o passado dele.
    Ele não deveria ter morrido, mas ele não era uma vítima da sociedade, a sociedade era sua constante vítima e a partir do momento que a reportagem e a família tentam desvirtuar essa verdade em benefício da memória do garoto, eu já duvido de tudo que foi dito de “bom” a respeito do jovem.

  • Menos um que poderia tirar a vida de um inocente. O menino sonhador e inteligente, estava participando com seus comparsas de um assalto e havia levando um carro. Se o dono do caso houvesse reagido ou se eles simplesmente decidissem pela vida do cidadão, com certeza teria executado. Não vai mais voltar

  • Enfim era mais uma vítima da sociedade pobre filho de pobre e preto… Não pera! Os irmãos estão bem empregados! Enfim era uma “criança” mas o que uma criança faz vendendo drogas, a tá e preto e pobre vítima da sociedade, com 12 anos já sabe o certo e errado fato! Justifica ser morto de forma cruel não ninguém tem direito de tirar a vida de ninguém, mas o fim dele talvez seria tirando a vida de pais de família, ou não! Enfim nada justifica essa morte! Porém não existe vítima da sociedade! Existem escolhas tanto que os irmãos tem uma carreira brilhante!🔴

  • Engraçado..vejo tanta pessoa falando mal dos policiais mais hora que é assaltado ou tem alguém sequestrado ou avisado. Aí vem perguntar cadê a polícia.

    12 anos dentro de um carro roubado cada a mãe a família desse vagabundo que deixou chegar nesta situação.

    Aí depois que morre dentro de carro em fulga vem falar que menino era do bem que polícia é culpada.

    Tem que matar toda essa raça, cansado de ser roubado e pagar pra vagabundo focar na cadeia e sustentar família com auxílio a preso.

    Por isso que prende um vagabundo hje, amanhã já é solto por não ter espaço nas cadeias.

    Acorda 05:00 da manhã pra trabalhar e ralar para ganhar dinheiro digno com muitos aí não quer.

    Fica ostentando motos, cordões de ouro e drogas muitos querem.

    Infeliz situação do Brasil.

    Política, polícia, bandidos e cidadão.

  • E o corpo volta ao pó e o espirito volta a deus que o deu e o MP tem que investigar esse caso com todo cuidado e somente punir os culpados e que Deus console o coração dessa grande mae

  • Julga o policial é fácil, quero ver entrar na biqueira pra tentar salvar uma criança que planta de fuzil na mão, bando de hipócritas, não ligam pras crianças, só pro dircurso pseudo revolucionário que vão fazer quando uma delas morrer.

  • Um jovem sedento por sangue, com um passado criminal que comprova sua índole, sendo enaltecido por soltar pipa e fumar maconha!

    A vida da vítima, das crianças no parque e do policial foram colocadas em risco por esse “jovem inocente”!

    Nunca se deve comemorar a morte, mas não é ela que transforma pessoas em santos.
    Ele traçou o próprio destino.

    Agora quanto ao policial, sem ele eu não estaria aqui pra escrever esse comentário, HERÓI, e somente isso pode ser dito dele!

  • São tudo uns hipócritas, tô do lado do PM, parabéns a grande atitude desse policial, menos um bandido no mundo, bandido não tem idade , ele escolheu ser marginal, se querem que o Brasil ande pra frente tem que pararem de vitimizar o vagabundo , pois e essa criança que invade a tua casa estupra a tua mulher ou tua filha e te mata antes de ir embora com os teus pertences.
    NOVAMENTE PARABÉNS A OS PMs do nosso Brasil.
    Antes a Mãe desse vagabundinho chorar do que a de um trabalhador.

  • Parabéns para a polícia, Parabéns para este Cabo que executou uma sementinha do mal. E que matéria sensacionalista. A verdade dói. Ah, o sonho de Miguel era ser traficante. Ótimo trabalho policial. Próximo.

  • Esse site é um lixo, vcs são o escroto do Brasil.
    Site com ideologias podres, querem proteger os bandidos?
    Cada um de vocês leva um bandido pra sua casa. Pode ser?
    Bando de Lixo.

  • Jornalismo lixo! Sensacionalista! Essas “crianças” na verdade são verdadeiros criminosos mirim, amedrontam famílias de bem, matam inocente. No próprio relato do jornal diz que “a aventura chegou ao fim”, sendo que o roubo chegou ao fim!

  • Ladrãozinho foi tarde… com certeza era uma sementinha do mal. E se não fosse ele, com certeza destruiria a vida de mais pessoas inocentes. E suas vitimas seria um pai de familia, a filha, ou a esposa de alguém. Bandido bom, é bandido morto! Com tantos defensores, fico inconformada que ninguém levou o coitadinho para suas casas e acolheu como “prega” nas redes. Bando de hipócritas…

    • Então, Miguel, era um bom menino???
      Miguel, certamente, não ouvia, os conselhos da Mãe, e se fosse ao contrário? A Polícia, ta fazendo o papel dela, de punir, o fora da Lei…
      Agora me parece aqui, esses Hipocritas, deva serem todos Petistas.
      Se eu fosse Pai, e meu filho, entrasse no mundo do crime, se fosse preso, nem vidita-,lo, eu iria… Mas daria uma chance, quando saísse da cadeia, se voltasse, transformado… Caso contrário, seria do portão pra fora… Deixando ele viver, a vidinha que escolheu…

  • Sei que é errado.
    Se não fosse, seria fogo com fogo, ferro com ferro.
    Fez sentir dor, vai sentir a mesma dor

    Já que não pode ser assim, pega esse bandido lixo e acaba com a raça dele .
    Ficar preso é pouco.

