Evo Morales irá para o México

Presidente da Bolívia fez o pronunciamento pelo Twitter na noite de hoje, 11. 

“Depois de saquear e tentar incendiar minha casa em Villa Victoria, grupos de vandalismo do golpe de Mesa e Camacho atacaram minha casa no bairro Magistério, em Cochabamba. Sou muito grato aos meus vizinhos que pararam esses ataques. O golpe destrói a paz.

Esta foi minha primeira noite depois de deixar a presidência forçada pelo golpe de Mesa e Camacho com a ajuda da polícia. Assim, lembrei-me dos tempos de dirigente. Muito grato aos meus irmãos das federações do Trópico de Cochabamba por fornecerem segurança e cuidado.

Para um presidente indígena que representa o povo humilde, a Polícia se revolta e ataca enquanto as forças armadas pedem sua renúncia. Para os políticos neoliberais que detêm o poder econômico, a Polícia e as Forças Armadas reprimem as pessoas que defendem a democracia com justiça, paz e igualdade.

Irmãs e irmãos, vou para o México, grato pelo do governo daquela cidade irmã que nos deu asilo para cuidar de nossas vidas. Dói sair do país por razões políticas, mas sempre estarei presente. Em breve voltarei com mais força e energia.”

Categorias
América Latina e MundoBolíviaDestaquesDireitos HumanosPolítica
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish