Desmatamento na Amazônia aumenta em janeiro

Por Sabrina Rodrigues

 

 

 

Desmatamento proveniente de garimpo ilegal na Terra Indígena Munduruku, no Pará, que está entre as dez mais desmatadas segundo lista divulgada pelo Imazon. Foto: Vinícius Mendonça/Ibama.

O desmatamento na Amazônia aumentou 54% no mês janeiro, em comparação com o mesmo período do ano anterior, passando de 70 quilômetros quadrados perdidos para 108 km². Esses são os dados do Boletim do Desmatamento (SAD) do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), divulgados nesta quinta-feira (28).

 

 

Boletim do Desmatamento (SAD)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O alerta aponta o Pará como o estado que mais desmatou em janeiro, com 37% do total de perda de floresta registrado no período, seguido por Mato Grosso (32%), Roraima (16%) e Rondônia (8%). Os estados do Amazonas e do Acre ficaram com 6% e 1%, respectivamente.

A unidade de conservação mais desmatadas é a Área de Proteção Ambiental (APA) Triunfo do Xingu, que perdeu 3 quilômetros quadrados de área verde, seguida da APA dos Tapajós e a Resex Verde para Sempre, as três são do Pará.

Entre as Terras Indígenas, a TI Ituna/Itatá  (PA) lidera o ranking, com 4 quilômetros quadrados de vegetação degradada e a TI Aripuanã, localizada entre os estados de Rondônia e Mato Grosso e habitada pelo povo Cinta Larga, segue com 1,5 quilômetros quadrados de desmatamento.

 

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Lula e Xi: por nova ordem mundial

Coincidência vai além do terceiro mandato e é vista em discurso que desenha uma nova configuração da forças politicas no mundo, onde o protagonismo pode

Craque dentro e fora do campo

O centroavante Richarlison ganhou cerca de 4 milhões de seguidores em seu Instagram após fazer os dois gols na vitória do Brasil contra a Sérvia.

“Brasil está de volta”: Lula na COP27

Discurso do futuro presidente foi ovacionado diversas vezes pela plateia. Governo em exercício foi esquecido O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva discursou hoje (16)