  • segundo o capitão, “bandido bom è bandido morto”….està na hora de ver se vale para os dois lados…

  • Esse cara é maluco, não entendo como ele tá na corporação militar, ele é demente, joga na prisão pra ele pensar que não é só ele que tem família, sentimentos

  • Pelo amor de DEUS vocês estão defendendo bandido prestem atenção galera… ACORDEM de uma vez por todas ACORDEM! Ninguém merece a morte mas fugir da polícia em carro roubado é SUICÍDIO, esse garoto assinou a sentença de morte quando resolveu entrar pro crime, O CRIME É ERRADO entendam isso quem entra pro crime procura confusão, e a polícia está nas ruas pra nos dar segurança, se existem 10 bandidos e morrem 5 a chance de você sofrer um assalto, um roubo, um estupro, diminuiu em 50% ! Bandido morto não é um morto a mais, é um bandido a menos!

  • Queria só ver se esse menino supostamente inocente tivesse matado com o carro q nãofoi roubado e sim comprado com 150,00 ,msm sabendo q não tinham autorização p dirigir por serem de menor e não terem habilitação uma criança realmente inocente q estava ali no parque p se divertirem de verdade com carrinhos de brinquedos,quem seria o culpado?
    Provavelmente o policial tbm né!por não cumprir com a sua obrigação de proteger a população.
    Bando de hipócritas querem proteção p vcs e seus filhos ou querem bandidos vivos ?pq independente da idade são bandidos e eles não vão poupar vcs ou suas famílias qnd estiverem na noia ou correndo pelas ruas com carros q não são seu e sem autorização por simples diversão!

  • O pai que retém a vara não ama os seus filhos. . . Liberdade é diferente de libertinagem. Não si vê ninguém morrer dentro da igreja ou na escola.

  • O carioca aborda possível suspeito até mesmo aqueles que traficam pedem revólver em troca da liberdade é assim que arruma arma para forjar aqueles que matam não é só ele não a maioria dos policiais que fazem ronda na zona sul principalmente Campos alemães fazer isso perdem arma e droga para poder soltar aqueles possíveis suspeitos pra depois forjar aqueles que eles acham que devem.
    Só tou falando por já aconteceu comigo.

  • Jornalistas livres para defender, apoiar e fazer parte do crime organizado tem que tocar fogo nessas desgraças inclusive em alguns comentáristas

  • Os policiais são sempre os monstros da história. Boa coisa esse ” menino ” não era pra estar onde ele estava. E se o policial tivesse pena e não puxasse o gatilho talvez fosse um pai de família policial que estaria na estatística. E com certeza não teria uma matéria tão comovente para ler sobre policial morto. Me poupem

  • Policial vem da sociedade e a sociedade é corrupta, bandida, fruto de políticas desastradas dos últimos GOVERNOS. Os quais inverteram os valores éticos e morais da sociedade. E deixem de mimimi de tivesse na igreja com a mãe não tinha morrido.

  • Tadinho só tinha uma arma, mas, era inocente. Reportagem tendenciosa, lixo, ele era uma bandidinho e, estava armado, vai esperar ele atirar primeiro é!? Pode ser preto, branco, amarelo, pardo, independente da cor ele era uma bando que poderia tirar a vida de qualquer cidadão em um desses assaltos.

  • Era dependente de drogas quem matou essa criança foi os pais deus mim perdoa mas era uma criança iniciada no mundo do crime

  • E o engraçado é que nmg ver a versão do PM , o de menor era ladrão . Foi avisado ! Aí quer dizer que forjaram isso só pra matar ele ? Kkkk bando de hipócritas . A mãe pode ser que não tenha culpa , mas o “anjinho” que morreu ,pode ter certeza que não era puro de alma que nem tem uns babacas aqui que pensam isso ! Qntos e qntos desses matam por um celular ? Sabendo que a lei pra um de menor aqui no Brasil e mto branda ! Parem de ser idiotas e enxerguem a realidade ,houve abuso do policial, sim creio que houve ,porém pra chegar nessa medida não foi a 1 vez que esse “anjinho estava aprontando né ! TKS!

  • Só tem santos. O moleque traficava, roubava e tudo mais. Nem conselhos e surra da mãe deu jeito, agora vem vcs com essa lenga-lenga. Quero ver no dia em que um anjinho desses aliciar seu filhos, invadir sua casa, matar e estuprar um familiar seu, Se vcs vão manter esse discurso vitimista, de que a polícia é opressora. Opressor é o crime, é o tráfico, que joga essas crianças na linha de frente para com isso enricar os donos do morro. Cade que o dono do morro deixa o filho ser vapor ou avião? Com certeza os quer em segurança, jogando os buchas ns pista, infelizmente a PM deve lidar com isso, conter o mal. Com certeza é doloroso para todos, mais alguem tem que fazer algo, o Brasil está perdendo a guerra para o trafico, é preciso lutar mesmo que alguns ñ gostem. O moleque já não obedecia a mãe, imagine o inocente. Meus pêsames a família enlutada.

  • Não podemos culpar a PM por ele ser um drogadito.
    Ele morreu porque estava em confronto com a PM.

  • Infelizmente o Brasil é o país onde o crime compensa, caso contrário a população carcerária não seria tão grande e a taxa de reincidência tão alta. O “de menor” se tornou uma figura vitimizada, os bandidos já conhecem as brechas das leis e utilizam crianças e adolescentes para prática delituosa. Onde estava essa mãe quando o filho vendia drogas (tráfico); quando comprava carro roubado (receptação); quando não cumpriu seu papel de mãe?! Matéria totalmente tendenciosa, assim como a maioria dos jornais, se houve excesso, arbitrariedade, abuso etc, por parte do policial que seja apurado em inquérito, agora querer “vitimizar” e sensibilizar o povo através de argumentos pouco conviventes, aí é demais. Nossa Cultura tem muito que evoluir, em todos os sentidos. A vida é feita de escolhas e com elas suas consequências. Se estivesse na igreja como a própria família disse ser evangélica, não teria esse triste fim. Fazer filho é fácil, difícil é educar e mostrar o caminho certo, nos aglomerados têm muitas pessoas de bem.

