Em Bruxelas, Caravana Lula Livre denuncia prisão do ex-presidente

Foto de capa: Deputados do Parlamento Europeu participaram de ato pela liberdade de Lula com a Caravana Lula Livre Europa, em Bruxelas. imagem de Bruno Falci / Jornalistas Livres

28/06/2019 19h37

 

Em Bruxelas, na Bélgica, a Caravana Lula Livre entregou um documento jurídico ao Parlamento Europeu nesta sexta-feira (28). O texto denuncia a arbitrariedade da prisão a qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está submetido desde o dia 07 de abril de 2018.

Presente no ato, o jornalista Bruno Falci, do Coletivo Andorinha e do núcleo PT Lisboa, ressaltou que o caráter político da prisão fica ainda mais evidente com as denúncias que têm sido feitas pelo site The Intercept Brasil. A divulgação de conversas entre o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador do Ministério Público Federal Deltan Dallagnol mostram que ambos atuaram em conluio na operação Lava Jato para condenar Lula, mesmo quando não tinham provas.

“Estamos denunciando o processo totalmente ilegal e ilegítimo, liderado por um juiz que hoje é ministro do governo que ajudou a eleger” critica o jornalista lembrando que, após as eleições de 2018, Moro foi nomeado Ministro da Justiça por Jair Bolsonaro (PSL). Este último, só conseguiu vencer as eleições porque Lula, que liderava todas as pesquisas, foi preso injustamente e impedido de participar do processo.

Depois das denuncias do Glenn Greenwald [editor do The Intercept], fica claro que a Lava Jato é um instrumento politico para derrubar os processos democráticos progressistas

Bruno Falci contextualiza que, o golpe contra Dilma Rousseff e a prisão de Lula, resultaram em uma série de retrocessos que vão de privatizações, a retirada de direitos trabalhistas e entrega do pré-sal.

“O pré-sal que foi entregue era o nosso passaporte para o futuro, como Luiz Inácio falou. Era uma verba garantida que ia para a educação e para a saúde do povo brasileiro. Hoje, está entregue ao capital estrangeiro. Sérgio Moro é um lacaio do capital estrangeiro, um juiz que tem lado e se alinhou à extrema direita internacional”, ressalta o jornalista.

Da Redação da Agência PT de Notícias

 

COMENTÁRIOS

  • Que absurdo… Como que jornalistas que se dizem profissionais tem coragem de deturparem a realidade e o contexto politico da naçao brasileira?? O ex presidente. Luiz inacio lula da silva foi preso por corrupcao , lavagem de dinheiro, escandalo da petrobras do BNDS dentre os outros 32 processos que ainda está sob investigacao e ainda tem a cara de pau de dizerem que ele e inocente?? Estao contradizendo a realidade politica do brasil para os paises de fora, com qual o proposito? Onde está a etica é a imparcialidade? Está muito mais que claro o interesse partidario em defesa da corrupcao.

  • Exceto matéria, relata com previsão o momento crucial que nós estamos vivendo. Parabéns, vocês são a nossa única esperança, imprensa brasileira se vendeu aí capital estrangeiro junto com os três poderes.

  • Os fatos não são bem assim. Lula foi julgado por corrupção em todas as instâncias. Foi julgado por vários juízes. Então não é obra de um juiz. A justiça foi feita.

  • POSTS RELACIONADOS

    >