Documentário brasileiro Primavera das Mulheres estreia em Portugal

Em seguida, o tema Estratégias Feministas no Brasil será debatido pela realizadora Antônia Pellegrino ao lado da deputada Beatriz Gomes Dias (BE) e Myriam Taylor, ativistas anti-racismo

De Lisboa

O documentário brasileiro Primavera das Mulheres (2014) estreia amanhã, segunda-feira (13/01), em Portugal, com a presença da produtora, Antônia Pellegrino. O filme será exibido às 17 horas de Portugal, no Auditório Sedas Nunes, da Universidade de Lisboa. Logo após, Antônia conduz um debate sobre Estratégias Feministas no Brasil e no Mundo ao lado da deputada pelo Bloco de Esquerda Beatriz Gomes Dias, ativista anti-racismo e Myriam Taylor, ativista de direitos humanos e anti-racismo. Os Jornalistas Livres fará a transmissão ao vivo do debate pelo página do Facebook.

Primavera das Mulheres tem direção de Isabela Nascimento e narra os últimos anos dos movimentos de mulheres pelo Brasil dando voz a diferentes protagonistas. O documentário mostra conversas com ativistas feministas, durante o movimento de 2016, que ficou conhecido como Primavera das Mulheres, quando as mulheres foram às ruas contra a cultura do estupro e os retrocessos nos direitos conquistados.

Antônia Pellegrino

Antônia é uma das vozes mais ativas do feminismo no Brasil, sobretudo enquanto fundadora da plataforma #AgoraÉQueSãoElas e na sua intervenção pública através das redes sociais, conferências e artigos. Foi colaboradora do roteiro do documentário, “Democracia Em Vertigem”, de Petra Costa. Foi colunista das revistas TPM e do jornal Folha de S. Paulo.

Antonia criou a campanha #AgoraÉQueSãoElas, em 2015, chegando a obter 65 milhões de menções no twitter. Articulou a maior campanha em rede de combate à violência contra mulher na Brasil, #MexeuComUmaMexeuComTodas. Foi fundadora do Festival Agora, o evento das mulheres no poder, já em sua terceira edição. É a realizadora do documentário Primavera das Mulheres, lançado em 2017, e premiado pela ABRA e New York Festivals.

Categorias
DestaquesDireitos HumanosFeminismoGeralInternacionalmulheresPolítica
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish

Relacionado com