  • Infelizmente, a barbárie tem tomado conta do Brasil.
    O Mundo inteiro está comentando que a violência contra seres humanos e animais tem prevalecido, ao invés do apoio, de cuidados, de atenção, principalmente ao Povo mais necessitado, que busca ter um lugar ao Sol. Infelizmente, a desigualdade gritante, impede esse sonho se tornar realidade.
    O Brasil já voltou a constar no Mapa da Fome do Mundo, fato esse que havia deixado de constar, durante os Governos do ex-presidente Lula e da ex-presidenta Dilma, devido aos projetos sociais e econômicos implantados que sempre foram elogiados no Mundo inteiro e até mesmo copiados por países Mundo afora.
    Infelizmente, a ex-presidenta Dilma mal pôde governar, haja vista a oposição ter estado tramando, conspirando, juntamente com o “grupo” que age nos bastidores, para tirá-la da Presidência e colocarem um Presidente-Fantoche no lugar dela, bem como impedirem o ex-presidente Lula de se candidatar à Presidência, certos de que o ex-presidente Lula venceria as eleições, já no Primeiro Turno e isso, esse “grupo” não queria que acontecesse.
    Com o Brasil voltando a constar no Mapa da Fome do Mundo, segundo a ONU, a criminalidade, bem como a violência tendem a aumentar, como já têm acontecido.

  • Tão de palhaçada né? o menino era um santinho né? Pelo amor de Deus é muita doença na cabeça desse povo. Faça – me o favor. Infelizmente foi uma vida que se foi antecipadamente e por motivos lamentáveis, mas daí essa reportagem em tom de santificação para um menino de 12 anos que vários relatos de que esse menino provavelmente se tornaria um bandido bem perigoso. Sinto muito mas ele foi vítima apenas de seus próprios erros.

  • Se os pivetes eram inocentes por que saíram correndo?
    A polícia foi treinada pra preservar a sua vida além de outras vidas como a sua.

  • Vitimizar??
    Era uma criança pobre aprendendo as maldades….
    Mas ainda era uma criança porque ameaçar e não tentar ajudar….
    Pm safado igual a muitos por aí……se fosse filho dele será que ele tinha matado..
    Que a justiça seja ….seja cedo ou tarde..

  • Gostaria de uma explicação básica v de vcs jornalistas livres que pelo visto aqui, defendem bandidos presidiários e criminosos.
    Como pode um menino, de 1,33m de altura, tão inteligente, estudioso, do bemm, da familia, do lar. Com mãe trabalhadora e irmãos dignos e honestos…estar enfiado dentro de um carro ROUBADO, com um monte de meliantes BANDIDOS, alem de ser dependente químico (assumudo pela propria mãe) ??????
    Vcs precisam ter dó e rrspeito pelas vitimas desses criminosos sem idade nem pra ser gente. Precisam dar valor para quem presta n idolatrar bandido so pra desprezar o trabalho policial. Se o pm é violento ou autoritário, pode ter certeza que é pq estao lidando com marginais, assassinos n com cidadãos de bem. E caso esse pm tenha causado um dano a alguém, tenha certeza q poicial vai ser prrso julgado morto ou n mínimo, expulso da corporação. Simplesmente pq policial militar tem endereço, profissão, residência , familia e não é barata ou coisa como são tatados pela midia em geral.

  • Site tendencioso, ocorrência dia 06 de set, publicação hoje. Está muito claro a intenção do autor do texto! Nunca mais leio nada nesse site. Se queres justiça, seja imparcial!

  • A policia nao matou uma crianca matou um bandido perigoso que nao pensaria 2 vezes antes de tirar a vida de um cidadão de bem esses jornalecos esquerdistas soa foda.

  • Quero ver quando uma criança de 12 anos matar alguém por droga ou por um carro/moto se vão falar q ele era uma criança negra e sonhadora, usuário também faz isso, igual a um criminoso, achei a matéria muito mal escrita tomando partido a favor da criança infratora, pra mim reportagem teria q mostrar os fatos e deixar cada um entender como quiser.

  • Aviãozinho não vende bala não
    Mas não justifica matar mas e se eles tivessem atropelado uma pessoa teria uma matéria assim pela pessoa atropelado por bandidos menores de idade?
    Olha me desculpa mas já fui assalto por um menor de 12 anos ele me deu de presente dois tiros vários traumas físico e mental e não vi ninguém lá pra me ajudar no julgamento mas tinhas várias pessoas pelo menor queria saber quem era a vítima no final.

  • O fato em si denota como esta essa geração. Tão novo cometendo ato infacional. Por sorte não morreu ninguém de bem . Entendo que o mau se corta pela raiz.

  • nossa fico horrorizada como ainda existe pessoas que criticam e questionam o fato da criação do Miguel, e em nenhum momento lembraram que essa criação não foi gerada só pela mãe, com certeza ela teve um pai , a qual ninguém atribuiu nenhuma responsabilidade.Essa mãe criou até onde eu lir cinco filhos sozinha, acredito que não seja fácil de forma alguma, ainda mais morando em um lugar, onde as crianças que já sofrem com . a necessidade de faltar tudo, acabam se tornando presa fácil para o mundo do crime, onde os traficantes se aproveitam dessas crianças. A mãe coitada precisa trabalhar para trazer alimentos para os demais, e ainda assim é criticada. Vamos reconhecer os fatos, nada justifica tanta crueldade, essa mãe precisava de ajuda e não de criticas, não vamos ser alheios a problemas que não conhecemos e nem vivenciamos , vamos ser solidários. Que Deus continue dando forças a essa mãe, pra que ela possa seguir nessa jornada que está apenas começando, e que os culpados possa realmente pagar pelo o que fez, essa criança, poderia está seguindo um caminho errado , mas ela merecia uma segunda chance, era apenas uma criança…

  • Apaguem a última foto dele. Ele é mais um menino negro, infelizmente morto por um Estado que não protege e extermina suas crianças por serem negras e pobres… e ele não merece ser exposto assim, lembrado a partir dessa foto. A reportagem é importante e a situação é lamentável, não vamos contribuir para a dor daqueles que dormem e acordam todos os dias diante de uma perda como essa.

