Mais recentes: Análise

  • A MAIORIA PODE ERRAR?

    Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História da Universidade Federal da Bahia, com charge de Berzé  Contrariando as previsões dos especialistas, Jair Bolsonaro foi eleito com 55% dos votos válidos, uma votação bem expressiva. O bolsonarismo, definitivamente, é um movimento de massas. Está presente em tudo quanto é...
  • O lugar de Temer na história do Brasil

    Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia   Michel Temer está se despedindo do Palácio do Jaburu. Pois sim, apesar do grande esforço para ser presidente, mesmo sem voto, Temer não quis morar no Palácio do Planalto. Ficou com medo dos fantasmas, dizem...
  • Conclusão que não encerra

    por Helena Palmquist – conclusão da Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do título de mestre em Antropologia, pelo Programa de PósGraduação em Antropologia, da Universidade Federal do Pará.  A conclusão de um trabalho que traz no título a palavra persistência deve, por um mínimo de coerência, reconhecer, de início,...
  • O PRIMEIRO ERRO DE JAIR BOLSONARO

    Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História da Universidade Federal da Bahia, com charge de Aroeira Depois de uma derrota traumática, é natural que os derrotados façam um duplo exercício: primeiro vem a negação, a tristeza, a depressão. Depois vem a análise, a reflexão, o autoflagelo, ou, para...
  • Professor presente, presidente!

    Um professor é uma espécie de tutor, condutor, padrinho, uma espécie de pai e mãe porque é também responsável pelo que provoca na cabeça das crianças e jovens aos quais ensina. Quem não lembra de um bom professor? Aquele que marca, aquele com quem a gente realmente aprendeu, aquele...
  • A REFUNDAÇÃO DO ANTIPETISMO

    Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História da Universidade Federal da Bahia, com ilustração de Edu Que o antipetismo é elemento eleitoral decisivo no Brasil não é nenhuma novidade. Mas nessas eleições aconteceu algo diferente. Assistimos a refundação do antipetismo. O antipetismo se transformou, foi tratado em outros...
  • A radicalização da luta de classes no Brasil

    Artigo de Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia, com charge de Paulo Batista Conforme vamos nos aproximando do dia 7 de outubro, fica cada vez mais óbvio que estamos diante de uma forte polarização. Que polarização é essa? É esta a pergunta que...
  • OS USOS ELEITORAIS DO ANTI-PETISMO

    RODRIGO PEREZ OLIVEIRA, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia, com charge de Aziz  Neste texto, quero analisar os usos eleitorais do anti-petismo, tratando especificamente das estratégias adotadas pelas candidaturas de Geraldo Alckmin e Ciro Gomes. Vou fazer de conta que as eleições estão acontecendo em...
  • AS CICATRIZES QUE A FACADA NÃO DEIXOU

    RODRIGO PEREZ OLIVEIRA, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia (UFBA), com ilustração de Jean Galvão Até a semana passada, a corrida eleitoral girava ao redor de uma questão capital: Lula, mesmo preso, irá conseguir transferir votos para Haddad? O protagonismo estava lá em Curitiba, na sede...
1 2 3 12