    • Fernanda,
      A foto foi cedida aos Jornalistas Livres pela mãe de Miguel, senhora Andréia. Ela quer expor a injustiça sofrida por seu filho. Achamos que ela e seu sofrimento são a medida editorial mais justa e não a opinião de quem quer que seja. Abraço!

  • Eu sei que e triste pois pai nenhum que perder seu filho ainda mais sendo desta forma morto pela polícia ,mais vejo parte de culpa dos pais pois quando acontece isso aí falam que tinha treze anos que era sonhador inteligente mas não está na escola ou fazendo um curso nada disso está com mas companhias e aí cadê os pais para intervir não aparece agora quando a polícia prende ainda e errado e o pior até a população defende ainda mesmo sabendo que está no crime então na minha opinião se você tem um filho criança ou adolescente se envolvendo no crime tente de todas as formas tirar ele disso porque o fim todos já sabem ou voce acha que ele vai ficar a vida toda dando perdido em polícia uma hora a casa cai e pode dar este azar aí para min a grande culpa e dos pais infelizmente ,outro problema que vejo e que inverteu os valores vejam o caso do jovem de 17 que foi pego roubando 4 barras de chocolate os seguranças deram uma lição nele o que aconteceu os caras foram presos que dizer o padrão fica solto tratado como vitima e o trabalhador fica preso hora está errado se ele estivesse com fome porque não pede e ladrão mesmo mais aí amanhã ou depois este mesmo cara vai está matando para roubar aí eu quero ver o que eles vão dizer a a vítima reagiu por isso morreu ,se todo cara que fosse pego roubando levasse uma surra daquele de vergai de boi na rua para todos verem com certeza até as cadeias iria acabar sem mais inverteu tudo banana come macaco e milho come galinha polícia e bandido e bandido são os inocentes kkkkk

  • Ninguém aqui estava lá pra saber oque realmente aconteceu. Deixem as investigações serem concluídas para ter certeza do que aconteceu. As pessoas acreditam no que veem e ouvem da mídia. Bom senso passa longe aqui. Nessas horas todos apontam o dedo e condenam a ação policial. Existem sim erros como em todas as profissões, mas ninguém será considerado considerado culpado depois de uma sentença penal transitada em julgado. Não existe vítima do sistema ou da sociedade, existe escolha de vida e consequências dela.

  • Com 12 anos, dependente químico e ladrão, quanto anos para o primeiro latrocínio? Triste mas real.

  • Sempre vai ter esse mimimi, um jovem com um futuro brilhante pela frente mas não teve uma base familiar terminou sua vida de forma trágica dentro de um carro roubado, aí um policial militar dentro de sua obrigação que é segurança pública executa um adolescente, quem está errado? Sem sombra de dúvida os pais, se os pais der educação e ensinar adequadamente os filhos não roubam, não traficam , pelo contrário vai para escola aprender, se ter uma profissão a qual não o levará a destruição…

  • Depois que morre todo mundo é inocente,se tem idade e coragem pra roubar e apontar uma arma pra polícia, tem que ter idade e coragem pra tomar tiro também..

  • Incrível como tem gente que gosta de defender bandido. 12 anos trafica e faz o caralho a 4, mas é estudioso com boas notas? Para , qde mentira quero saber quem passou na escola e viu a galera que era malandrona metido a bandido com nota boa, esse pessoal não tem respeito com ninguém, não obedece a própria mãe. Tenha vergonha na cara jornalista de merda, tá chamando todo mundo de trouxa, o único trouxa aqui é você escrevendo essa reportagem de merda contando uma história triste pra tentar disfarçar que o moleque era. Vagabundo e a mãe dele não tinha controle nenhum sobre.

  • Concordo plenamente com Filipe Monzato, perdido ele já estava, será que era preciso que ele tirasse a vida de um inocente e destruisse uma família, para mostrar que ele não era flor que se cheira?
    Não devemos aplaudir as atitudes do policial, mas condená- lo só a justiça.

  • Bom , acho que estamos adquirindo muito poder e pouca responsabilidade pois temos hoje diferentemente de ontem o poder de processar quem nos atinge seja lá como for e de falar de igual pra igual com quem antigamente em primeiro lugar teríamos que ter respeito que são as autoridades e os mais velhos. Vivíamos em tempos passados sob autoridades que aprendiamos a respeitar desde cedo e desde casa e quando adquiriamos o direito de irmos a rua cuidar de nossas vidas ir pra escola ou para nossas diversões de crianças sabíamos como tratar o próximo sem a intervenção do estado pois nossos pais já haviam nos instruídos para a vida. Como dito no texto está mãe que hoje chora a morte do filho e busca justiça pois ao que parece foi um policial que ceifou a vida do mesmo tentou em determinado momento intervir como mãe na trajetória infeliz do filho mas foi denunciada e teve que se explicar perante as leis do país e está mesma lei lhe da o direito de interpelar agora o policial e o estado pela tragédia que a alcançou.entendem como a falta e o excesso da lei são na mesma proporção um câncer que existe e que na realidade este câncer já contaminou todo o corpo que é formado pela cabeça que é o estado e pelo corpo que é a sociedade, todos nós estamos contaminados e pronto, todos estamos errados e é está a dura realidade, parem de olhar para está mãe que perdeu sim e perderá mais ainda se ela própria continuar a depender de opiniões e afagos. Senhora, me escuta a sua vida é sua não a entregue a ninguém não dependa da justiça que foi feita por mãos imperfeitas apague este passado recente e triste Deus está dando uma chance muito grande pra senhora e não vale a pena desperdiçar o menino ainda que seja na morte alcançou ao que tudo indica a salvação e a senhora? Heim? Ele foi embora na idade da inocência mas a senhora tem ainda uma vida pela frente pra buscar a sua salvação, me desculpa mas falo isto pois em algum momento está dito que a senhora conhece a Deus,,,,então vai na tua Fé.

  • Mais levar um inocente desses pra casa de vocês vocês não querem né é marginal desde pequeno não ia dar em nada bom tinha sonhos mais andava com pessoas erradas deu nisso policial tem culpa nenhuma

  • Sementinha do mal sim! Filhos órfãos de pais vivos… Isso tem que acabar. Pais omissos e depois vem chorar as mortes dos filhos.. Continua trabalhando PM

  • Criança como essa que destrói muita família
    O famoso ” di menor” não morreu porque é negro.. morreu porque fez.coisa errada.. Se tivesse em casa estudando isso não teria acontecido. Quem procura acha.
    Menos um.

  • Esse “anjinho” Miguel com certeza mataria qq um de nós pra roubar uma porra de um celular e ainda tem uma cambada de filho da puta que ainda condena o policial, o policial tinha que ter matado todos eles, não vou dizer que seriam 4 CPFs cancelados pq esses marginais devem ter no máximo a certidão de nascimento. #carioca #t.santos #forçaehonrra

  • A justiça tem que ser feita, mais eu sinto que a impunidade no nosso país e grande e principalmente pra policiais que se acham acima da lei e cometem barbaridades como essa isso tem que mudar e esses bandidos tem que pagar pelos seus crimes com muito muito rigor.

  • Era apenas uma criança e blablabla criança que já cometia pequenos delitos Ah paciência né, se estava armado apontou a arma pro policial o policial fez o certo, não existe idade na criminalidade não, que chore a mãe do deliquente e não a mãe do policial, se a versão da PM for correta parabéns a eles

  • Não creio que as atitudes desse PM sejam corretas e também não aprovo a medida tomada por ele mas daí a dizer que o garoto de 12 anos , no mundo das drogas , dentro de um carro roubado junto com outros meliantes só pq morreu virou santo , aí já é demais !!
    Nada justifica essa morte mas endeusar o garoto pra mim é ser hipócrita . Se todos aí nos comentários fossem nas bocas e retirasse um menor de lá , aí sim eu tiraria o chapéu . Agora ,descer o pau na PM fazendo uma sintese da corporação toda por apenas um , aí não dá.
    Quero ver quem essas pessoas irão chamar pra socorre las quando um garoto de 12 anos empunhando uma arma e todo cheio de valentia aparecer na vida deles . Como eu disse , nada justifica essa morte mas endeusar o menino também não !!

  • Esse bandido de farda não pode ficar impune. que a justiça seja feita. meus sentimentos aos familiares do menino

  • Sou favor que as circunstâncias da morte seja apurada .Que não concordo e de vitimizar o menino igual fazem, está bem claro que não é a vida social ou local onde mora que vai tornar o bandido e bandido.. Ele teve o Lívio arbítrio,e pode ter certeza se não mudasse logo os próprios bandidos mataria. Minhas condolências para a mãe, mas seu filho era um menor infrator.

  • Depois de morto vira santo sonhador.
    No dia que ele colocasse a arma na cabeça de um filho ou mãe de vcs que o defendem, queria ver continuar defendendo essa semente do mal. Vivo no morro e sei bem como funciona.

  • Ah era um menino muito inteligente e sonhador, tinha apenas 12 anos de idade, era preto e pobre..aah nos poupe, lugar de criança é na escola e não na rua vendendo droga, cadê a mãe desse menino de 12 anos que sai e faz o que quiser? Ele sai e fala mãe tô indo ali e ela simplesmente o deixa ir? A mãe foi uma irresponsável, não soube educar o menino, com 12 anos no mundo do tráfico. Mais cedo ou mais tarde o fim seria esse pelas mãos da polícia ou de traficantes. Um adolescente de 12 anos sabe o que é certo e o que é errado, se envolveu porque quis. Então vamos parar de vitimizar o Miguel. É triste ? É, mas infelizmente o resultado de quem escolhe esse caminho é esse cadeia ou caixão.

  • Mas uma péssima repórtagem vitimizadora, onde usam a raça como desculpa, reportagem de esquerda, com intuito de influenciar cabeça fracas, a vítima não reconhece o ” tal vítima da sociadade que fez o roubo ” pq tem medo de tais, o pq normalmente estão encapuzados, onde apavoram a pessoa para poder levar o seu bem q foi conquistado com suor, se altura, sexo ou idade fosse algo que caracterizasse um ladrão, seria fácil para a polícia prender, mas não é o que o caracteriza, este mesmo menino que falam já havia sido preso, mas como vcs o vitimizam, não falam isto, as várias pessoas que estavam no parque e quase morreram pq esses “jovens” só queriam se divertir com um veículo roubado, e para fugir acharam certo atropelar várias pessoas, ninguém entrevistou?? Interessante a reportagem que pende para o lado do errado, mas como dizem os mais velhos, chegará um tempo onde o errado será certo, e o certo será errado.

  • Muitos estão criticando a PM mais nenhum bota a cara pra levar tiro uma coisa que eu acho que o Brasil está muito atrás é todos os PMs não ter cameras, a maioria fala que foi uma barbari, mais se todos denunciasse traficantes ladrões eles estariam presos porque bandido hoje em dia não bota mais a cara bota criança para rouba trafica, além disso todos falam mal da polícia que não presta mais quando é roubado por ladrão chama quem o Batman? Os vingadores? Não né liga pro 190 pedindo socorro, não sei a história desse menino mais eu quando era mais novo minha mãe e meu pai me educo me ensino o certo e o errado quando um pai ou uma mãe não está presente a criança vai ter outras pessoas a quem ensina o bem ou o mal, eu nunca tive filho e não consigo nem imaginar a dor, mais pai e mãe estão pra ensina os filhos, alguém aqui já viu vídeo de professor sendo espancado por alunos? Ah não né não viu! Alguém já foi assaltado duvido muito! Alguém desses comentários já teve na família algum parente que foi assaltado e por nada foi morto não né engraçado quanta hipócritas! Antes a polícia mata um indivíduo os pais deveriam educa está presente ensina paga um chinelo quando o filho fizer errado da umas sandalhadas, quando uma pessoa ameaça a vida de terceiros e a da polícia tem que ser neutralizado muitas a maioria das vezes não precisa ser mata mais as leis do Brasil já tá na hora de mudar vocês já viram as cadeias como estão cheias? Não né e eles estão lá por falta de humanidade de querer fazer o mal ao próximo, as leis do Brasil é uma piada sim sabe quanto custa um presidiário hoje no Brasil cada mês quanto custa mais de 3mil reais é mais de 3mil e me diz qual é o salário mínimo? Me fala seus hipócritas está não chega a metade de um presidiário, aí eu vejo o quanto que o Brasil inverte os valores sim porque tem lá em Brasília um monte de bandidos que a gente paga que sai mais de 20 mil reais por mês e ainda rouba milhões bilhões do povo e voltando a polícia a polícia tem que poupa as pessoas trabalhadoras que paga seus impostos que trabalha todo santo dia pra por comida na mesa enquanto outros estão roubando traficando e isso mostra que o Brasil deveria ter mais leis como a indonésia e estados unidos!

  • bandidos de 12 anos matam cidadãos trabalhadores todos os dias e no ninguem reclama

  • Erro ou acerto ninguém saber, o policial poderia ter tirado àquele que ia ti matar amanhã.
    O menino poderia mudar de vida e se tornado um pessoa do bem, ninguém sabe, a ocasiões tornou o momento, esse país pobre cheio de juiz mas ninguém julga só aponta, mais um indecisão sem solução até quando vai ser assim. Juro que tenho vergonha daquele que cuidam desse país

  • Infelizmente mais um ser humano morre prematuramente. Também concordo com o comentário de que ele ja esta predeterminado a morte devido ao envolvimento com as drogas. Mas ate ai um policial executar… Isso so mostra que tudo o que deveria ser feito la atrás falhou, pois a policia é o ultimo recurso. Mas ate a policia está prostituida, ja vi policiais desmotivados, policiais incrédulos, mas tb polícias honestos e que se colocam a frente para nos proteger. Mas a propria lei protege os criminosos. Uma vez fui fazer um BO por furto de veiculo e tive que aguardar por mais de 2hs o escrivão fazer a papelada de uma apreensão de traficante…. Resumo, o traficante saiu primeiro q o policial e ainda tirou saro! Ja policial ficou na plantao preenchendo os formulario, e para que? O bandido ja estava solto. Infelizmente sofremos com o reflexo de leis absurdas, desatualizadas e manipuladas. E tb achei a história induzindo a acharmos o menino totalmente inocente, mas ok, eh dificil achar jornalismo serio hoje em dia. Mas esperemos que seja apurado, pois uma criança sem arma como aparenta a história jamais deveria ser alvejada, independente do seu histórico o estado eh responsável.

  • Parabéns a PM e ao cabo carica fez seu trabalho corretamente tirando esses marginais da rua como deve ser feito

  • O guri era um anjo…de asas e caiu em um carro roubado….pobre pais onde os valores são invertidos

  • Revoltante!
    Como sempre tem PM que se acham os donos do mundo. Brasil sem lei para policiais corruptos e assassinos.
    Piores que bandidos!
    Triste realidade.

  • Estou com dúvidas o carro era roubado e um monte de gente sentindo dó de um marginal que foi morto? É isso mesmo será que estou entendendo!

  • Nobres jornalistas, o trabalho de vocês é imparcial, maldoso, leva os incautos a formar opinião baseada na de vocês; Não conheço o policial tampouco o menino, mas os mais atentos imediatamente identificam vossas artimanhas e ligações vis com “grupos” (podemos chamar assim), que vivem com a desgraça alheia, pouco me importa a cor do menino, se é rico, se é pobre, mas sim suas atitudes. Uma “criança” que trafica, recepta carro roubado, vive na rua sem qualquer controle da família poderia com certeza estar armado. Por que os nobres jornalistas não procuram e divulgam as atrocidades desse “menino”, o mal que a droga vendida por ele causou para outras pessoas? Por que a mãe que se diz abandonada pelo Estado e com dificuldades financeiras teve tantos filhos? (Sabia que contraceptivo é dado de graça no posto de saúde?). É muita vitimização, muita sem vergonhisse; Muitos pretos e pobres alcançam façanhas maravilhosas, o menino escolheu seu caminho e foi advertido pelo policial, de coração não creio que um funcionário público que ganha um salário indigno para arriscar sua vida, tenha forjado alguma coisa, o que vai ganhar com isso? Pelo que está escrito na reportagem foi afastado do serviço e está respondendo pela sua legitima defesa, se tem um pouco de experiência sabe das consequências, iria se “sujar” arriscar seu ganha pão por um homicídio forjado de um menino? Façam me um favor, vão procurar o que fazer e parem de viver da desgraça alheia,

  • A hora dele está chegando mamãe vamos lembrar no Miguel sempre, cabo carioca de merda seu dia está contados.

  • Ladrão bom e ladrao morto não importa a idade. Paravens aos policiais. Deveriam ser home homenageados.

  • Mais um CPF cancelado com sucesso, semente do mal tem que ser cortada pela raiz, vlw carioca. TMJ.

  • Em meu pensamento com 12 anos eu sabia o que estava fazendo e me fúria para Caralho este moleque sabia onde está entrando e não deve falar que ele é uma vítima da sociedade que aposto que uma cama ou comida ou caderno faltasem então não temos que ter dor dele mas sim de sua mãe que “tentou” educar ele mas não conseguiu

  • Do que se queixa o Homem senão dos seus próprios pecados? Cada um colhe o que planta’ já diz a Bíblia que todo ser Humano já nasce corrompido pelo pecado e com o Coração já disposto a tudo de Ruim. Aí só JESUS pra transformar o caráter da raça Humana através do arrependimento do pecador e da Fé Nele. Aleluiaaa!!!

    Pecadores….Aceitem JESUS CRISTO porque em Breve ELE Voltará para buscar sua Igreja e só vai morar no Céu quem nascer de Novo da água e do Espírito.

  • Vejo tanta gente “doutor” em segurança pública, exaltaram uma criança que cometia crimes, as mesmas falas: preto, pobre, de periferia, os irmãos dele não eram assim, eles TB não eram pretos e pobres? Acabam com a polícia militar, sabe o que eles passam? Mas não vamos falar da PM, pois sei que no meio deles tem policiais ruins e não são a maioria, agora no meio de bandido tem bandido bom? Sabem o que é uma CRIANÇA colocar uma arma na sua cabeça, te dar coronhada por qualquer trocado? O histórico não era um dos melhores desse garoto, não vou entrar em detalhes, texto cheio de contradições para formar uma opinião ruim contra o governo e a PM. Mais do mesmo, mais da mesma inversão de valores, pêsames a família, mas santo não era.

  • Não sou a favor de matar crianças, desde de que elas sejam inocentes, mas menores usuários de drogas fazendo assaltos com armas de fogo na mão, aterrorizando quem sai cedo pra trabalhar são inocentes..?? Esses menores quando estão fazendo assaltos não tem dó de suas vítimas, por isso essa é minha opinião. Ele sabia o que estava fazendo ao cometer o assalto, sabia que poderia levar um tiro. Lugar de crianças e adolescentes é na escola não roubando carro. E não é porque é preto pois tem menores de cor branca que são o capeta.

  • Se fosse filho meu, tinha que morrer pois vagabundo o lugar deles é debaixo de sete palmo ,ninguém comenta que aqueles que ficam lá nos presídios dando cobertura levando armas celulares e passando a mão na cabeça de ladrões que matam pais de família, o mundo está perdido os pais não dá educação para os filhos deixa fazer o quê quer,dançando em bailes na madrugada, fazendo barulho em som de carro é dai pra pior,acho que muitas coisas só vai mudar quando a população reagir e tentar voltar o que era antes aonde se respeitava os mais velhos, os pais os professores, direitos humanos é uma vergonha.
    Quantas pessoas esse muleque não deve ter afrontado ,cada um procura e cava a sua cova.

  • Triste vê como vocês acreditam que alguém do nada decide matar outro alguém “inocente” falta de raciocínio lógico usando uma desculpa de preto e pobre, comecem a pensar meu povo pelo amor de Deus liberem seu senso analítico e pouco ao menos um pouco de fundamento nisso, até pela principal foto onde percebesse que foi cortada a foto na parte da mão, será que é porque ele estava gesticulando uma arma como faz todo bandido? Basta de querem transferir a culpa de uma criação falha para o estado, não quero dizer que não haja gente errado na polícia mas dizer que todo menor noiado é santinho? Se ele tivesse uma boa educação ele poderia ter sido criado dentro de uma boca de fumo mas teria personalidade para procurar o caminho do bem, parem de querer culpar os outros pela culpa de vocês mesmos, larguem o celular e trabalhem menos, dêem atenção a seus filhos suas esposas, porque fazer filho e fácil e gostoso mas criar e se responsabilizarem por eles aí é difícil né larga no mundo o dia inteiro e quando ele aparece noiado e com amigos armados fica perguntando onde errou. A para essa não cola comigo, fui criado em periferia mas minha educação foi rígida na lapada e a consequência é que até hoje com 37 anos de idade tudo que vou fazer me pergunto o que será que meu pai e minha mãe achariam disso. Vocês estão deixando seus filhos aí Léo achando que o mundo é mil maravilhas, acordem o mundo é ruim e cabe a vocês cuidarem de suas crias afinal são suas.

  • É…
    Mas quando um menor infrator arromba a casa de alguém, ninguém pensa assim. O que fazem? Ah sim, chamam a Batman ou não… A Mulher Maravilha!
    Pelo amor de Deus, sinto pela dor dessa mãe mas é tanta hipocrisia nessa sociedade que aplaudem o miliante drogado e chicoteia o cara que está ali, aguardando a porra da ligação após o pobre inocente ter arrombado sua residência.

    Sociedade hipócrita!

  • O único lugar no mundo onde o “cancer” não é o problema, mais sim a quimioterapia. Brasil o lugar dos hipócrita, da inversão de valores, onde tudo é fobia, tudo é vitimização. Os pais não fazem o mínimo aí nos deparamos com esses lixos que encontramos na rua, uma criança de 12 anos dependente química onde estavam os pais?

  • Vejo monte de comentários falando: “o menino de pele preta… a mãe negra… O coitadinho de pele escura…”, não se trata da cor da pele e sim se é marginal ou cidadão de bem. De mim não cai uma lágrima se quer, a não ser de sono pelo horário. Um coisa ruim a menos!!!

  • Lamentável, o PM não tem o direito de fazer isso, mas infelizmente o fez… Culpa também dessas mães que só sabem abrir as pernas e colocar filho na vida, sem estrutura e muito menos sabe educar seus filhos…. se o menino não tivesse envolvimento com pessoas de má índole, não seria vítima do policial…

  • O mulek tava no erro,a família não ensina,então a vida ensina,simples assim…..não adianta passar mão na cabeça depois.
    Perder um filho deve ser horrível,mais culpa disso são dois pais,que não querem fazer parte da vida do filho e depois colocamos a culpa da desgraça no mundo.

  • Bom,nao vou entrar no mérito se houve ou não abuso policial,mas com 14 anos assaltando automóvel,em bom caminho não estava.E,quem escolhe o crime,está sujeito a perder a vida sempre.

  • Queria vê a cara de vcs hipócritas ….essa criança com 38 na sua cara..
    Mataram minha mãe,uma sementinha dessa do mal, usuário de drogas…
    Não me assusta vcs defenderem, são usuários tanto qto eles, são assassinos como eles, no mínimo por essa ideologia hipócrita do vitimismo social, que alimenta os seu fornecedores de sua maconhazinha, sua seda importada na varada do seu apartamento….

  • Todos em sua maioria, defendem com todo empenho o menino. Bons, são os marginais que lhe impõem, horário para recolhimento em suas residências, os obrigam a servir de escudo humano, os obrigam a guardarem armas e entorpecentes em suas residências, esses são os maravilhosos cidadãos, os quais vocês defendem. Se acontecesse o contrário, se fosse capturado, iria para a FM e com status de ter tirado a vida, de um policial militar. Lamento pela morte de uma criança, mas não tirem a responsabilidade de quem deveria cuidar dos caminhos dele. E, simplesmente joguem para cima da Instituição Polícia Militar. O governo do país, também nada tem com tal fato, infelizmente, há alguns policias que deixam manchas na corporação. Aos vagabundos, não venham usar esse caso de extrema dor, para tentarem fazer um joguinho político, isso sim, é coisa de vagabundo que, não tem o que fazer. E Deus, com certeza, anota tanto de um lado, como do outro também.

  • Deus Sabe De Todas As coisas , Miguel não trocou tiro não , tô falando pq eu vi , estava no brinquedo perto de onde tudo aconteceu , escutei até a última palavra dele “perdi senhor perdi ” que a justiça seja feita e não é o primeiro que ele mata falando que foi legítima defesa … Meus sentimentos tia Andréia 😭

  • E a pergunta que não quer calar , da onde apareceu esse revolver? Sendo que nem armado eles estavam.

  • Este menino não não mereceu morrer como ninguém merece mas tornar ele uma vítima já é demais. Ele precisava ser recuperado mas tornar – ló santo Já é demais. Quanto ao policial se errou deve ser punido sim

  • É muito triste saber que um jovem de 12 anos , foi assassinado por começar cedo há trilhar pelo caminho errado , na vida só existem duas opções ” O CERTO E O ERRADO ” e a mãe sabendo que a vida está difícil ainda põe um monte de filhos no mundo. Agora essa mãe culpa pessoas que fazem a faxina ou seja a limpeza das coisas erradas e os culpam . Assim como esse mãe e filha foram buscar várias vezes o filho na biqueira onde se vende drogas , porque ela não reclama agora que com os traficantes de drogas que foram eles que iniciaram esse garoto nas drogas . Porque ela não denunciou . Mas é mais fácil denunciar os PMs que acabaram encontrando o filho dela junto de outros e em altas horas na rua com veículo roubado . Me diga com quem andas que te digo quem tu és. É bíblico a senhora sabe disso , vá até a biqueira agora e reclame com o traficante . Infelizmente essa é. Assim como existe marginal existe o policial. Minha conclusão é , se não quer ter problemas evite fazer coisas erradas.

  • Uma sementinha do mal a menos. Não venham de hipocrisia idolatrar um moleque que sabia muito bem o que estava fazendo. Queria ver se um desses que defendem,t sido vítima dos roubos dele, e por aí vai. Bando de hipócritas. Parabéns a este policial. Por mais policiais assim no Brasil pra acabar com esses lixos. 👏👏👏👏👏👏👏

  • Só acho que depois que mata o menino todo mundo fica com dó… mas quando está nas ruas vendendo e consumindo drogas … roubando, matando e tocando o terror, todo mundo tem medo… mesmo pq um menino desse nao teme nada… como a própria matéria diz: estava a serviço do crime “aviãozinho “… na verdade ele nao teve tempo de matar alguém… pq mais dia menos dia isso ia acontecer… hipocrisia todo mundo louvar o menino e denegrir a polícia… quando alguém da família de vcs for assassinada por esses meninos “bonzinhos” chamem o Batman… me poupe! A verdadeira história mão deve ser bem essa…

  • Triste, a situação de uma criança chegar a este ponto. De se envolver com tráfico e outros delitos. Mas provavelmente aos 12 ele já sabia mais da vida do que muitos de 30 anos. Execução não é certo. Mas bandido perigoso solto e vivo também não. Um já pagou com a vida e se o outro (policial) for mesmo bandido, que pague também.

  • Esse jornalista é senssacionalista, não foi imparcial no caso como ética jornalística,tem um monte de contradição no vitimismo relatado. O policial errou e tem que pagar as consequências, mas a “criança” estava dentro de um carro Roubado. Porque ele não estava estudando, andando de bicicleta, soltando pipa, que são coisas que crianças fazem?
    E eu duvido muito desse relato das supostas testemunhas, policial corrupto faz as coisas as escondidas pq atirou sem motivo na frente de um monte de testemunhas? sendo que ele poderia fazer isso ocultamente? Lamento a perda da família pela vida de uma criança!!!!não entendi a necessidade de enfatizar que ele é negro e pobre, pra mim tem o mesmo peso o negro o branco e amarelo.
    Policiais corruptos existem, como também existe bandidos mirins.

  • Por mais que fosse menor infrator o fato dessa criança optar pela vida criminosa consciente ou não já demonstra a grande falha nas oportunidades que não são dada pelo governo a jovens situação de risco nas periferias e favelas do Brasil é lamentável crianças estarem sendo literalmente executadas com a Val do Estado

  • Vagabundo bom e vagabundo morto o policial fez certo cumpriu seu dever tentou contra a polícia tem que morrer ☠️

  • Triste saber que ainda existem policiais assim, Se culpado deverá responder nos rigores da lei e ser destituído da corporação, onde se tem vários profissionais do bem não é permitido um que faça o nome da PM ir pro lixo desta forma. Que seja cumprida a lei no seu rigor.

  • Fazer pré julgamentos é muito fácil. A realidade desse menino não é o que a imprensa narrou.. Infelizmente,pela pouca idade,ele já traçou o seu destino, escolhendo o caminho do mal.. Só terei elementos pra julgar o embate depois da conclusão do inquérito….Essa imprensa podre tem que parar de sensibilizar noticiário colocando ênfase em cor, raça etnia,etc. .

  • POSTS RELACIONADOS

    >